fight-pokemon

Venha ser um Mestre Pokémon!


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

1ª Temporada - Liga Menaco - By PokemonDarkay - Não postem!

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
001 - Um Dia, Dois Pokemons
Um Dia, Dois Pokemons

- Prof. OAK: Última rodada de perguntas, quem responder certo será o campeão e poderá escolher qual pokemon levará consigo hoje! Pergunta: Me diga o nome de um pokemon que é apenas do tipo metálico?
Drake não sabia a resposta. Tinha chegado tão longe, ficar em segundo lugar ia ser uma decepção. Nesse momento seu concorrente aperta o butão e diz:
- Mawile!
Drake havia perdido então o campeonato de saber pokemon. Não poderia escolher o seu de preferência. Já tinha decidido escolher o Charmander, mas teria que escolher depois e não sabia qual pokemon o seu oponente iria escolher: Charmander, Squirtle ou Bulbasaur. E, como a sorte é pra poucos, Charmander foi o escolhido pelo campeão.
Seu segundo lugar ainda lhe permitia escolher entre os outros dois, tinha tanta certeza de que queria o Cyndaquil que não sabia o que fazer. Fecho os olhos e apontou para uma pokebola.
- Squirttle foi o escolhido pelo outro treinador, disse Prof. OAK. Então o Bulbasaur vai para o terceiro.
- Muito obrigado professor. Agradeceu Drake, que recebeu os parabéns da família e voltou para casa.
Ao chegar em casa viu um bilhete em cima da sua mesa:
"Filho, como sempre foi seu desejo sair em uma jornada, aqui está tudo o que você precisa. Você estudou muito sobre eles, agora é hora de vê-los em ação. Boa Sorte, Seu Pai."
Haviam 5 pokebolas e uma mochila, que continha alguns medicamentos úteis. Drake gostou muito da atitude de seu pai e foi agradece-lo. Quando retornou ao quarto decidiu conhecer seu novo amigo. Foi então a primeira vez que Squirtle viu Drake. Ele tinha uma personalidade muito amiga, deixou Drake abraça-lo enquanto dizia que era seu novo treinador.
Mas, logo que terminaram de se conhecer, ele viu as pokebolas na mesa, pegou uma jogou no chão. A pokébola abriu e não havia nada dentro. Squirtle fez cara de surpreso. Então Drake disse:
- Você está procurando por outros Pokemons? Não tenho. Você é meu primeiro, olha que privilégio, o primeiro Pokemon de um grande treinador.
Squirtle rapidamente puxou a mão de Drake e apontou para a porta. Entendendo que ele queria sair, Drake pegou as pokebolas e saiu com seu novo Pokemon.
Saíram de casa e então Drake perguntou:
- Você quer batalhar? Seu novo amigo afirmou que sim com a cabeça. Então para a praça da cidade eles foram.
Não havia nenhum treinador por lá e por isso não podiam batalhar naquele momento. Drake então se dirigiu ao campo aberto perto da cidade. Ao chegar por lá, liberou Squirtle da pokebola e os dois olharam a procura de um Pokemon.
Nesse momento avistaram uma árvore e nela havia um Wurmple. Squirtle já se posicionou para atacar.
- Vamos começar com um Tackle. Squirtle correu em direção à arvore, mas percebendo a situação o Wurmple se soltou dela e Squirtle foi de cabeça na arvore.
Wurmple então atacou com Poison Sting e acertou Squirtle. Esse, por sua vez, foi acertado uma vez no braço e escondeu no casco. Drake correu em direção ao seu pokemon enquanto o Wurmple fugia. Foi nessa hora que o treinador percebeu que havia esquecido sua mochila em casa, estava sem medicamentos. Carregou Squirtle nos braços e correram para o Centro Pokemon.
Entretanto, no caminho, um Cubone olhou para eles e lançou o seu osso em direção ao Squirtle, Drake colocou a sua mão na frente e impediu que seu pokemon fosse atingido.
Assim, Drake ficou com a mão doendo e, nesse momento, Squirtle desceu do seu colo, enquanto Cubone pegava seu osso novamente.
- Você quer lutar Squirtle? Então dessa vez faremos certo! Tail Whip!
Cubone utilizou o mesmo ataque. Cubone deu certa distância e atirou seu osso, o ataque Bone Club. Mas errou de mira e nesse momento Drake gritou:
- Squirtle essa é sua chance! Corra em direção a ele e use seu casco para causar mais impacto.
Cubone então recebeu o impacto e caiu no chão. Squirtle fez um sinal de felicidade e apontou para as pokebolas de Drake. Esse então não hesitou e mandou uma. Segundos depois Cubone tinha um treinador. Drake recolheu o osso de Cubone e entregou a seu novo Pokemon quando o tirou da pokebola.
Ao chegar no Centro Pokemon, a enfermeira Joy cuidou dos Pokemons enquanto Drake cuidava de sua mão, colocando uma faixa.
Nessa noite, Drake apresentou seus Pokemons para seus pais e no dia seguinte saiu em jornada. Passou antes na Loja e comprou um mapa. Lá estava um cartaz escrito: Contest, amanhã. Inscrições serão aceitas até o inicio da exibição. A cidade ficava bem perto e era para lá que Drake decidiu ir

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
002 - A Treinadora e Um Ursinho Dorminhoco
A Treinadora e Um Ursinho Dorminhoco

Infelizmente, Drake tinha perdido o horário e tinha chegado tarde no Contest, não pode fazer inscrição, mas então foi para a platéia assistir a exibição. Depois de diversas apresentações, boas e ruins, engraçadas e impressionantes, uma treinadora entrou de pijama no estádio. Lançou então um Teddiursa na arena. Esse pokemon colocou a mão na boca e ficou observando a platéia. A treinadora então disse: Vamos mostrar nosso poder teatral. Fake Tears! O pokemon então começou a chorar e sua treinadora correu em direção a ele.
Não fique assim, você pode me dar uma grande lambida de amor. O pokemon então o fez e sua treinadora o apresentou como o seu ursinho de dormir. A platéia ficou paralisada, foi uma apresentação bem incomum. Drake ao ver o Teddiursa chorando, ficou impressionado com ele e decidiu ir conversar com a treinadora. Ao ver que ela não tinha passado para a segunda fase, ele foi atrás dela. Ao encontra-la disse:
- Nossa o seu Teddiursa é tão legal. Um dia ele poderá virar um grande Ursaring. Meu nome é Drake, prazer.
- Meu nome é Clara e, obrigado, mas prefiro meu Teddiursa nessa forma mesmo, como meu ursinho de dormir.
- Clara, troca o seu Teddiursa comigo? Por Favor? Drake falou aquilo sem pensar.
Então ela perguntou por qual pokemon. Nessa hora Drake lembrou que só tinha dois pokemons e não queria abrir mão deles e assim desistiu da troca.
- Seria difícil eu trocar meu ursinho! Ganhei ele do meu irmão. Esse foi meu primeiro concurso e esse é meu primeiro pokemon: disse ela.
- Você só possui um Pokemon? Perguntou Drake.
- Sim, vou sair em jornada hoje! Eu moro nessa cidade, então esperei esse torneio para iniciar meus treinamentos. Clara respondeu.
- Que coincidência! Eu inicie minha jornada ontem! O que acha de começarmos juntos e agora?
- Ótima idéia! Mas agora já é noite, melhor procurarmos um lugar para dormir. Respondeu a garota.
- Então, vamos pelo menos batalhar uma vez?
Os dois foram para fora do estádio, colocaram os seus pokemons para fora e nesse momento um espectador apareceu dizendo:
- Wow! Dois raros pokemons em uma mesma batalha! Squirtle e Teddiursa. Mas espere, o seu Teddiursa está dormindo?
- Quem é vo... Ops! Teddiursa acorde temos uma batalha agora!
Nesse momento Teddiursa começou a chorar. E não eram lágrimas falsas, parecia um bebê quando era acordado. Drake então disse:
- Ele deve estar cansado, depois da tensão do torneio. Vamos deixar essa luta para outro momento. E, a propósito, quem é você?
- Ah! Me desculpe por intrometer. Mas eu gostou muito de pokemons raros e não é todo dia que se vê um Squirtle e um Teddiursa por aqui. Ainda mais nessa cidade que não possui florestas ou montanhas, só campos abertos com poucas árvores. Meu nome é Erik! E vocês?
Os outros se apresentaram e logo depois Erik disse:
- Ei, gostaria que vocês conhecessem meu pai! Ele tem muitos pokemons e ele poderá ver os seus pokemons também. Imagino que vocês tenham vindo de longe e tenham muitos outros pokemons.
- Errrr... não nós começamos a jornada a pouco tempo. Eu sou da cidade de Pacifica, bem perto daqui, ainda mais de trem. E a Clara é daqui mesmo dessa cidade. Disse Drake e Clara confirmou com a cabeça, completando:
- Se seu pai tem muitos pokemons ele só pode ser... Falks. O frontier brain que mora nessa cidade! Por favor, seria um prazer conhecer seu pai! Você é um garoto de sorte, seu pai deve te ensinar tudo!
- Não! – disse Erik bravo, o que eu sei de pokemon é por minha conta. Mas, tudo bem, vamos até minha casa, vocês podem dormir por lá, se não se incomodarem com as batalhas noturnas do meu pai.
Erik não gostava de ser a sombra de seu pai. Estava decidido a um dia vencê-lo. Os três garotos foram então em direção à casa de Erik No meio do caminho Drake perguntou para Erik:
- Já que você é filho de um frontier brain, você deve ter ótimos pokemons.
- Eu sou, como meu pai diz, um capturador de pokemons. Deixe me explicar. Meu pai é o Frontier Brain do Battle Camp, lá você pode encontrar quase 300 tipos diferentes de pokemons, todos capturados por meu pai e liberados no Camp. Os treinadores entram lá, guardam seus pokemons, permanecendo com apenas um e devem capturar mais quatro no Camp. Esses quatro novos são os que o treinador deverá utilizar na batalha contra meu pai e é por isso que é tão difícil vence-lo! Assim, assistindo e ajudando todos os treinadores a capturar os pokemons no Battle Camp é que me tornei um especialista nisso. Só no campo de meu pai já capturei 3. E, o meu favorito, o Eevee, ganhei do meu pai, por ser o pokemon que eu sempre quis!
- Então você tem um Eevee? Perguntou Clara.
- Tenho sim e tinha vindo até aqui para treina-lo. Tenho que treinar um pouco a noite e um pouco durante o dia, pois não quero que meu Eevee evolua por enquanto.
Quando Erik terminou de falar todos avistaram um grande muro, que se perdia de vista e parecia estar fora da cidade. Esse deveria ser o Battle Camp.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
003 - Presentes, Batalhas e Pesquisas!
Presentes, Batalhas e Pesquisas!

- Clara e Drake, esse é o Battle Camp.
Eles entraram por um portão e chegaram ao que parecia a sala da casa de Erik. Os dois nesse instante ouviram um barulho vindo de uma porta.
- Não se preocupem. Deve ser meu pai treinando, ele está treinando uma nova estratégia, nem eu sei o que. Vamos entrar.
Dentro, eles viram um grande estádio, ele tinha uma árvore com água em volta, algumas pedras e areia. Tinha algumas luzes acessas, mas não muitas. Dois pokemons estavam se encarando, um Forretress e um Gengar.
- Gengar, Shadow Ball! Forretress, Rollout, mais uma vez.
- Pai! Voltei e trouxe comigo alguns amigos, ok? Disse Erik, mas nesse momento Forretress se chocou com o Shadow Ball e não se podia enxergar nada no campo de batalha. Quando a fumaça desapareceu, Forretress já estava utilizando o Rollout novamente e acertou em cheio Gengar, que com apenas esse golpe perdeu a luta.
- Volte Gengar, bom trabalho Forretress, tenha seu descanso. Ah, oi filho! Treinou muito? Quero ver seus novos golpes. Quem são seus amigos? Disse Falks.
Eles se apresentaram e então Falks disse:
- Venham até essa sala para guardarem seus pokemons. Vocês querem uma batalha ou vieram apenas capturar pokemons?
- Não queremos batalhar não. Viemos porque encontramos com o Erik. Podemos talvez tentar capturar alguns pokemons! O que você acha Drake? Disse Clara.
- Seria muito bom! Estou precisando.
- Então eu preciso de suas Pokedex e também conferir quantas insígnias ou ribbons cada um de vocês tem.
- Ops! Eu não tenho nenhum uma insígnia/ribbon e nem pokedex. Afirmou Drake.
Clara disse o mesmo. Falks percebendo que eles eram iniciantes então os levou para uma nova sala. Mexeu em vários armários e depois reuniu os três em volta de uma mesa, dizendo:
- Vocês dois foram muito imprudentes, não se pode sair por ai sem Pokedex e muito menos sem terem sido iniciados por alguém. Para onde iria seu sexto Pokémon? Sorte vocês terem vindo para cá. Eu receberei com muito prazer os Pokemons que vocês quiserem guardar, eles ficarão na parte do terreno que não faz parte do Battle Camp. Agora coloquem na Pokedex os seus dados e registrem os pokemons que vocês já possuem.
Então Squirtle, Cubone e Teddiursa saíram de suas respectivas pokebolas para serem registrados pela pokedex. Depois de feito isso, Drake perguntou:
- Podemos ir procurar pokemons agora?
Ele estava ansioso para ver aquele tanto de pokemons esperando serem capturados!
- Claro, entretanto, como vocês não possuem nenhuma insígnia ou ribbon, vocês só teram acesso a uma parte de uma das florestas do Battle Camp, onde os pokemons não são muito fortes e são em sua maioria do tipo inseto.
Drake ficou decepcionado! Queria ver todos os tipos de Pokémon que pudesse. Entregou o Cubone para Falks, pois só podia ficar com 1 pokemon. Erik depois perguntou ao seu pai:
- Mas nós podemos, pelo menos, explorar as outras partes como pesquisadores, passando pelas áreas seguras? Eu acho que o interesse deles é conhecer tudo por aqui.
Clara aprovou a idéia de andar pelo Battle Camp, ainda estava insegura de tentar capturar um Pokémon, não tinha nem feito uma batalha ainda.
- Podem sim. Mas você Erik, não pode capturar mais nenhum Pokémon aqui do Battle Camp, você já fez isso três vezes sem minha permissão.
- Pare de tentar mandar em mim, eu moro nesse lugar e tenho o direito de ir aonde quiser.
- Não enquanto eu for o Frontier Brain daqui, mocinho.
- Então eu te desafio para uma batalha!
- Desafio aceito. Te dou o direito de usar 2 pokemons, se você derrotar um dos meus pokemons você poderá fazer o que quiser. Eu te registrarei como treinador e você estará livre. Lembre-se, você é meu filho, eu sei as suas táticas, pense bem no que vai usar.
Falks sabia que já estava na hora de Erik iniciar a sua jornada. Ele já tinha 4 pokemons e todas as vezes que eles discutiam, uma batalha Pokémon surgia e o menino perdia. Mesmo se Eik não conseguisse derrotar 1 pokemon de Falks, ele receberia sua pokedex. Nessa hora, para o campo de batalha todos eles foram.
- Gallade, essa é com você. Disse Falks.
- Então Cacnea vamos colocar nosso plano em ação. Sussurrou Erik para a pokebola. Saia e use Sand Attack!
Gallade recebeu o golpe de areia e revidou com Leaf Blade, como ordenou Falks. Cacnea recebeu o golpe em cheio, mas ainda conseguiu se levantar.
- Cacnea, hora do Poison Sting!
- Protect, Gallade. Você não me vencerá com veneno.
- Mas, como você não pode usar Protect duas vezes seguidas, Cacnea, Leech Seed!
Gallade recebeu a semente e começou a perder força.
- Close Combat para terminar Gallade.
Cacnea estava então fora de combate, Erik lançou então o seu Baltoy.
- Leaf Blade, para um rápido final Gallade.
- Protect, Baltoy!
Gallade poderia ter quebrado a defesa de Baltoy com o golpe Feint, mas Falks preferiu continuar a batalha para entender a tática do filho.
- Filho, como você mesmo disse, não se pode usar esse golpe duas vezes seguidas. Close Combat mais uma vez.
Baltoy levou o golpe em cheio, mas nesse momento Erik gritou:
- Selfdestruct!
Falks, poderia ter usado o Protect, mas preferiu deixar seu filho ganhar confiança para suas futuras batalhas.
Os dois pokemons então caíram no chão e não levantaram. Gallade tomou muito dano do Leech Seed e estava com a defesa ruim devido aos Close Combat usados, assim não resistiu a um ataque forte como o Selfdestruct. Um empate então aconteceu.
- Filho, parabéns. Mesmo com esse empate creio que você merece a sua pokedex, durante a manhã eu iria te entregá-la. Agora vou descansar. Até amanhã gente.
Falks recolheu Gallade e saiu. Drake e Clara deram os parabéns para Erik e foram conhecer o Battle Camp. Como estava de noite, pouca coisa pode ser vista, mas as duas horas de caminhada tinham deixado os três cansados. Enquanto voltavam Drake começou a dizer:
- O mais legal de todos foi o Aggron, ele é enorme e muito forte.
- Mas o Altaria sim é um Pokémon forte e bonito. Disse Clara.
- E raro também, assim como o Lanturn shine: completou Erik.
Os três então continuaram falando sobre o que tinham visto e chegaram aos quartos. Combinaram então de irem à floresta na manhã seguinte para capturar algum Pokémon.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
004 - Dicas de Experts Em Captura!
004 - Dicas de Experts Em Captura!

Durante a manhã os dois garotos foram chamar Clara quando perceberam que ela não estava no quarto. Depois de procurarem por ela decidiram ir para a floresta só os dois. Drake pegou sua mochila, encontrou com Erick e seguiram em direção à floresta.
- Squirtle é com você! Disse Drake quando entrou na floresta. Depois de alguns passos eles encontraram uma Butterfree cheirando algumas flores.
- Tackle Squirtle!
O Pokémon foi em direção ao seu oponente, mas errou o golpe. Butterfree então revidou com Gust, que dificultou os movimentos de Squirtle. Drake ordenou que ele se aproximasse e ficasse embaixo da Butterfree, mas nesse momento ela começou a usar o Sleep Powder e Squirtle caiu em sono profundo. Não aceitando sua derrota Drake tacou uma pokebola, mas obviamente ela não funcionou.
- Pelo visto suas habilidades precisam melhorar. Você precisa enfraquecer o Pokémon antes de usar a pokebola, diminuir a defesa, causar grande dano e, para melhor eficiência, modificar seu “status, envenenar e paralisar são bem úteis. Veja como eu faço. Disse Erick.
- Ok!
Minutos depois uma Beedrill tentou atacar Erick quando ele passou perto de onde ela estava. Baltoy foi escolhido pelo treinador.
- Use o Rock Tomb! Dessa forma a velocidade da Beedrill irá diminuir. E depois lance um Psybeam.
Ambos os golpes acertaram o alvo, Beedrill tinha levado um grande dano e tinha ficado também confusa.
- Agora podemos usar a pokebola.
Uma tentativa e uma captura, Erick realmente sabia como lidar com essas situações.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Enquanto isso, Clara tinha ido para a outra entrada da floresta. Ela não queria capturar pokemons ainda, não sabia nem ao certo como batalhar. Estava com vergonha de falhar. Então procurou por algum oponente para treinar seu Teddiursa. Ao encontrar um Silcoon ela facilmente o derrotou com vários Scratch e Lick, mas o Pokémon não revidava, então não era um grande desafio.
Após a sua vitória um Taillow pousou bem perto de onde ela estava com o Teddiursa.
- Teddiursa avance com muita energia e comece a usar Scratch sem deixá-lo revidar. Vou pegar a pokedex para saber os possíveis golpes deles.
Teddiursa foi em direção ao Taillow enquanto sua treinadora estudava o oponente. Os golpes foram bem aplicados e Taillow conseguiu se reerguer. Nesse momento a pokedex afirmou que Teddiursa tinha usado Fury Swipes e não Scratch, o Pokemon tinha aprimorado a sua técnica, ele era bem esperto, mas às vezes preguiçoso.
- Para terminar use o Lick!
- Não! Golpes fantasmas não funcionam contra Pokemons do tipo normal. Disse um desconhecido.
- Quem é você? Clara se distraiu e Taillow fugiu.
- Me desculpa por atrapalhar, meu nome é Rodrigo, vim aqui desafiar o Frontier Brain e você, também veio desafiá-lo?
- Meu nome é Clara e eu recentemente comecei minha jornada e por isso cometo erros como esses! Disse ela sorrindo.
A garota percebeu que um Tropius acompanhava Rodrigo. Ele era bem grande e parecia saudável. Percebendo isso ela perguntou:
- Se você veio desafiar Falks, você terá que capturar pokemons aqui, esse Tropius você capturou nessa floresta?
- Não! Eu já o tinha antes, só estou o usando para capturar os que eu preciso. Já capturei um Kingler, faltam mais dois. Vim até aqui para procurar algum Pokémon inseto ou voador. Observe: Use Sweet Scent, Tropius.
Alguns pequenos insetos apareceram, mas não interessavam o treinador. Logo depois um Heracross apareceu desafiando o Tropius.
- Você será perfeito. Use Gust para enfraquecê-lo. Disse Rodrigo.
Heracross tentou usar Take Down, mas a sua dupla fraqueza contra golpes voadores o fez parar.
- Toxic para facilitar a partida!
- Assim ficará bem fácil de capturar. Disse Clara
A treinadora estava certa, Heracross recebeu o veneno e mal conseguia revidar. Foi então capturado.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Drake então queria capturar um Pokemon para mostrar a Erick que era capaz e criar uma reputação boa. Mas não podia ser um simples Wurmple ou Caterpie, como apareceu diversas vezes, tinha que ser algum Pokémon forte ou pelo menos mais interessante. Um Staravia então apareceu, mas se recusou a batalhar usando o Whirlwind para fugir da batalha.
Cubone então fora da pokebola encontrou um oponente, um Ledyba.
- Bone Club! Mire para não errar. Disse o treinador.
Ledyba recebeu o golpe e ficou brava. Retrucou com um Tackle bem executado. Drake continuou usando o Bone Club, mas dessa vez não teve tanta sorte. Cubone então recebeu um Supersonic. Ficou confuso enquanto Ledyba esperava por mais.
- Vamos Cubone! Só mais uma vez!
O Pokemon não obedecia. Ledyba acertou um Comet Punch 4 vezes. Cubone resistiu e retornou ao normal. Um novo Bone Club acertou em cheio o oponente que bateu contra uma arvore.
- Pokebola! É a sua hora de agir.
Enquanto Erick batia palmas, Ledyba foi capturada, o terceiro Pokémon de Drake. Depois de agradecer Cubone, Drake disse:
- Agora podemos voltar e procurar por Clara, ela deve ter aparecido.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

- Quando você está pensando em desafiar Falks? Perguntou Clara para Rodrigo enquanto eles iam para outro lado da floresta que entrava em contanto com algumas rochas e areia.
- Amanhã no máximo, espero.
Alguns Geodudes e Whismurs foram facilmente derrotados pelo Tropius e não foram escolhidos por Rodrigo para entrar em seu time. Depois de muita procura, uma tempestade de areia começou a surgir. Os dois se protegeram enquanto Tropius usando Gust tentava pará-la. Quando a visão melhorou um Larvitar olhava encarando o Pokémon verde.
Um Screech então foi utilizado pelo Pokemon para desafiar Tropius.
- Se você não capturá-lo, até eu tentarei! Disse Clara.
- Pode desistir ele será meu! Magical Leaf, Tropius! Dessa, ele não escapa.
Larvitar recebeu o golpe e revidou com Rock Slide, que danificou bastante o Tropius que já estava cansado de batalhar.
- Toxic!
Usando Sandstorm, Larvitar evitou o golpe e lançou um Screech demonstrando sua força.
Retornando Tropius, Kingler apareceu.
- Bubblebeam! Rodrigo ordenou para enfraquecer Larvitar de vez.
Recebendo o golpe em cheio, Larvitar caiu sem forças.
- É para ocasiões como essas que eu guardo isso: Vai Ultrabola!
A pokebola piscou várias vezes, mas Larvitar foi também capturado. Rodrigo tinha então 3 pokemons, o suficiente para batalhar com Falks. Então os dois voltaram para o prédio onde ficavam os quartos dos treinadores. No caminho, Rodrigo contou para Clara que ele tinha acabado de disputar a Liga Johto, mas tinha perdido na primeira rodada e, por isso, decidiu descansar um pouco e não tentar conseguir mais insígnias por algum tempo.

Ao chegarem ao destino, eles encontraram com Drake e Erick. Rodrigo foi apresentado a eles e Clara explicou que tinha preferido ir treinar sozinha. Drake mostrou seu novo Pokémon a ela.
- Uma joaninha! Que linda! Amei.
- Será uma forte joaninha! Não apenas linda como você acha. Respondeu Drake.
Os quatro decidiram ir almoçar, pois Rodrigo ia desafiar Falks nessa tarde.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
005 - Lavirtar e o Tratamento de Choque
Lavirtar e o Tratamento de Choque

Drake praticamente não comeu e foi treinar. Estava animado com as ultimas capturas. Ficou batalhando com Squirtle contra Ledyba. Algum tempo depois, Rodrigo apareceu e disse:
- Minha batalha foi marcada para daqui 3 horas, posso treinar com você?
- Claro. Eu usarei meu Squirtle.
Larvitar foi o escolhido por Rodrigo.
- Sandstorm!
- Taclke!
Ordenaram os treinadores, mas apenas Squirtle se mexeu. Larvitar ficou parado, recebeu o golpe e revidou com um Screech.
- Só me faltava essa. Poucos minutos antes da batalha contra o Frontier Brain, meu Pokémon não me obedece mais! Larvitar me escute, eu sou o seu treinador e você tem que me obedecer.
Larvitar deu as costas para Squirtle e começou a apontar para as pokebolas de Rodrigo, ele queria oponentes mais fortes.
- Squirtle mostre para ele que você é capaz. Disse Drake.
Nesse momento Squirtle atingiu Larvitar com um ataque de bolhas, que feriu bastante o outro Pokémon. Larvitar se enfureceu e voltou a encarar Squirtle. Drake então disse:
- Uma nova técnica veio na hora certa! Use-a novamente.
- Defenda-se com Sandstorm. Disse Rodrigo.
Larvitar usou o golpe mais não foi rápido o suficiente para escapar de todas as bolhas, algumas o acertaram. Squirtle também recebeu dano.
- Use o Bite! Disse Rodrigo.
- Tente esquivar-se! Retrucou o outro treinador.
- Tarde demais.
Squirtle foi mordido em cheio no braço. Para completar Rodrigo mandou Larvitar usar o Rock Slide, derrubando o Pokémon de Drake.
- Muito bem Larvitar.
Larvitar queria mais e começou a encarar Drake, mas Rodrigo retornou seu Pokémon para poupá-lo na batalha.
- Tomara que Larvitar me obedeça durante a batalha. Ele tem um gênio difícil.
- Realmente, mas é bem forte.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Clara e Erik estavam conversando enquanto esperavam pelos outros dois. Começaram a discutir sobre contest. Clara ainda não tinha preparo para ter chance em algum e pediu ajuda para Erik. O garoto então pensou e teve uma idéia.
- Eevee, preciso de sua ajuda. Clara chame seu Teddiursa.
- Venha Teddiursa. O que você tem em mente?
- O Eevee também é do tipo normal e sabe o golpe Hidden Power. Você pode tentar ensinar ao seu Teddiursa.
- Hum... Hidden Power. Com isso eu terei um golpe que não é apenas físico. Pode ser útil. Então vamos, Teddiursa observe como o Eevee faz.
A energia apareceu em torno do Eevee e o Pokémon realizou o ataque. Os dois treinadores então ficaram tentando ensinar Teddiursa a usar o golpe.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Algumas horas se passaram e Rodrigo e Drake voltaram. Rodrigo estava treinando Kingler e Heracross, já Larvitar não queria praticar seus golpes, apenas batalhar. Faltavam poucos minutos para a batalha quando eles encontraram Clara e Erik. Teddiursa já conseguia concentrar a energia, mas não podia liberar o ataque ainda.
- Talvez se você segurar mais a energia você consiga. Foi assim que meu Voltorb aprendeu. Disse Rodrigo.
- Chame ele para ajudar. Disse Clara.
- Ele não usa mais esse golpe desde quando evoluiu para Electrode.
Nesse momento Falks apareceu e disse que a partida deveria iniciar. Todos foram para a arena.
- A batalha será de 3x3. Só o desafiante poderá trocar os Pokémons. Valendo. Disse o juiz.
- Hypno, é a sua vez.
- Vai Kingler. Inicie com o Bubblebeam!
- Poison gás. Ordenou Falks.
As bolhas passaram facilmente pelo gás e acertaram o Kingler. Mas como efeito o gás se espalhou por toda a arena e atingiu Kingler.
- Aproveite o gás para aproximar-se de Hypno, Kingler.
- Meditate, enquanto ele não pode nos ver.
- Agora, Guillotine!
- Revide com Zen Headbutt.
O ataque de Kingler acertou o Zen Headbutt de Hypno causando flinch e evitando o ataque. Para terminar Rodrigo usou o Hyper Beam.
- Hypno está fora de combate.
- Vai, Ambipom!
Rodrigo retornou Kingler que estava fraco devido ao envenenamento do Poison Gas e chamou o Heracross.
- Brick Break. Disse Rodrigo.
- Protect, revidou Falks. E afaste-o com Swift.
Heracross foi jogado longe.
- Retorne com Night Slash.
O golpe de Heracross acertou Ambipom, mas era isso que Falks queria.
- Ambipom, Aerial Ace!
- Esse golpe é muito efetivo contra um tipo Lutador/Inseto como Heracross. Disse Erik.
Ao receber o golpe Heracross ficou bem fraco. E perdeu a partida ao receber um Giga Impact realizado em seguida pelo Ambipom.
- Kingler retorne rápido e aproveite que o Ambipom não pode se mover para realizar outro Hyper Beam! Ordenou Rodrigo retornando Heracross e enviando Kingler o mais rápido que podia.
Ambipom não resistiu. Kingler, afetado pelo veneno, também não conseguia mais lutar. O juiz então disse:
- Quem ganhar a próxima batalha será o vencedor.
- Larvitar conto com você.
- Camerupt termine isso.
- Isso será difícil para o Larvitar, o Camerupt também é do tipo terrestre. Disse Drake.
- Use o Flamethrower!
- Desvie Larvitar.
O Pokemon não obedeceu Rodrigo e para mostrar sua força recebeu o ataque e resisitu. Depois disso realizou um Screech que não teve muito efetivo em Camerupt.
- Larvitar não use golpes sem a minha permissão, concentre-se em não receber dano. Use o Bite. - Sunny Day.
Em vez de usar o Bite Larvitar usou o Sanstorm.
- Esse golpe não afeta o Camerupt, Larvitar. Use o Rock Slide para evitar que ele ataque facilmente.
- Solarbeam! Falou Falks.
- Desvie, não receba esse golpe.
Mas não adiantou o teimoso Pokémon recebeu o golpe e perdeu a luta. Vendo aquela situação, Falks então disse:
- Eu lhe darei outra chance de me enfrentar, mas antes você terá que entrar em conexão com Larvitar. Além disso, você terá que usá-lo na próxima batalha. Deixe Kingler e Heracross, pois você perdeu, mas leve o Larvitar como presente.
Falks saiu de perto de Rodrigo e foi conversar com Erik. Drake e Clara vieram falar com Rodrigo:
- Você esteve ótimo, por apenas um Pokémon você não ganhou...
E continuaram dizendo coisas para animá-lo. Minutos depois Erik retornou dizendo:
- Pessoal, já me despedi de meu pai. Irei começar minha jornada hoje!
- Porque você não vai com agente? Perguntou Clara.
- É uma ótima idéia, assim Eevee pode ajudar seu Teddiursa.
Rodrigo interrompeu dizendo:
- Vocês já sabem para onde ir? Eu estou indo para a cidade de Giuto, é só pegar um navio daqui, bem rápido. Vou encontrar com um velho amigo que poderá me ajudar com o Larvitar. E a propósito, lá tem um GYM.
- Então é para lá que nós vamos! Disseram Drake e Erik ao mesmo tempo.
- Você também disputará no GYM? Perguntou Drake a Erik.
- Sim, quero ver como é. Servirá como um treinamento, mas pode ficar tranqüilo que eu não quero enfrentar a Liga Menaco não. Não disputarei todos os GYM’s, só os que eu tiver vontade.
- Entendi, então não há rivalidade. Só um pouquinho. Disse drake rindo.
Os quatro então foram arrumar as coisas para partirem.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Quando todos estavam prontos, Rodrigo foi fazer uma ligação. Um jovem então respondeu pelo vídeo e se identificou como Leo, o amigo de Rodrigo. Um Hipopotas estava ao lado dele. Os dois conversaram e Leo ficou sabendo da visita que ia recebe. Depois de terminar a ligação, Rodrigo disse:
- Só para avisar vocês, Leo é o líder do Ginásio de Giuto.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
006 - Duas Exibições Terrestres
006 - Duas Exibições Terrestres

- Vamos Clara o barco já vai sair! Disse Erik apresando a garota que estava olhando uma Budew de uma coordenadora.
- Ela estava me dando algumas dicas, Erik. Ela já tem duas fitas! E a primeira coisa que eu tenho que fazer, de acordo com ela, é capturar um novo Pokémon. E eu quero um bem raro. Respondeu a garota.
- Então boa sorte, pois todos os pokemons raros que aparecerem na nossa frente serão meus primeiro. Provocou Erik.
- Já que é assim vou procurar sozinha. Mas agora vamos para o barco, Drake e Rodrigo já estão lá.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Ao entrar no barco os dois ficaram entusiasmados com o tanto de treinadores e batalhas que estavam acontecendo. Havia salas determinadas para cada nível de treinador, de iniciante até desafiantes da liga. Mesmo sendo contra a vontade de Erik, eles foram para a sala de iniciantes. Drake estava lá batalhando.
- Você não para mesmo hein? Disse Clara para Drake.
- E não vou parar até que não tenha mais pokemons para usar.
- Ele já derrotou 3 adversários só com a Ledyba. Falou Rodrigo ao se aproximar dos dois que chegavam.
- Ledyba pode usar agora Reflect e Light Screen. Dois novos golpes de uma só vez. Ninguém aqui conseguiu ultrapassá-los até agora. Combinação perfeita. Quando preciso o Comet Punch e o Supersonic terminam o serviço. Explicou o treinador de Ledyba todo orgulhoso.
- Aposto que foram 3 Caterpies! Brincou Erik.
- Na verdade, foi um Bidoof, um Wynaut e uma Skiploom.
Nesse momento um treinador e seu Totodile se aproximaram e pediram uma batalha. O Totodile parecia recém-capturado.
- Totodile, Scratch.
- Ledyba, Reflect.
Totodile foi detido pela defesa de Ledyba.
- Então, Water Gun.
- Light Screen, para completar sua proteção.
O treinador do Totodile não sabia o que fazer e continuava tentando atingir Ledyba.
- Supersonic. Disse Drake, mas o golpe falhou.
Ledyba estava enfraquecendo mesmo com as proteções e elas não iam durar por muito tempo.
- Comet Punch.
- Tente esquivar. Disse o outro treinador.
Totodile recebeu 5 vezes o golpe. Mas agora os escudos não estavam mais ativos. Um Water Gun acertou em cheio o Pokémon de Drake. Mas outro Comet Punch foi suficiente para tirar o Totodile de combate.
- Ledyba bom descanso.
Enquanto os outros parabenizavam Drake pela vitória, Rodrigo conversava com Larvitar para mostrar a importância da conexão entre eles na batalha, usando Drake e Ledyba como exemplo. Nesse dia Cubone e Squirtle também batalharam e venceram algumas. Clara e Teddiursa praticaram o Hidden Power, que estava chegando próximo do ideal. Já Erik usou seu Eevee em algumas batalhas e venceu facilmente.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

No outro dia, eles chegaram à cidade de Giuto. Uma cidade bem pequena e rodeada de montanhas com apenas uma pequena saída para o mar, que era seu principal meio de acesso. A cidade ficava escura durante muito tempo, pois o sol se escondia nas montanhas. Leo já esperava por eles no porto.
- Batalhar! Gritou Rodrigo ao ver o amigo.
- Como de costume! Vai Wormadam. Respondeu ele.
- Larvitar é com você.
- Um Pokémon terrestre muito raro. Meus parabéns, só não queira tomar a minha posição de líder, pois o especialista nesse tipo sou eu.
Rodrigo então explicou aos outros que era uma mania dos dois amigos batalhar toda vez que se encontravam. Drake e Erik aproveitaram a oportunidade para estudar as táticas de Leo.
- Rock Slide Larvitar!
- Protect e retorne com Razor Leaf. Disse o líder de GYM.
- Sandstorm para se defender.
Mas o Pokémon teimoso como sempre não obedeceu e recebeu o golpe, perdendo a luta.
- Esse é o meu problema - Disse Rodrigo a Leo – ele quer sempre provar a sua resistência e me desobedece. Acho que você pode me ajudar.
- Entendo... talvez seja melhor você conversar com um casal amigo meu que mora perto daqui, passando pelas montanhas. Eles são donos de um centro de criação e lidam com esse problema com outros treinadores. Lá você encontrará ajuda.
- Mas antes disso queremos batalhas de GYM! Interrompeu Drake.
- Rodrigo já tinha me adiantando isso. Vá para o ginásio daqui 2 horas que eu estarei esperando. Não me faça perder tempo! Respondeu o líder.
- Obrigado.
Drake e Erik foram então pensar em suas técnicas e que Pokémon usar. Clara perguntou para Leo:
- Por favor, você poderia me dizer aonde tem um lugar tranqüilo em que eu e meu Teddiursa podemos treinar?
- Teddiursa? Esse Pokémon vive por essas montanhas, aqui é ideal para treinar um. Mas tem uma pequena caverna onde costumo ir para fugir da atenção dos treinadores...
Leo explicou o caminho a ela e antes dela ir, ele disse:
- Existem alguns pokemons raros nessas montanhas, eu costumo sempre valorizar aqueles que conseguem capturá-los. Da última vez ensinei uma técnica ao Pokémon do treinador. Um belo Gible. Se você achar algum Pokémon interessante traga-o e eu posso ajudá-la em seu treinamento.
A garota agradeceu e foi treinar.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Duas horas mais tarde, os desafiantes estavam na porta do ginásio. Clara ainda não tinha voltado. Foi decidido que Erik iria batalhar primeiro. A batalha seria de 2 pokemons, pois o líder teria que batalhar duas vezes no mesmo dia. Cacnea foi o escolhido para lutar contra o Diglett. O líder iniciou:
- Diglett use o Dig.
- Cacnea use suas pernas para sentir o Diglett se movendo.
O ataque atingiu Cacnea em cheio. Mas ele não se enfraqueceu muito.
- Absorb!
- Sucker Punch, Diglett.
O ataque de Diglett atingiu primeiro devido a sua habilidade. Mas Cacnea também acertou seu golpe.
- Vamos aproveitar que ele está fraco para o Leech Seed.
Atingido pelo Leech Seed, Diglett perdeu a batalha. Sandslash foi o próximo.
- Era bem improvável meu Diglett vencer algum Pokémon de planta. Mas pelo menos para enfraquecê-lo ele foi útil. Disse Leo.
- E o segundo perderá da mesma forma. Leech Seed de novo.
- Sandslash, use o Swift para deter o Leech Seed.
Além de deter o Leech Seed o golpe acertou Cacnea. Para terminar um Poison Slash do Sandslash tirou Cacnea de combate.
- Horsea, é a sua vez! Disse Erik.
- Não sabia que ele tinha um Horsea, então ele tem quatro pokemons. Certo, ele disse que capturou 3 e que ganhou o Eevee de seu pai. O Baltoy completa o time. Pensou Drake.
- Sandslash, use o Sand Attack para deter Horsea. Iniciou o líder.
- Devolva a tempestade de areia com seu Twister. E lance o Bubblebeam.
- Corte as bolhas com o X-Scissor. Falou Leo.
Sandslash recebeu o twister e logo em seguida lançou o X-scissor para deter as bolhas, a maioria delas foi detida, mas alguns acertaram o Sandslash.
- Revide com o Swift.
O golpe acertou, mas Horsea ainda podia lutar.
- Finalize com o Water Gun.
O líder foi então derrotado. Erik então comemorou, agradeceu a Horsea e deu lugar para Drake.
- Boa Sorte Drake. Mas como já perdi uma batalha hoje, tenho que vencer essa ou minha irei perder a minha boa reputação. Vai Wooper. Disse o líder retomando o fôlego de batalha.
- Veremos!
Nessa hora Drake gelou. Iria começar com o Squirtle, mas seria uma batalha muito dura contra o Wooper que também é do tipo água. Cubone também sofreria muito. Mandou a Ledyba no lugar.
- Use o Light Screen para deter os ataques de água. Disse Drake.
- Já que é assim, hora do Yawn.
- Antes de durmir use o Comet Punch.
Wooper recebeu 3 golpes antes de Ledyba cair no sono.
- Vamos terminar com isso rápido. Slam. Disse o líder.
- Acorde Ledyba. Implorou Drake.
E o Pokémon realmente acordou e fugiu do ataque de Wooper.
- Vejo que ela tem a habilidade Early Bird, de acordar antes do normal.
- E tem um ótimo golpe, Supersonic.
Wooper ficou confuso e começou a se bater. Ao se recuperar seu treinador disse:
- Iron Tail.
O golpe acertou Ledyba em cheio, mas essa revidou com outro Comet Punch, dessa vez duplo.
- Wooper está fora de combate. Disse o juiz.
- Vá Hippopotas.Meu primeiro Pokémon.
- Retorne Ledyba, excelente trabalho. Vá Squirtle.
- Outro com a tática do Pokémon de água hein? Dessa vez não funcionará. Sunny Day.
Drake tentou o usar o Water Gun, mas esse não teve muito efeito.
- Sem golpes para usar contra mim é? Enquanto isso eu ataco. Yawn. Falou o líder.
- Não durma Squirtle.
Tarde demais. O Pokémon entrou em sono profundo.
- Prenda-o com Sand Tomb. Disse Leo.
Squirtle não acordou. E perdeu a batalha ao receber um Take Down do adversário. Drake então disse:
- Ledyba conto com você denovo. Você tem vantagem contra o Sand Tomb e o Yawn. Além de não ser afetada pelo Sunny Day. Estamos com a vitória.
- Ou não. A defesa do Hippopotas é alta e pode resistir aos seus ataques e o dano do Take Down.
Drake ficou com receio de ser verdade, não podia contar apenas com o Comet Punch que era um golpe mais fraco. O Supersonic então foi o escolhido, mas não atingiu o Hippopotas.
- Erik você percebeu como a Ledyba ficou mais alegre com a presença do sol devido ao Sunny Day? Pokemons insetos que só aparecem durante o dia gostam do sol. Disse Rodrigo.
- Realmente. Parece que ela tem mais energia. Olhe o Hippopotas vai atacar novamente. Respondeu Erik.
- Take Down até que a Ledyba não resista. Ordenou Leo.
- Ledyba tente desviar ou se defender.
Ledyba tentou segurar o peso do Hippopotas mais parecia que não ia conseguir. Até que colocou as suas patas traseiras no chão como se fossem seus pés e apoiou para diminuir o dano. Energia e luz envolveram Ledyba.
- O que? Balbuciou Drake.
- Evolução! Há quanto tempo não vejo uma! Disse Rodrigo.
Ledian acabava de surgir no campo. Mais alta e forte, apoiava suas ultimas patas como seus pés e podia ficar em pé. Drake então pegou a sua pokedex para registrar a evolução.
- Mais um golpe novo pelo que vejo aqui. Você aprende bem rápido hein? Mach Punch. Falou Drake.
- O novo formato do corpo de Ledian permite que ela use melhor o Mach Punch. Constatou Erik.
- Hippopotas ainda podemos vencer, continue com o Take Down.
O Mach Punch acertou primeiro e evitou que Hippopotas usasse o seu golpe.
- Continue com Supersonic.
Dessa vez o golpe acertou.
- Hippopotas fique calmo e retorne para a batalha.
Mas o Pokémon não fazia nada, estava estático e confuso.
- Termine com Comet Punch.
Assim Drake também derrotou o líder.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Clara retornou quando os dois estavam recebendo as insígnias e ficou feliz pelos garotos. Pediu explicações de como foi a batalha e falou que perdeu a noção do tempo.
- Mas você ficou treinando o tempo todo? Disse Erik.
- Sim e agora meu Teddiursa sabe usar o Hidden Power. Aliás, foi quando ele o usou da maneira certa pela primeira vez que eu encontrei isso daqui.
A garota então pegou uma pokebola e mostrou aos outros.
Continua...

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
007 - Procurando Raridades
007 - Procurando Raridades!

- Ande logo com isso! Nós não temos muito tempo! O quanto antes sairmos daqui menos atenção chamaremos. Disse a moça.
- Fique tranqüila o Farfetch’d está vigiando a entrada. Masquerain me ajude com Flash! Respondeu o rapaz.
O Pokemon então iluminou a caverna onde estavam, tudo parecia calmo. Havia apenas um caminho. Não era possível enxergar o final dele.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

- Você achou uma pokebola dando sopa na caverna foi? Perguntou Erik.
- Não! Eu capturei esse Pokémon enquanto meu Teddiursa treinava. Foi assim: o brilho do Hidden Power tinha atraído vários pokemons curiosos. Mas a maioria fugia quando me via. Uma das vezes em que o Hidden Power foi liberado, ele atingiu uma pedra e atrás dela estava esse Pokémon. Batalhei com ele e facilmente o capturei. Respondeu Clara.
Leo, o líder de ginásio ainda estava presente e disse:
- Se foi tão fácil assim não deve ser um Pokémon raro. Então talvez você não mereça aprender a técnica que eu te prometi.
- Então observe. Saia!
Da pokebola então saiu um pequeno Igglybuff, ele ficou bem tímido e se escondeu perto de Clara. Rodrigo então se aproximou e acariciou o Pokémon.
- Você é muito sortuda! Se eu estivesse lá... Disse Erik provocando.
- E então mereço a técnica ou não? Falou Clara ignorando Erik.
- Tudo bem. Vamos até lá fora e te mostrarei.
- Ei! Eu também quero que meus pokemons aprendam! Interrompeu Drake.
- Então capture algum Pokémon raro o bastante para tal! Você tem muitas opções nessa caverna, inclusive algumas lendas dizem que ela tem profundas conexões com uma área em Hoenn, onde Rodrigo nasceu. Disse Leo.
- Foi por isso que eu vim parar nessa cidade e conheci Leo. Meu pai pesquisava sobre essas cavernas e como suas rochas parecem com algumas cavernas de Hoen. Então viemos coletar algumas amostras quando encontramos com Leo, ele estava com medo de um Sandshrew. Meu pai o ajudou capturando o Pokémon, que hoje é o Sandslash dele. Em retribuição, os pais deles me deram um Voltorb, que hoje é o meu Electrode. Nós decidimos ir para Johto juntos, mas depois de termos 3 insígnias cada um, o antigo líder de ginásio ficou muito doente e chamou Leo para treinar com ele e lhe substituir quando não pudesse lutar. Meses depois, Leo assumiu o ginásio de vez e eu lhe dei a honra de sua primeira batalha oficial de ginásio.
- E quem venceu? Perguntou Clara curiosa.
- Não houve vitorioso, pois a estrutura do prédio desabou quando o Hippopotas dele usou o Sand Tomb várias vezes. Respondeu Rodrigo.
- E depois disso tive que reconstruir o ginásio, enquanto ele não ficava pronto, as batalhas eram feitas nas montanhas. Sei cada Pokémon que mora lá, quer dizer... quase todos. Dizem por ai que existe um Regirock que foge para essas montanhas quando se sente ameaçado em Hoen. Completou Leo.
- Rodrigo não se esqueça de enviar a carta aos meus amigos do centro de criação para eles te ajudarem. Continuou o líder.
- Pode ficar tranqüilo. Enviei meu Delibird durante essa manhã, se ele for rápido ele atravessa essa montanha e volta hoje mesmo com a resposta. Respondeu ele.
Nesse momento Erik começou a se distanciar silenciosamente do grupo, mas Drake percebeu e saiu correndo na frente dele dizendo:
- Você não vai aprender a técnica antes de mim, não!
Os dois foram seguindo em direção às montanhas enquanto Rodrigo, Clara e Leo foram para fora do ginásio. Leo iniciou dizendo:
- A técnica que eu vou te ensinar é o Dig. Você pode usá-lo como defesa ou ataque. Qual Pokémon você quer que aprenda? Esse Igglybuff me parece muito novo para aprender um golpe assim...
- Então só sobrou meu Teddiursa. Respondeu ela.
Assim os três passaram a tarde explicando para o Teddiursa a maneira de cavar rápido. O Pokemon já estava se acostumando a aprender novos golpes.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Drake e Erik entraram por um largo caminho pelo lado oeste da montanha. Haviam diversas bifurcações, que não possibilitava dizer o final da trilha. Nesse momento, um Abra apareceu na frente dos dois e Drake já lançou o Cubone para ajudá-lo. Mas o Abra ficou usando o teleporte e desviando de Drake e seu Pokémon. Drake não desistiu e começou a perseguir o Abra, eles foram então por um caminho bem estreito a direita.
- Ele que não sabe que o Abra nem é tão raro assim. Pensou Erik.
Erik foi então para a esquerda, no caminho encontrou um Nidoran Macho, não era muito raro, mas valia a pena capturar.
- Vai Eevee! Use o Quick Attack!
O golpe acertou em cheio o outro Pokémon, ele por sua vez revidou com Poison Sting, também efetivo.
- Agora Hidden Power!
Nidoran recebeu e ficou bem ferido. Com apenas uma pokebola o Pokémon foi capturado. Erik então continuou pelo seu caminho.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Farfetch`d observou Erik e seu Eevee batalharem e foi avisar para Daniel e Larissa. Os dois ficaram preocupados com a presença dele e foram até onde ele estava para mandá-lo embora.
- Ei garoto! Você não pode ficar por aqui, nós estamos fazendo um trabalho a pedido do GYM de Giuto, por favor, nos deixe em paz. Disse Larissa.
- Então vocês conhecem o Leo? Respondeu Erik.
- Leo? Quem é Leo? Retrucou Daniel.
- Leo é o líder do ginásio que me mandou vir até aqui conferir o trabalho de vocês. Inventou o garoto.
- Ele nos descobriu Larissa. É melhor usarmos a força. Masquerain Silver Wind nesse Eevee!
- Eevee, use a tática preferida do meu pai, Protect.
- Ah! Farfetch’d use o Whirlwind para detê-los enquanto agente foge. Daniel, o plano para capturar o Regirock vai ter que ser adiado. Vamos Equipe Force. Disse Larissa.
Os três então saíram correndo e explodiram o local onde estavam trabalhando tampando a entrada. Erik então teve que dar meia volta.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Drake e Cubone perderam o Abra e não sabiam onde estavam. A caverna foi ficando cada vez mais escura. Eles enxergaram dois pontos de luz ao fundo e foram conferir, ao irem se aproximando os pontos se moviam. Era na verdade um Sableye. O Pokémon usou o Foresight para reconhecer o Cubone.
- Use o Bone Club.
Drake sabia que os golpes normais não iam afetar o Sableye, ele é do tipo fantasma. Então utilizar o Bone Club era a sua única alternativa, mesmo sabendo que era um golpe que nem sempre acertava o oponete.
Sableye recebeu duas vezes o golpe e revidou com Scratch e Night Shade. Cubone com medo do golpe fantasma, errou o alvo e acertou a parede da caverna que cedeu e abriu revelando o sol. Sableye então protegeu os olhos, mostrando como estava incomodado com a claridade.
- Que a sorte esteja comigo. Pokebola vai! Gritou Drake.
A pokebola piscou por 4 vezes, mas Sableye cedeu. Drake agora tinha um Pokémon raro para mostrar para Leo. Além disso, Drake encontrou outro osso e entregou ao Cubone que se desfez do seu anterior, mostrando que esse novo parecia mais forte e melhor.
Alguns minutos depois Erik apareceu, explicou o que aconteceu e disse:
- Drake temos que voltar e avisar o Leo que existem invasores na caverna, vamos!

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Ao retornarem, Drake e Erik contaram o que aconteceu para Leo, que acionou a policial Jenny. A policial então fechou as entradas da caverna para investigação. Nada foi esclarecido. Durante o resto do dia, Leo ficou ensinando o golpe Dig para os treinadores, cada um com seu Pokémon: teddiursa, Cubone e Eevee. Erik, mesmo não capturando um Pokémon raro também deve o direito de ensinar o golpe ao Eevee. Era um golpe bem simples, os três pokemons aprenderam bem rápido.
Noite a fora, o Delibird retornou. O bilhete dizia que seria um prazer ajudar o Rodrigo e mostrava como chegar até o centro de criação. Eles decidiram então seguir viagem até o centro de criação no próximo dia.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
008 - Karina e Porygon!
008 - Karina e Porygon!

Eram 10 horas da manhã quando Drake acordou com um Igglybuff pulando em cima dele.
- Ei! Você está algumas horas atrasado sabia? Disse Clara.
- AHHH! É mesmo! Nós combinamos com o Rodrigo de ir até o centro de criação. Ele e Erik já estão prontos?
- Sim, Erik só está enviando o Nidoran que ele capturou para Falks. Parece que ele quer mostrar para o pai que já está capturando vários pokemons. Ei Igglybuff pare de pular no Drake e retorne.
O garoto se aprontou rapidamente e os dois se reuniram com os outros e foram se despedir de Leo. No ginásio ainda estavam os policiais tentando resolver a confusão na caverna.
- Vocês vão mesmo partir hoje? Disse o líder.
- Sim, quero ir até esse centro de treinamento o mais rápido possível. Essa desobediência do Larvitar me deixa preocupado. Respondeu Rodrigo.
- Infelizmente, com a explosão, várias partes da caverna estão sujeitas a desmoronamento. Ninguém tem a permissão de entrar lá. Vocês terão que arrumar outro jeito. Talvez, se a policial Jenny deixar, vocês podem pegar carona com o balão que vai até a cidade de Temny, para trazer ajuda.
Leo então conseguiu a permissão com Jenny e todos foram esperar pela chegada do balão no centro Pokémon. Ao se despedirem Leo entregou algo para Rodrigo.
Logo depois no centro Pokémon, enquanto Erik escovava seu Eevee, Drake, com a ajuda de Rodrigo, procurava o ginásio mais próximo. Clara por sua vez observava a Chansey ao lado da enfermeira Joy.
- A Chansey seria um bom Pokémon para contests. Ela é bem amigável e sua doçura chama atenção. Quem sabe um dia eu não capture alguma? Disse Clara para Joy.
- Você é coordenadora? Então deve estar indo para o contest que haverá em Hiluba, certo?
- Sou coordenadora sim! Não sabia desse contest! É aqui por perto? Talvez seja uma boa oportunidade.
- Hiluba e Temny são cidades vizinhas e rivais. Um rio separa as duas, o Rio Ricor. Elas ficam depois das montanhas. Existe uma ponte ligando as duas, mas normalmente quem a atravessa não é bem vindo do outro lado. Existe uma grande rivalidade entre as duas cidades, pois Hiluba sempre teve grandes mestres especialistas em pokemons fantasmas e Temny em pokemons psíquicos. Dez anos atrás, um representante de cada cidade foi escolhido para resolver a disputa e mostrar qual cidade predominava. Mas os dois foram derrotados por um terceiro Pokémon. A partir daí, as pessoas da cidade de Hiluba começaram a acreditar que foi uma armadilha dos mestres de Temny e vice-versa. Desde então as cidades não convivem bem. Esse contest será organizado para comemorar a chegada da Lua Nova, que representa Hiluba, enquanto a Lua Cheia representa Temny. Falou Joy.
- Então será para lá que eu vou! Tenho que conseguir minha primeira fita! E o novo golpe do Teddiursa irá me ajudar.
- Você também não deve saber que esse contest será diferente dos outros. Você primeiro fará uma apresentação de apenas um Pokémon. Se você passar para a próxima fase, você fará uma apresentação com dois pokemons. Se você passar mais uma vez, irá para as quartas de final e a partir daí é batalhar normalmente.
- A apresentação com apenas um Pokémon eu já esperava, mas a em dupla será um problema. Não sei se meu Igglybuff está preparado, nem sei se ele tem golpes o suficiente. Vou pensar. Obrigado mesmo assim pela informação, Joy.
- Por nada! Respondeu a enfermeira com um sorriso, indo atender um Torchic que chegava machucado no centro Pokemon.
Clara então retornou até Drake e Rodrigo e explicou onde seria o Contest.
- Hummm... Eu e Drake estávamos pensando em ir para o oeste, onde tem um ginásio de Pokemons Insetos. Mas em Temny tem um ginásio também e, se a Joy estiver certa, terá pokemons psíquicos. O que você acha Drake? Disse Rodrigo.
- Pokemons psiquicos? Talvez seja uma boa escolha! Com o Sableye eu vou ter uma grande vantagem! E ainda tenho a Ledian que pode me ajudar bastante. Decidido, vamos para lá então. Você concorda Erik? Respondeu Drake que gritou para Erik.
- Por mim tanto faz. Não vou querer disputar esse ginásio, vou tentar outras coisas. Falou o filho de Falks.
- Tudo bem então. E pelo que vejo aqui no guia de informações, o torneio será em uma semana. Se nós ficarmos 2 dias no centro de criação, levaremos mais 3 dias para chegar em Hiluba e Temny e você ainda terá um dia para treinar seus movimentos Clara. Depois o Drake disputa no ginásio e agente pode seguir viagem. Falou Rodrigo.
- Fechado! Rodrigo enquanto esperamos pelo balão que tal você me ajudar nos treinamentos? Perguntou Clara.
- Não precisa dizer duas vezes. Vamos lá para fora.
Clara então decidiu testar as habilidades de Igglybuff.
- Como o meu Pokémon vai ficar só na defensiva tenho que escolher algum bem resistente. Vai Wailmer.
- Não sabia que ele tinha um Wailmer... Drake pensou alto.
- Ele já disputou a liga uma vez. Deve ter mais pokemons. Respondeu Erik.
Clara então pegou sua pokeagenda para identificar os golpes de Igglybuff. Ela fez uma cara de surpresa.
- Algo errado? Perguntou Rodrigo.
- Não! Pelo contrário. Aqui diz que Igglybuff sabe um golpe que só a sua evolução saberia. Estranho não? Respondeu a garota.
- Isso pode acontecer, é bem raro. Já ouvi falar de um Riolu que já sabia usar o Aura Sphere. Talvez tenha aprendido com outros pokemons na caverna.
- Vamos ver se isso é verdade, Rollout Igglybuff!
O Pokémon respondeu imediatamente e saiu em direção ao Wailmer. O golpe acertou várias vezes, mostrando que o Pokemon sabia muito bem como usá-lo.
- Agora Charm e depois Sing!
- Belos golpes para contests. Normalmente o Sing já ajuda bastante e o Charm também. Com o Rollout ela pode fazer novas combinações. Disse Erik.
Nessa hora a policial Jenny chamou todos, pois o balão havia chegado. A viagem foi até rápida, no caminho eles viram alguns Pidgeys, Pidgeottos e Staravias. Quando chegaram e pousaram perceberam que o centro de criação era enorme. Estava isolado de tudo e de todos, mas com grandes e largos campos, coberto de pokemons. Erik viu uma Spheal na beira do lago e foi até lá vê-la. Nesse momento uma menina que parecia ter voltado de uma corrida chegou perto dele e disse:
- Ei esse Pokémon não é selvagem nem pense em tentar capturá-lo!
- É eu sei. Ele deve pertencer ao centro de criação não é? Viemos aqui com nosso amigo Rodrigo. Respondeu Erik apontando para os outros.
- Então vocês finalmente chegaram! Eu sou Karina, filha dos donos do centro de criação. Sou eu quem vai ajudá-los, meus pais se preocupam mais com a alimentação e a saúde dos pokemons, treinamentos são comigo.
- Prazer em conhecê-la. O garoto respondeu e apresentou todo mundo, logo depois Rodrigo disse:
- Você já sabe do que se trata não? Como poderá me ajudar?
- Isso é um caso um pouco atípico, mas nada que um bom treinamento não resolva. Sorte sua que eu estava por aqui ou então esse meu amigo não poderia ajudá-los. Vai Porygon!
O Pokemon saiu da pokebola e mostrou toda a sua energia, parecia ser muito forte e bem treinado.
- Eu sou uma treinadora de aluguel. Os treinadores me emprestam seus pokemons para eu treiná-los e devolvê-los mais fortes. O Porygon tem ótimos golpes para servir de oponente. Treinamos todos os dias. Agora mesmo estava treinando a velocidade de um Lopunny. Cheguei há dois dias. Não é possível treinar pokemons sem batalhar, além disso, alguns pedem para eu treiná-los em movimentos de contests, então tenho que entrar em alguns para aprimorar a técnica.
- Um trabalho interessante. Você então vai para o próximo contest em Hiluba? Perguntou Clara.
- Vou sim! Vou partir depois que resolver o problema do Larvitar. No momento tenho que treinar um Cyndaquil e um Grimer. Será um desafio montar uma apresentação com os dois, mas é meu trabalho, então tenho que fazê-lo. Falou a outra garota.
- Nós também estamos indo para lá! Podemos ir juntos. Assim você terá mais tempo com o Larvitar. Disse Rodrigo.
- Tudo bem, mas esse Larvitar não vai me dar tanto problema, vai?
- Ele é bem temperamental.
- Chame ele, vamos ver como ele lidará comigo.
Larvitar saiu da pokebola e começou a encarar Porygon. O outro Pokémon fingia que nada estava acontecendo. Karina chegou perto do Larvitar e tentou tocá-lo. O Pokémon ficou apreensivo, mas permitiu o toque.
- Ele não é agressivo. Mas parece provocar todos os pokemons.
Nesse instante o Pokémon soltou um Screech para chamar a atenção do Porygon. Mas não teve efeito.
- Vamos levar todos lá para dentro e em alguns minutos agente começa, ok, Rodrigo?
- Tudo bem.
Todos entraram e conheceram os pais de Karina. Eles estavam alimentando alguns pokemons insetos como Pineco, Kakuna, Spinarak e Scyther. Enquanto isso a mãe de Karina também trocava os curativos do Scyther. Eles eram bem gentis, mas não pareciam saber das personalidades dos pokemons como Karina sabia.
Depois de algum tempo o grupo se separou em três: Karina e Rodrigo foram cuidar do problema do Larvitar, Erik e Drake foram treinar seus pokemons e Clara foi colocar em prática uma idéia para o contest.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Karina foi até uma sala pegou duas pokebolas e levou Rodrigo até o campo aberto onde poderiam batalhar. Além disso, ela pegou alguns medicamentos de rápida recuperação. A garota então disse:
- A nossa tática será demonstrar para o Larvitar que ele não consegue sustentar todos os golpes. Portanto, ele terá que perder várias batalhas e usaremos esses medicamentos para recuperá-lo rápido e não perdemos tempo. Ok?
- Tudo bem. Saia Larvirtar. Respondeu Rodrigo.
- Vai Porygon.
- Larvitar, o Porygon é um Pokémon perigoso. Cuidado com os golpes dele, ok?
O Pokemon ouviu o conselho de seu treinador, mas não parecia convencido.
- Use o Bite!
Ao invés disso, ele usou o Sandstorm.
- Perfeito. Porygon, use o Conversion 2. Dessa forma o Sandstorm não irá te afetar. Falou a garota.
- Larvitar use o Bite!
Mas o Pokémon continuou a usar Sandstorm e depois Rock Slide, que não eram bons contra o Porygon já que ele assumiu a forma terrestre.
- Psybeam até vencermos. Karina disse.
- Desvie Larvitar e use o Bite!
O Pokémon recebeu o golpe como sempre o faz e finalmente usou o Bite. Mas Porygon continuava sem muitos danos. Mais Psybeams vieram e Larvitar foi perdendo energia, ele obedecia aos comandos de ataque de Rodrigo, mas não desviava dos Psybeams. Até que ele perdeu a batalha e foi recuperado.
- Mais uma vez. Falou Karina.
- Ok. Dessa vez desvie Larvitar.
O Pokemon parecia estar muito confuso.
- Psybeam!
- Desvie e use o Bite para derrotá-lo. Ele está fraco.
Larvitar recebeu o golpe mais uma vez, mas acertou o Bite em Porygon também. O Pokémon ficou bem fraco, mas Karina ordenou:
- Recover.
Porygon voltou ao normal e podia batalhar de novo. Eles ficaram batalhando bastante tempo. Quando Larvitar ficava exausto, eles o recuperavam. Até que uma hora Karina recolheu o Porygon e lançou uma Walrein no campo.
- Larvitar se você não fugir disso você sempre perderá. Sheer Cold. Disse Karina.
Larvitar recebeu o golpe como sempre e perdeu a luta. Apenas na terceira tentativa ele desistiu e desviou, finalmente. Rodrigo deu os parabéns para seu Pokémon e Karina então disse:
- Agora esse Pokémon lhe mostrará como é importante não receber os golpes. Vai Shedinja.
Como o Shedinja só é afetado por golpes super efetivos, ele seria ótimo para demonstrar a importância de não levar todos os golpes.
- Rodrigo use outro Pokémon. Larvitar já se esgotou.
- Wailmer me ajude então. Water Gun. Observe bem Larvitar.
O Water Gun passou direito do Shedinja. Assim como o Ice Beam. Os dois então recolheram seus pokemons e foram até Larvitar. O Pokémon chegou perto de Rodrigo e fez um sinal positivo com a cabeça, pulou em Rodrigo, tocando na pokebola e retornando. Karina, então, falou:
- Ele deve estar bem cansado. Assim como nós estamos. Amanhã, use o Larvitar numa batalha e veremos se ele aprendeu mesmo. Meu trabalho só estará completo quando puder ver ele te obedecendo completamente.
- Claro! Farei isso mesmo. Agora vamos, pois está anoitecendo.
- Vamos sim.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
009 - Uma Noite Turbulenta!

Drake e Erik estavam com muita energia para treinar. Primeiro eles fizeram uma luta entre Eevee e Cubone. Erik começou:
- Quick Attack, Eevee!
- Dig, Cubone.
- Dig você também.
Os dois pokemons estavam debaixo da terra. Eevee atingiu Cubone primeiro, ele era mais forte e mais experiente. Mas não causou muitos danos ao outro Pokémon.
- Bone Club!
- Desvie Eevee! Disse Erik, mas foi inútil.
Eles ficaram treinando por um tempo. Depois chamaram Squirtle e Horsea para treinar seus movimentos de água. Eles usaram alvos como pedras e depois gravetos para simularem oponentes em movimento. O ataque Bubble de Squirtle estava melhorando, mas não se comparava com o Bubbluebeam de Horsea. Erik já tinha pokemons bem fortes, até porque já estava com eles há mais tempo. Entretanto, Drake sabia que queria disputar a Liga Menaco, enquanto o outro não sabia o que fazer no futuro.
- Hora de treinar minha nova aquisição! Vai Sableye!
O Pokémon não gostou muito ao ver a luz do sol, mas conseguiu suportar. Erik chamou o Cacnea para ser o oponente, mas como Sableye ainda era bem mais fraco, Cacnea ia só se defender.
- Scratch! E depois Night Shade!
Cacnea conseguiu desviar do Scratch, mas não do Night Shade. Drake então disse:
- Use o Scratch de novo! Quero ver suas habilidades físicas.
O Sableye não conseguiu acerta mais uma vez. Dessa forma Drake ordenou:
- Use o Foresight e depois o Scratch.
- Agora vai ser difícil você escapar Cacnea. Use o Sand Attack!
Finalmente o Scratch funcionou. Eles ficaram mais um tempo treinando. Depois foi a hora de Ledian contra Baltoy. A luta foi bem disputada, mas o golpe Rock Tomb do Baltoy era super efetivo em Ledian. Dessa forma, Ledian não resistiu. Já estava anoitecendo quando Clara voltou e falou:
- Cansei! Consegui finalmente montar uma apresentação, mas não consegui encaixar o golpe Dig. Acho que não vou usá-lo. Agora para frente é hora de treinar o Igglybuff. Seu Charm já me ajuda bastante, mas estou na dúvida se uso o Sing ou não. O que vocês acham?
- Eu acho que todo mundo já ia esperar que você fosse usar o Sing, tente bolar algo diferente. Se não conseguir use o Sing mesmo. Respondeu Drake.
- É o melhor que tenho a fazer mesmo.
Os três então decidiram voltar para casa. No caminho eles encontraram um Oddish.
- É meu! Disseram os três ao mesmo tempo.
Nesse momento Karina e Rodrigo também chegaram. A filha dos donos do centro de criação disse então:
- Esse Oddish sempre aparece por aqui. Ele é selvagem e tenta roubar a comida dos outros.
- Parece que todos nós queremos capturá-lo. Vamos tirar na sorte. Pedra-papel-ou-tesoura, ok?
Erik venceu. Clara indignada disse:
- Você já tem um tanto de pokemons, deveria dar essa chance para mim que só tenho dois!
- Ache algum você mesma então. Respondeu o garoto.
- Mas se você perder a batalha é a minha chance.
Baltoy foi o escolhido. Oddish aceitou a batalha.
- Rock Tomb para desacelerá-lo, Baltoy.
O golpe funcionou e Oddish, devido as pedras, estava com dificuldade de se mover. Mas mesmo assim usou o Sweet Scent.
- Ah! Que ótimo golpe para se usar nos contests! Murmurrou Clara.
- Baltoy continue com o Psybeam.
Oddish ainda conseguia se manter em pé. Depois ele usou o Sleep Powder.
- Se seu Pokémon dormir é a minha vez! Falou Clara esperançosa.
- Você esqueceu da minha melhor tática. Protect.
Baltoy se protegeu e podia continuar na luta. Enquanto isso Rodrigo falou para Drake:
- Essa é a técnica favorita da família.
Drake deu risadas e observou o Oddish recebendo mais um Psybeam e sendo capturado. Clara ficou decepcionada, mas fingiu não ligar. Erik mesmo assim ficou fazendo ciúmes nela. Até que ela foi embora, entrou no quarto e foi dormir brava com ele.
- Se vocês não se importarem quero ir cedo amanhã. São três dias de viagem e no caminho tenho que treinar o Grimer. Essa apresentação está me deixando nervosa. Disse Karina.
- Tudo bem, nós podemos ir cedo. Respondeu Drake.
Todos então foram dormir.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

No outro dia partiram cedo e pegaram a estrada. Ali tinha uma ciclovia, onde eles alugaram bicicletas. Passaram as duas próximas noites nos Centros Pokemons do caminho. Não tiveram tempo para treinar muito. Só Rodrigo que por alguns minutos conversou com Larvitar, que estava normal. Não parecia triste ou decepcionado consigo mesmo. Faltava vê-lo numa batalha.
No terceiro dia chegaram a Hiluba. Já estava anoitecendo e a Lua Nova aparecia no céu. A cidade estava em festa. Drake e Rodrigo decidiram aproveitar e assistir as apresentações nas ruas da cidade. Clara e Karina foram treinar para o torneio no próximo dia. E Erik havia sumido.
- Drake, não conte para a Clara ainda, mas Erik vai participar desse contest também. Ele que experimentar. Disse Rodrigo.
- Isso vai ser interessante. Que pokemons ele usará? Respondeu Drake, mas não obteve resposta.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Clara já estava treinando à 1 hora e quando finalmente conseguiu terminar a sua apresentação, a policial Jenny chegou até ela e disse:
- Você não ouviu o que está acontecendo? Os pokemons fantasmas de nossa cidade previram que essa noite estranhos eventos acontecerão. O festival parou e todos foram para as suas casas. Você deve ir também.
- Tudo bem Jenny. Só tenho que chamar minha amiga.
Ela foi até Karina e explicou o que estava acontecendo, a menina então respondeu:
- Temos que avisar o Erik, ele acabou de passar por aqui. Ele foi para aquele lado.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Erik estava treinando com seu Eevee e Baltoy. De repente, Baltoy começou a agir estranho e a atirar Psybeams em uma direção. Algo se movia por lá. Mas parecia não receber dano com os Psybeams. Eevee então fez um barulho. Erik começou a ter estranhas visões, como se monstros estivessem perto dele, mas rapidamente voltou ao normal. Pegou a pokedex e descobriu que o vulto era um Darkrai. O garoto ficou apreensivo, não sabia o que fazer. Seu Eevee partiu para cima de Darkrai utilizando o Quick Attack. O golpe acertou e Darkrai mostrou estar interessado na luta.
- Eevee tenha cuidado! Falou Erik.
Darkrai então usou o Faint Attack e acertou Eevee. Baltoy também mostrou que queria batalhar. Mas nessa hora o Darkrai lançou o Dark Void, tentado adormecer os dois pokemons.
- Protect Baltoy!
Diferente de Baltoy, Eevee não conseguiu fugir. Darkrai se aproximou e tocou Eevee em sua cabeça. Mas nesse momento Erik reagiu
- Baltoy, Selfdestruct.
Com a explosão Erik teve tempo de recolher ambos os pokemons e sair correndo. Mas prometeu para si mesmo que iria treinar até derrotar aquele Pokémon.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Drake e Rodrigo estavam procurando pelos outros três. De repente o Sableye saiu da pokebola e encarou a escuridão. O vulto começou a se mexer. Drake disse:
- Identifique-o com Foresight, Sableye.
Darkrai se revelou para eles também. Mas nesse instante, Houndors e Hoothoots saíram correndo de onde ele estava. Rodrigo então disse:
- Deve ser isso que os pokemons fantasmas previram. Vamos sair daqui Drake, é muito perigoso.
Sableye retornou para a pokebola e os dois saíram correndo. Até viram uma luz e identificaram a policial Jenny. Karina, Clara e Erik estavam com ela.
- Vocês também estão por aqui? Falou Clara.
- Viemos atrás de vocês e no caminho encontramos algo. Respondeu Rodrigo.
Eles trocaram informações sobre o que tinha acontecido com ambos e Jenny falou:
- Hummm... Darkrai então é o problema. Lua Nova... faz sentido. Me mostrem aonde vocês o encontraram.
Rodrigo e Karina ficaram enquanto os outros mostravam para a policial o local em que cada um encontrou o Pokémon.
- Tome isso como meu pagamento pelo que fez com o Larvitar. Acho que ele melhorou bastante. Ainda não tenho certeza. Mas amanhã saberei. Vou participar do contest. Disse Rodrigo para Karina.
- Não precisa! É meu prazer ajudar os outros. Respondeu a garota.
- Faço questão.
Karina pegou então o embrulho e abriu. Era uma pedra com marcas em alto-relevo.
- Isso é um fóssil que Leo, o líder do ginásio de Giuto, me deu. Nós somos bem amigos. Espero que seja um bom Pokémon.
Karina demonstrou felicidade e agradeceu. Ela ficou bem interessada em descobrir qual pokemon seria. Minutos depois os outros voltaram. A policial Jenny levou todos até o centro Pokémon, onde foram dormir para se prepararem para o festival de amanhã.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
010 - Contest! Um Desafio Para Clara!

- Enfermeira Joy, você sabe aonde foram os meus amigos? Clara, Rodrigo, Erik e Karina? Nenhum deles está por aqui. Perguntou Drake.
- Todos eles saíram. Mas cada por si. Não falaram aonde iam e nem deixaram recado.
Drake achou aquilo muito estranho. Como ainda faltava muito tempo para o Contest ele foi treinar um pouco o seu Sableye. Estava ansioso pela disputa do ginásio em Temny. Meia hora depois, ele viu a policial Jenny andando de um lado para o outro com uma cara nervosa.
- Ei Jenny! O Darkrai parou de aprontar por aqui? Ele disse.
- Por aqui sim. E esse é meu problema. Ele foi para Temny! E os habitantes de lá estão achando que fomos nós de Hiluba que planejamos isso! A Jenny de lá não acredita em mim. Agora a ponte entre as cidades está fechada. O líder do ginásio está lá impedindo que qualquer um passe, até que o Darkrai vá embora. Essa bobagem de rivalidade entre cidades foi longe demais, isso é coisa do passado!
- Que situação hein? Espero que isso se resolva logo para que eu possa desafiar o líder.
- Você quer desafiar o GYM? Boa sorte, Phillipe é bem forte. Ele pode surpreender. Agora tenho que ir, uma pessoa está vindo de Johto para ajudar a nos livrarmos do Darkrai e eu tenho que recebê-la. Até mais.
A policial Jenny foi embora e Drake voltou ao centro Pokémon e ficou por lá assistindo as quartas-de-final da liga Kanto que estavam acontecendo naquele dia. Uma batalha entre Snorlax e Jynx estava muito emocionante. As lutas acabaram 1 hora antes do Contest começar. Todos que estavam no centro pokemon foram para o estádio assistir às exibições, inclusive a enfermeira Joy que ia ser a jurada. Drake procurou pelos amigos, mas não achou ninguém e então foi sozinho. Pensou: “Clara, Karina e Erik já devem estar lá e Rodrigo talvez tenha ido pensando que eu estivesse lá”.
O estádio encheu rápido e estavam todos ansiosos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Clara estava na concentração se preparando quando avistou Karina e foi até ela.
- Ansiosa? Disse Clara.
- Não muito. Não é o meu primeiro Contest e faço isso por ser meu trabalho e não porque realmente quero vencer. E você?
- Estava mais nervosa no meu primeiro Contest. Agora estou só com frio na barriga. Sei que nesse eu tenho mais chances. Um segundo aquele é o...
Nesse momento Erik se aproximou das duas e disse:
- Ola! Surpresas?
- Sim. Não esperava que você estivesse aqui. Então agora vai tentar ser meu rival em tudo é? Disse Clara.
- Não sei. Talvez. Não estou certo se quero tentar os Contest ainda. Vamos ver.
As apresentações começaram. Dois competidores se apresentaram sem muita novidade. Um com seu Mankey fez uma apresentação de artes marciais e o outro usou o Chimecho e sua musica de sino. O terceiro então foi Rodrigo:
- Ele também! Só falta o Drake chegar aqui. Todos querendo participar, com inveja de mim. Disse Clara rindo de sua ironia.
- Ele me falou que ia participar. Quer ver como seu Larvitar vai reagir. Falou Karina.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

- Larvitar eu escolho você. Nós não treinamos isso, mas siga meus passos e tudo dará certo. Falou Rodrigo bem baixo, de uma maneira que só o Pokémon podia ouvir.
Os juízes se interessaram num Pokémon raro como o Larvitar.
- Comece com o Rock Slide em volta de você.
As pedras envolveram o Pokémon. Não era possível vê-lo mais.
- Agora Sandstorm com toda força!
A tempestade de areia começou a sair pelos buracos entre as pedras. Depois levantou as pedras que começaram a se despedaçar e fazer parte da areia. Larvitar ainda não era visível, a areia circulava ele junto das pedras.
- Agora mire um pouco para cima e use o Screech!
O ataque então começou a levar a tempestade por onde passava. Era como um grito de areia e pedras. Parte da tempestade parou e a outra seguiu o rumo do Screech, indo até o alto e caindo.
A platéia aplaudiu bastante e os jurados elogiaram a combinação original e simples de Rodrigo.
Ele ficou bem feliz com a obediência do Pokemon e agradeceu muito Karina quando a encontrou: - O presente realmente valeu à pena. Aquele fóssil está em boas mãos. Disse ele.
- Estou feliz que me trabalho foi bem realizado. Agora é a minha vez, deixe-me ir. Respondeu a garota.
Ela entrou e lançou o Cyndaquil. Iniciou dizendo:
- Use o Swift para cima!
As estrelas então voaram alto, em uma linha reta acima do Pokémon de fogo.
- Agora fique parado e use o Flame Wheel!
O Pokémon começou a rodar no mesmo ponto. As estrelas então voltaram e quando acertavam a roda de fogo tomavam uma nova direção aleatoriamente. Além disso, elas ficavam vermelhas ao tocar o fogo. Eram estrelas de fogo indo a todas as direções.
- Esse Cyndaquil é muito bonitinho e forte também! Disse a enfermeira Joy.
Os aplausos também foram grandes. Talvez maiores que os de Rodrigo. Logo depois foi a vez de Erik. Oddish foi o escolhido. Drake na platéia pensou: “Ele preferiu usar o Oddish recém-capturado do que seu Eevee... Deve ser porque a Clara já vai usar o Hidden Power e ele não quer atrapalhá-la.”
- Oddish, Double Team!
Vários Oddish apareceram no campo.
- Agora Sweet Scent.
O cheiro se espalhou como se todas as cópias o tivessem produzido. Agradou a todos na platéia. Clara falou para Karina indignada:
- Ele está usando o golpe que eu disse que seria bom em Contests! Copiador de idéias!
- Pare de disputar com ele em tudo. Ele não fez por mal. O Pokémon é dele e não seu.
Retornando a Erik, as cópias ainda estavam lá. Elas se reuniram no centro e Erik ordenou:
- Sleep Powder.
O pó não se espalhou pelo estádio e ficou concentrado, onde as copias estavam. Uma por uma elas foram adormecendo e desaparecendo. Até que nenhuma sobrou e o verdadeiro Oddish apareceu por trás de Erik. A platéia adorou o truque. Agora só faltava Clara. Vários outros se apresentaram e ela foi uma das últimas. Quando chegou a sua hora, ela lançou o Teddiursa dizendo:
- Confiança Teddiursa! Prepare o Hidden Power.
As bolas de energia surgiram em volta dele.
- Agora atire.
As bolas saíram viajando pelo estádio, indo e voltando, como se estivessem dançando.
- Scratch.
Teddiursa saiu correndo e usou o Scratch em cada bola que passava por ele. As bolas então se desfaziam em pequenas luzes coloridas que passavam em volta do Pokémon, trazendo brilho. A última bola veio por cima e ao receber o golpe criou uma chuva de luzes em volta dele, impressionando a todos.
Ao voltar para a concentração todos desejaram sorte para cada um dos outros e esperaram pelo resultado. Os quatro passaram para a segunda fase, que reunia 20 coordenadores em apresentações em dupla. Rodrigo ficou surpreso com seu último lugar:
- Nunca imaginei que fosse passar. Minha apresentação não teve nada demais.
- Mas você conseguiu demonstrar as habilidades de seu Pokémon de uma maneira simples e agradável, melhor do que tentar algo impossível. Respondeu Erik.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os últimos eram os primeiros a se apresentar. Rodrigo começou:
- Larvitar e Tropius!
Os dois pokemons então se encararam.
- Larvitar, Rock Slide. Tropius, Magical Leaf.
As folhas lançadas por Tropius começaram a cortar as pedras.
- Agora Sanstorm e Gust.
Uma ventania misturada com areia, pedras e folhas se formou. E os pokemons acabaram a sua apresentação. Foi o melhor que Rodrigo conseguiu pensar.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Erik então foi o próximo, a sua penúltima colocação não o agradou muito. Pensou que seu Oddish ia impressionar mais. Chamou Horsea e Eevee:
- Faça os buracos com o seu Dig Eevee!
Quatro buracos foram feito. Três alinhados e um a frente deles.
- Horsea, Bubbluebeam no buraco da frente.
As bolhas então entraram por esse buraco e saíram pelos outros três, como se fossem três pilastras de água.
- Corte as bolhas com o Quick Attack.
Eevee explodia as bolhas que passavam com a sua velocidade. Seu pelo brilhava com o contato da água.
- Por fim, Eevee entre no buraco. Horsea, use o Twister.
O golpe então entrou por um buraco e saiu por apenas um dos outros, por ser mais conciso.
- Water Gun no Twister.
A água parou o Twister e nele surgiu o Eevee que desceu e ficou ao lado de Horsea. Acabando a apresentação.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Karina chamou o Cyndaquil mais uma vez e o Grimer.
- Cyndaquil Swift, Grimer Shadow Ball.
As estrelas então circularam a bola de energia.
- Agora Cyndaquil use o Flame Wheel e atire a bola na direção do Grimer.
O fogo tomou conta da bola e das estrelas e foi em direção ao Grimer.
- Endure, Grimer!
Toda aquela energia se chocou contra o Pokémon e fez muito barulho. Luzes saíram em todas as direções. Mas mesmo assim ele ainda ficou de pé, terminando a sua apresentação.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Clara ficou em décimo segundo lugar, o melhor dos quatro. Chamou seus dois únicos pokemons e iniciou:
- Prepare o Hidden Power, Teddiursa. Igglybuff vá para sua posição.
Igglybuff ficou na frente de Teddiursa e de costas para ele.
Quando o Teddiursa lançou as bolas, Clara disse:
- Rollout.
Igglybuff começou a rodar e o Hidden Power ficou em volta dela. Ela atravessou a arena e começou a tocar em uma bola de cada vez, explodindo-a. Apenas uma sobrou.
- Termine Igglybuff. Prepare-se Teddiursa.
O Pokémon instantaneamente girou para o outro lado, pegou mais velocidade e deixou a bola continuar no caminho que ela estava. Depois girou mais uma vez para o lado em que estava primeiramente e começou a ir em direção à bola. Como ela estava mais rápida, ela alcançou a bola e ao tocá-la ela explodiu. A explosão e a força do Rollout jogaram o pokemon para trás em alta velocidade, em direção ao Teddiursa. Teddiursa então a agarrou como se fosse uma bola e a apresentação terminou.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Após todas as exibições, Drake se juntou aos quatro na concentração. Estavam todos ansiosos pelo resultado. Eles se desejaram sorte mais uma vez.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
011 - Bloqueio de Temny

Após todas as exibições, Drake se juntou aos quatro na concentração. Estavam todos ansiosos pelo resultado. Eles se desejaram sorte mais uma vez. Dos quatro, apenas Clara passou para a próxima fase. Agora ela iria batalhar com uma garota que andava com um Swablu no ombro, Pat.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Daniel pegou o celular e ligou para Larissa:
- Tudo já está pronto. Já implantei a máquina que irá atrair o Pokémon. O nosso “amiguinho” já está no local para enfraquecê-lo por nós. E você já posicionou o barco?
- Sim Daniel. Estou no local! Lembre-se de usar o sinal com o Masquerain. Outra coisa, será que ELE sozinho conseguirá enfraquecer um Pokémon desses?
- Todos da cidade confiam nele. Se ele não conseguir nenhum outro daqui conseguirá. Ele é um líder de GYM. Espero que essa sua fonte de que esse Pokémon está rondando por aqui seja verdadeira. Respondeu ele.
- Claro que é! O que você acha que o líder estaria fazendo na entrada da cidade esse tempo todo então? Tem alguém vindo vou desligar.
--------------------------------------------------------------------------------------------------
Todos deram parabéns para Clara, que estava muito feliz. Mas ela não teve muito tempo para comemorar, pois a sua batalha seria a primeira. A garota estava nervosa, batalhas não era a sua parte favorita. Mas antes de começar a próxima fase, a policial Jenny fez um anúncio na sala de concentração:
- Parabéns aos oito que conseguiram passar para a próxima fase! Desejo sorte para vocês em suas batalhas. Mas queria pedir que, após o fim do Contest, vocês voltem para a sala de concentração. Um a pessoa quer conhecê-los. Obrigado.
Todos acharam aquilo um pouco estranho, mas esqueceram rapidamente com o retorno do Contest. Clara e Pat foram para o campo. Swablu e Teddiursa foram escolhidos. O Pokémon voador parecia muito concentrado.
- Swablu, Wing Attack! Iniciou Pat.
- Evasiva Teddiursa!
O Pokémon não conseguiu desviar. Recebeu o ataque em cheio e Clara perdeu pontos.
- Use o mesmo ataque mais uma vez. Disse Pat.
- Teddiursa, revide com o Hidden Power.
Teddiursa não conseguiu produzir o golpe rapidamente. Quando ele lançou o ataque, Swablu já estava muito perto e o choque dos golpes atingiu os dois, fazendo com que ambas perdessem pontos.
- Peck!
- Teddiursa espere ele chegar perto. Falou Clara.
Swablu diminuiu a altura que estava e foi chegando perto. Teddiursa começou a ficar inseguro com a aproximação do adversário.
- Agora Dig.
O Pokémon voador passou direito sem conseguir acertar o Teddiursa. Pat perdeu pontos.
- Swablu voe e evite que o Teddiursa te acerte quando sair da terra.
Teddiursa apareceu e Clara o mandou preparar o Hidden Power mais uma vez.
- Swablu Agility! E depois Wing Attack.
- Teddiursa cuidado! Gritou Clara.
Dessa vez Swablu acertou o outro Pokémon antes que o golpe se completasse. Clara estava perdendo. Teddiursa não conseguia agir contra a rapidez de Swablu.
- Teddiursa Hidden Power mais uma vez!
Pat ordenou ao Swablu atacar da mesma forma de novo. Os outros na platéia ficaram surpresos:
- O que ela está fazendo? Ela não percebe que a velocidade do Swablu é melhor? Disse Karina.
- Espere. Ela deve ter algo em mente. Respondeu Erik.
Um pouco antes de Swablu se aproximar, Clara disse:
- Pule no buraco!
O Wing Attack passou direto.
- Agora atire! Falou Clara.
Teddiursa acertou em cheio. O jogo estava empatado. Quando Pat tentou usar o Peck, Clara usou a mesma tática com o buraco feito pelo Dig. Swablu desfilava pelo ar enquanto Teddiursa se escondia nos buracos. Faltavam poucos segundos e tudo estava empatado. Clara então tentou uma última tática:
- Teddiursa Lick!
O Pokémon foi em direção ao Swablu. Conseguiu se aproximar e acertou o ataque. Mas Pat revidou com um Peck que também foi um sucesso. Pat vencia por muito pouco. Faltando 10 segundos, a adversária de Clara disse:
- É hora do último ataque. SING!
Clara foi pega de surpresa e não conseguiu reagir. Teddiursa começou a dormir. O tempo estava passando e o Pokémon não respondia. Estava em profundo sono.
- Boa Swablu! A vitória é nossa! Falou Pat.
- Acorde Teddiursa! Nós ainda temos chances!
O tempo se esgotou e Pat foi a vencedora. Clara deu parabéns a garota e voltou para a sala de concentração.
- Ei, não fique triste! Foi uma ótima batalha, não era possível prever o truque que ela guardava na manga. Disse Drake.
- Obrigada Drake. Mas acho que eu falhei. Devia ter treinado batalhas também. Meu Teddiursa ainda é muito fraco e meu Igglybuff nunca batalhou. Está na hora de me concentrar mais. Respondeu a garota.
- Se você quiser eu treino com você todo dia. Será um prazer ajudá-la. E fique tranqüila não vou entrar em mais contest por agora. Não é a minha praia. Falou Erik.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
Continuação:

--------------------------------------------------------------------------------------------------
As outras batalhas foram emocionantes também. Dentre eles um treinador e seu Mudkip se destacaram, venceram Pat e foram campeões. Depois disso tudo, todos os oito e também Erik, Drake, Rodrigo e Karina, ficaram na sala de concentração esperando pela policial Jenny e a outra pessoa desconhecida até então. Quando eles chegaram, Rodrigo disse:
- Não acredito que seja você! Quanto tempo!
- Rodrigo! Como estão seu Voltorb e Delibird? Meu Scyther ainda quer uma revanche contra eles. Disse o garoto, que parecia uma garota por causa de seu cabelo, rindo.
- Eles estão ótimos. Meu Voltorb agora é um Electrode inclusive. Deixe-me apresentá-la para meus amigos. Pessoal, essa aqui é a Bugsy. Líder de GYM em Johto. Eu batalhei com ele a mais de um ano atrás. Consegui minha terceira insígnia vencendo o Scyther dele.
Todos se apresentaram e então a Jenny interrompeu:
- Desculpe mas não temos muito tempo. Depois vocês terminam de se apresentarem. Agora preciso que os oito classificados prestem atenção. Quem são eles?
- Não precisa ser apenas os oito. Podemos usar todos que estão por aqui. Quanto mais ajuda melhor. Disse Bugsy.
- Ok ok! Então todos vocês prestem atenção. Como vocês devem saber o Pokémon Darkrai andou aprontando por essa cidade ontem. E agora ele foi para Temny, a cidade vizinha. Mas devido à rivalidade entre as cidades, as pessoas que moram lá, acreditam que fomos nós quem o enviou para provocá-los e ordenaram que agente o chamasse de volta. Se não o fizermos, a ponte entre as cidades ficará bloqueada. O líder de GYM de lá não esta permitindo que ninguém passe. Entretanto, nós não enviamos Darkrai e não temos como tirá-lo de lá. Portanto, o que proponho é irmos até a ponte e conversarmos com Phillipe, o líder, para tentar convencê-lo. Bugsy veio a pedido de Gilda, a líder do GYM de Faitu que também usa pokemons insetos, para ajudar nessa tarefa. Assim, depois da conversa, precisaremos de vocês para derrotar Darkrai e mandá-lo embora. Com dois líderes e mais oito dos melhores coordenadores por aqui, creio que podemos derrotar o Pokémon. Vocês podem ajudar?
Todos concordaram, inclusive Drake e os outros. Todos foram para a ponte tentar conversar com Phillipe antes do anoitecer.
--------------------------------------------------------------------------------------------------
Ao chegarem lá Phillipe estava observando a aproximação do grupo.
- Phillipe, eu sou Bugsy, líder de ginásio em Johto. Vim aqui a pedido de Gilda para explicar que houve um engano por sua parte. Darkrai não foi enviado pelos moradores de Hiluba. Ele apareceu por aqui e depois foi para Temny por livre vontade. Por favor, libere a passagem e nós o ajudaremos a derrotá-lo.
- Meus pokemons psíquicos sabem que esse Pokémon Darkrai foi quem atacou os mestres de ambas as cidades há cem anos. E, de acordo com a lenda, foram os cidadãos de Hiluba quem o chamou para isso. Isso não acontecerá de novo. Eu irei derrotá-lo. Falou o líder.
- Você sabe que a lenda é apenas uma versão que cada cidade criou para o acontecimento. Em Hiluba nós acreditamos que foram vocês que levaram a derrotar de nosso líder. Mas isso é passado, agora temos que nós concentrar no presente. E acredite você precisará de ajuda. Disse a policial Jenny.
- Não ouse dizer que não sou forte o bastante. Eu não consigo acreditar nas palavras de vocês.
A discussão continuou até anoitecer.
--------------------------------------------------------------------------------------------------
- Tudo pronto, pode acionar o botão Larissa. Disse Daniel.
- Acionado. Respondeu a garota.
--------------------------------------------------------------------------------------------------
Um som muito estranho começou a se espalhar pela ponte e atingir toda a cidade. O barulho incomodava, mas todos conseguiam resistir a ele. Em minutos Darkrai apareceu na ponte, ele estava sendo atraído belo barulho.
- Você finalmente chegou. Eu irei derrotá-lo sozinho. Não me atrapalhem. Vai Medicham. Falou Phillipe.
- Seu orgulho irá te derrotar. Um líder de GYM deve saber que não é invencível. Respondeu Bugsy.
- Vamos ver. Use o Brick Break contra o Darkrai.
A velocidade de Medicham era muito boa. O Pokémon se aproximou e na hora que aplicou o golpe, Darkrai desviou com grande facilidade. Phillipe ficou impressionado. O Pokémon noturno lançou um Dark Pulse que acertou em cheio no desprevenido Medicham. O Pokémon caiu e mal conseguia se levantar.
- Precisamos de mais força e defesa. Use o Bulk Up! Ordenou Phillipe.
Nesse momento Darkrai usou um certeiro Faint Attack que tirou o Medicham de combate.
- Realmente impressionante. Acho que só você resolve isso meu antigo amigo, vai Slowking. Disse Phillipe recolhendo Medicham e lançando outro Pokémon.
Bugsy então disse para o grupo:
- Preparem-se. Se ele perde mais uma vez nós entraremos em ação. Preciso de todos os pokemons lutadores e insetos que vocês tiverem.
Entre os pokemons lutadores, um Machoke, um Mankey e um Monferno foram chamados por seus treinadores. Já de pokemons insetos só uma Beautifly e a Ledian de Drake apareceram.
- Eu esperava mais. Então precisamos de retaguarda. Você chame seu Graveler e prepare-se para usar o Protect. Disse ele apontando para o treinador que ficou em segundo lugar no torneio.
O treinador obedeceu chamando o Pokémon. Nesse momento Erik chamou o seu Baltoy e disse:
- Meu Pokémon também sabe usar o Protect.
- Ótimo mais um para ajudar na defesa. Agora se tudo der errado, devemos pelo menos adormecê-lo. Chame seu Swablu, por favor. Disse Bugsy olhando para Pat.
- Claro! Vai Swablu. Chamou a treinadora. Swablu tome cuidado com o Darkrai, você ainda está fraco depois das batalhas de hoje.
O Pokémon então pousou atrás de todos os outros. Clara imitou Erik e chamou o Igglybuff para ajudar com o Sing. A atenção deles tinha desviado da batalha. Slowking parecia muito bem ainda e Darkrai continuava desviando de todos os golpes.
- Water Pulse. Disse Phillipe.
O ataque foi repelido com um Dark Pulse de Darkay.
- Cuidado Slowking, golpes noturnos podem de ferir bastante.
Darkai então aplicou um Faint Attack, que nunca deixa de acertar.
- Revide com o Body Slam.
Pela primeira vez Darkrai recebeu o golpe diretamente. Ele se enfureceu e lançou o Dark Void.
Slowking começou a dormir. Darkrai então lançou um Dark Pulse seguido de um Faint Attack, derrotando Phillipe. Bugsy entrou em ação:
- Scyther e Volbeat atacar. Treinadores usem os golpes lutadores assim que perceberem uma oportunidade e peçam para os pokemons insetos ajudarem Scyther e Volbeat.
- Sim. Disseram todos. Eles então começaram a atacar:
- Scyther Agility. Volbeat Signal Beam.
- Mach Punch. Disseram Drake e o treinador do Monferno.
- Silver Wind Beautifly.
Darkrai desviou do Signal Beam, mas não conseguiu fugir do Silver Wind. Ledian e Monferno se aproximaram com o Mach Punch, Darkrai, entretanto conseguiu desviar.
- Agora Scyther X-Scissors. Falou Bugsy.
Um Dark Pulse conseguiu parar o golpe. Machoke e Mankey tentaram uma aproximação sem sucesso.
- Ele vai lançar um Dark Void. Defensiva é com vocês.
- Baltoy Protect. Falou Erik.
O Dark Void realmente foi lançado. Os pokemons recuaram e se protegeram atrás de Baltoy e Graveler. Darkrai, por outro lado, aproximou-se e usou um Faint Attack em Baltoy. O Pokémon de Erik foi derrotado com apenas esse golpe. Ele chamou Eevee no lugar.
- Ataquem com toda a força agora. Falou Bugsy.
- Nessa eu também entro. Growlithe Flamethrower. Falou Jenny.
- Machoke, Cross Chop. Monferno, Flame Wheel. Graveler, Rock Blast. Mankey, Low Kick. Beautifly, Silver Wind. Disseram os outros treinadores.
- X-scissor e Signal beam mais uma vez. Ordenou Bugsy.
- Ledian Mach Punch. Disse Drake.
- Eevee Hidden Power. Falou Erik por fim.
Darkai não conseguiu desviar de todos. Recebeu o Flamethrower e o Silver Wind, seguido de ataques do Mankey e Ledian. Por fim o X-scissor do Scyther também foi atingiu o alvo. Com dificuldade, Darkrai ainda se levantou.
- Agora garotas! Gritou o líder.
- Sing! Disseram Pat e Clara.
Enfraquecido o Pokémon não conseguiu evitar a canção e dormiu. Nesse momento um Masquerain passou voltando e usou o Flash. Todos ficaram com a visão ofuscada. Quando a visão retornou, Daniel estava ao lado de Darkrai aprisionando-o. Bugsy agiu:
- Solte-o agora. Volbeat e Scyther detenham-o.
- Vai Stunky, Smokescreen. Disse Daniel.
A fumaça encobriu o ar. Ninguém via nada mais uma vez. Apenas um barulho de barco aparecia bem ao fundo, descendo o rio. Um dos treinadores chamou o seu Swellow e com a ajuda de Swablu, eles acabaram com a fumaça.
- Pule agora Daniel! Disse Larissa.
O agente da Equipe Force pulou e com a ajuda de Stunky e seu Slash, eles puxaram Darkrai, que continuava inconsciente.
- Algum de vocês tem alguma idéia? Perguntou Bugsy.
- Mande os pokemons voadores atrás deles. Falou Karina.
- Podemos tentar. Falou a líder indicando para os treinadores que era hora de agir.
Ledian, Beautifly, Swellow, Swablu e Scyther começaram a perseguição. Mas o Farfetch`d apareceu e usou o Gust diminuindo a velocidade.
- Dessa forma eles não chegarão. Scyther, Ledian e Beautifly já não conseguem mais devido à sua fraqueza contra tipos voadores. Swablu está fraco. Só nos resta o Swellow. Analisou Jenny.
- Precisamos de ajuda. Pensou Rodrigo.
Um garoto então se aproximou, pediu permissão a Phillipe e lançou uma pokebola.
- Bernard, o que vai fazer? Perguntou a Jenny.
- Eu tenho uma idéia. Xatu, Teleport, pegue o Darkrai e Teleport mais uma vez.
O ataque funcionou. A Equipe Force fugiu e o Darkrai retornou para a ponte onde todos estavam. O Pokemon finalmente acordou, se livrou da rede e foi embora o mais rápido possível. Um alívio surgiu no ar. Todos estavam mais calmos. A Jenny foi então atrás dos criminosos, enquanto Bugsy e o resto foram agradecer Bernard.
- Muito obrigada pela ajuda. Você mostrou para Phillipe como cooperação é importante. Disse o líder.
- Ele é meu irmão. Ele sempre foi orgulhoso, mas hoje serviu para mostrar a ele que existem mais mistérios nesse mundo do que ele imagina. Não se preocupe, o que eu fiz não foi nada. Se algum de vocês pudesse usar o Teleport eu sei que o faria. Respondeu Bernard.
Eles então ficaram conversando. Enquanto isso Phillipe levantou e disse:
- Bugsy me desculpe. Fui muito ingênuo, deveria ter te escutado.
- Isso acontece. Mas agora acho que você deve descansar e procurar melhorar a sua atitude como líder de GYM. Ele respondeu.
- É isso que vou fazer. Fecharei um GYM por um tempo e irei viajar um pouco para refrescar a cabeça e rever meus conceitos. Gostaria que você viesse comigo Bernard. Já que você está tentando coletar as insígnias para participar da Liga Menaco, eu posso ver como são os outros líderes e me inspirar neles.
- Ótima idéia! Amanhã mesmo que seguir viagem para Giuto.
Cansados depois de toda essa confusão todos retornaram para o centro Pokémon. Drake ainda não tinha percebido que não poderia batalhar contra Phillipe como queria.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
012 - Favores na Floresta!

- Como assim fechado? Ninguém vai substituir Phillipe? Isso é um ginásio! Tem que estar sempre aberto. Falou Drake indignado.
- Desculpe-me. Mas eu não posso fazer nada. Phillipe saiu essa manhã e o seu sucessor, Bernard, foi com ele. Não há ninguém para assumir o GYM. Respondeu a pessoa que estava na porta do GYM.
Drake desistiu de brigar e saiu sem falar nada. Os outros foram atrás dele. Depois de algum tempo Erik começou a falar:
- A policial Jenny disse que a Equipe Force fugiu em direção à floresta no caminho para Faitu. Já é a segunda vez que eles criam confusão perto da gente. Eu gostaria de derrotá-los para que eles parassem com essa sede por pokemons raros.
- Como se você também não tivesse sede por pokemons raros, né? Alfinetou Clara.
- Mas eu os capturo de uma maneira correta. E muito bem por falar nisso. Respondeu Erik.
- Você tem é sorte! Clara disse.
- Então vamos fazer o seguinte, vamos ver quem vai capturar mais pokemons em dois dias, ok? Assim veremos quem é melhor. Desafiou Erik.
- Fechado. Concordou Clara, ela tinha chegado à conclusão de que precisava de mais pokemons se quisesse vencer algum Contest.
- Alguém mais está dentro? Perguntou Erik para os outros.
Nenhum dos outros três queria participar nessa guerra entre Clara e Erik. Os dois não paravam de disputar em nada. O orgulho deles era muito grande.
- Alguém tem algum lugar em mente para o qual podemos seguir viagem? Perguntou Karina.
- Eu quero alguma cidade com GYM! Pode ser qualquer uma. Vou perguntar para a enfermeira Joy qual seria a mais perto. Disse Drake.
Drake saiu enquanto os outros encontraram com a policial Jenny.
- Ei Jenny! Conseguiu achar a Equipe Force? Perguntou Rodrigo.
- Ainda não. Não posso sair da cidade por agora. A confusão de ontem me deu muito trabalho. Não tenho tempo para ficar vagando pela floresta a procura deles.
Nesse instante Drake voltou e disse:
- Pessoal! Vamos para Faitu. Lembrei-me que o Bugsy disse que lá tem um ginásio. Pokemons insetos não serão tão difíceis. A Joy disse que é só atravessar a floresta que não é muito grande. E terá um Contest por lá também daqui uma semana, assim eu e Clara teremos o que fazer por lá.
Todos concordaram em ir para Faitu. Clara estava mais decidida ainda em capturar pokemons e aumentar suas táticas para vencer o próximo Contest.
- Se vocês forem mesmo para a floresta gostaria de pedir um favor. Falou Jenny.
- Pode pedir qualquer coisa Jenny. Falou Rodrigo.
- Vou entregar a vocês esse celular. Se vocês virem algum sinal da Equipe Force, por favor, me chamem e eu irei até onde vocês estiverem para prendê-los.
- Ok. Faremos isso. Disse Rodrigo pegando o celular.
Karina foi então terminar de guardar as suas coisas para a viagem quando percebeu que faltava uma coisa.
- Gente! Preciso ir até a loja comprar algumas poções. As minhas acabaram. Alguém que ir comigo?
Rodrigo e Drake recusaram. Mas Clara e Erik disseram que iam para comprar pokebolas, pois os dois iam capturar muitos pokemons.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

- Drake quais pokemons você usará contra o GYM de inseto? Perguntou Rodrigo, enquanto eles esperavam os outros.
- A Ledian com certeza. Ela tem dupla vantagem devido a seu tipo voador e sua resistência contra golpes insetos. E devo continuar com o Squirtle e Cubone, já que eles são os mais experientes. Respondeu o garoto.
- Vou te dar uma dica. Você não pode pensar apenas no tipo principal do ginásio. Você tem que pensar na fraqueza do seu time também. Cubone e Squirtle têm fraqueza ao tipo planta e pokemons insetos podem ter golpes planta. Portanto, acho que seria bom você treinar seu Sableye também se precisar diversificar na hora.
- Hum... De qualquer forma seria bom mesmo ter os quatro à minha disposição. Nunca se sabe o que posso enfrentar. Obrigado pela dica. Por que você pensou nisso? Perguntou de volta Drake.
- Quando eu enfrentei o Bugsy, primeiramente eu tinha pensado em usar o meu Tropius devido à vantagem do tipo voador. Mas depois que meu Delibird e meu Voltorb estavam fora, percebi que contra o último Pokémon dele, uma Beedril o meu Shuppet seria melhor. Rodrigo respondeu.
- Você tem um Shuppet? Não sabia. Disse Drake.
- Tenho sim. Nunca o usei na sua frente. Mas gosto bastante dele. Depois te mostro os vários golpes que ele possui. Pode te ajudar com o Sableye inclusive. Os dois são do tipo fantasma.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os três chegaram à loja. Erik se separou das duas e foi procurar o que queria. Clara pediu ajuda a Karina, pois não sabia o que devia comprar.
- Agora você escolhe as pokebolas que você quiser enquanto eu pego alguns ingredientes para a comida do Grimer. Que é bem diferente do normal. Falou Karina.
- OK. Qual pokebola escolher? Pensou Clara.
- Precisa de ajuda? Perguntou Erik.
- Não. Eu me viro sozinha. Disse Clara tentando se mostrar uma boa treinadora.
Erik pegou as que ele queria e saiu. Clara não sabia quais pegar. Decidiu comprar apenas Great Balls para facilitar.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O grupo se reuniu e então foi rumo à floresta. Na entrada, Drake pediu para Clara e Erik:
- Por favor, não briguem por pokemons, ok?
- Tudo bem. Disseram os dois.
Eles caminharam um pouco quando encontraram um Seedot. Erik e Clara se olharam para ver quem ia querer o Pokémon.
- Façam assim: tentem atrair a atenção dele. Quem o Seedot escolher terá a chance de capturá-lo primeiro.
- Ok. Disse Erik.
Clara então agachou e começou a disser:
- Seedot! Você é tão bonitinho sabia? Deixe-me batalhar com você? Quais são os seus golpes? Você ia ser demais em um Contest...
Erik pegou uma pokebola e disse:
- Oddish, Sweet Scent.
Seedot então começou a andar em direção ao Oddish.
- Agora Acid.
O golpe acertou em cheio. Seedot não esperava por aquilo, mal teve tempo de responder: uma pokebola bateu nele. Erik então começou na frente, capturando o Seedot.
- Você tirou a sorte grande com esse Oddish em Erik? Falou Karina.
- Com ele capturar é muito mais fácil. Disse o garoto, que olhando ao redor viu que Clara tinha mudado de direção e seguido sozinha.
Erik então continuou com os outros.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

- Vai Teddiursa. Vamos nos esconder e esperar algum Pokémon forte passar por aqui. Disse Clara.
Um barulho então veio pela esquerda e Clara viu um Pokemon vermelho se aproximando.
- Ao combate Teddiursa.
- Teddi! Teddi! Falou o Pokémon.
Um Scizor então se revelou. Ele encarou Clara e aceitou o desafio. O Pokémon selvagem foi mais rápido e iniciou com um Metal Claw que feriu Teddiursa bastante.
- Revide com um Hidden Power.
Teddiursa lançou o golpe. Mas um X-Scissor do Scizor parou as bolas e ainda derrotou o Pokémon de Clara. Scizor foi embora.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Drake ficou impressionado com o Pokémon que o Sweet Scent de Oddish tinha atraído. Era um Bulbassaur.
- Eevee essa é com você. Inicie com um Quick Attack e tome cuidado com o Vine Whip do Bulbassaur.
Eevee então acertou em cheio e ainda fugiu da investida que Bulbassaur tentou. Um Hidden Power acertou o Pokémon de planta em seguida. Bulbassaur acertou o Vine Whip na segunda vez, mas Eevee continuou na batalha.
- Hidden Power mais uma vez.
Bulbassaur recuou demonstrando fraqueza depois que recebeu o golpe.
- Para uma hora dessas, vai UltraBall!
- Você tem Ultraballs, elas devem ser caras. Disse Drake.
- Só tenho mais uma agora. Meu pai me deu enquanto estava em casa. Eu tentei comprar mais, só que nenhuma das cidades que passamos tinha Ultraballs. Respondeu Erik enquanto esperava o resultado da captura.
- Parabéns. Disse Karina quando a pokebola parou de piscar e foi para Falks.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

- Igglybuff, agora é só com você. Temos que capturar muitos pokemons, ok?
O Pokémon rosa então fez uma cara de concentrado e começou a andar. Um Surskit apareceu. Igglybuff se encheu, preparando-se para a batalha.
- Rollout para acabarmos com isso rápido.
O golpe foi mais forte do que Clara esperava. Igglybuff era um Pokémon decidido e determinado. Entretanto, Surskit pulou e desviou do golpe. Igglybuff bateu direito em uma árvore. Com o impacto, vários Cartepies, Cacunas e Silcoons caíram no chão. Outro Pokémon então olhou por trás da árvore para ver o que estava acontecendo.
- Esqueça o Surskit. Eu quero aquele ali Igglybuff. Um Venonat.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

- Vamos descansar aqui na beira do lago? Propôs Rodrigo.
Os outros concordaram. Erik então chamou o Oddish e usou o Sweet Scent mais uma vez.
- Vamos ver o que aparece dessa vez. Falou Drake.
- Tem um Ratata por ali e naquele lado um Lombre e um Budew estão observando Oddish. Apontou Karina.
- Sleep Powder nos dois daquele lado. Ordenou Erik.
Os dois pokemons silvestres adormeceram.
- Pokebola vai. Lançou Erik capturando o Budew e disse: Um desses é muito fácil de capturar, devido ao seu baixo level. Agora Oddish, Acid no Lombre.
Lombre continuava a dormir mesmo recebendo diversos Acids do Oddish, capturá-lo foi ainda mais fácil do que a Budew para Erik. Os dois foram mandados para Falks.
- Quando ele quer, ele captura qualquer Pokémon. Disse Rodrigo para Drake.
- Não é a toa que ele se denomina capturador de Pokémon. Respondeu o garoto.
- Esse é o quarto. Minha meta é mais de cinco! Falta pouco Oddish. Disse Erik alto.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

- Igglybuff corre atrás dele! Use o Rollout para chegar até ele. Disse Clara percebendo que o Venonat estava fugindo.
A coordenadora e seu Pokémon começaram a perseguir o Pokémon que só fugia. Igglybuff começou a ficar cansada quando elas conseguiram cercá-la na beira de um lago.
- Rollout no Venonat! Ordenou ela.
Igglybuff começou a atacar o oponente. Mas Venonat não respondia. Igglybuff acertou um golpe e Clara afobada lançou uma pokebola. Venonat conseguiu sair dela e começou a correr em volta do lago. Eles então passaram perto de onde estavam Erik e os outros, que começaram a observar a perseguição da menina.
- Ela está tentando pegar um Venonat. Disse Karina.
- Calma. Não é um Venonat normal. Ele é shiny! Veja os olhos dele são azuis. Detectou Rodrigo.
- Vamos ver se ela vai conseguir. Levantou Drake.
Clara cercou Venonat e finalmente conseguiu a atenção dele usando um Charm de Igglybuff.
O Pokémon aceitou finalmente batalhar com ela.
- Continue com o Rollout. Disse ela para o exausto Igglybuff.
Venonat desviou e usou o Tackle, acertando o Igglybuff, que quase não conseguia se levantar direito.
- Vamos Igglybuff! Só mais um pouco. Incentivou a treinadora o seu ultimo Pokémon, era ultima chance de pegar o Venonat. Igglybuff se encheu novamente com determinação e ficando parecendo um balão.
- Sing! Continuou Clara.
Venonat adormeceu. Clara ficou com medo de lançar a pokebola muita cedo e então lançou o Rollout mais uma vez. Igglybuff acertou o Pokémon mais três vezes. E, na hora que Clara ia lançar a GreatBall que ela comprou, Erik disse:
- Use essa!
Erik atirou um pokebola diferente para Clara. A garota entendeu que ele queria ajudar e aproveitou a oportunidade. Venonat começou a acordar quando a pokebola o acertou. Uma teia então saiu da pokebola antes de aprisionar o Pokémon.
- É agora ou nunca! Disse a coordenadora.
Venonat tinha agora uma treinadora. A pokebola conseguiu capturá-lo depois de tremer várias vezes. Erik se aproximou e disse:
- Se você tivesse deixado eu te ajudar na loja, você saberia que essa pokebola é a NetBall, usada para capturar Pokémons insetos e aquáticos. Triplicando a chance de captura! Agora em diante você não precisa disputar comigo. Nós somos amigos, eu tenho que te ajudar. Chega de competição, tudo bem?
- Ok ok! Eu fui boba de querer tentar me mostrar melhor do que você. Obrigada pela ajuda. Respondeu a garota sorrindo.
- Por nada. Mas só para você saber eu já capturei 4 pokemons! Provocou Erik, que caiu na risada logo depois.
- Mas nenhum deles era shiny, aposto! Rebateu Clara rindo e entendendo que era apenas brincadeira.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
013 - Ladrões Na Escuridão!

Depois que Clara mostrou o seu novo Pokémon para todos, o grupo armou o acampamento para passar a noite. Eles jantaram e então Drake disse:
- Estou pensando em ir treinar meu Sableye. Alguém quer me acompanhar?
Clara pensou em ir treinar, já que precisava melhorar suas táticas de batalha, mas lembrou que seus pokemons estavam exaustos por causa das batalhas do dia e desistiu. Rodrigo e Karina não disseram nada. Só Erik decidiu se juntar a Drake. Os dois então saíram de perto do acampamento para não atrapalhar o descanso dos outros.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Larissa olhou de novo no binóculo e confirmou a sua suspeita. Imediatamente ela ligou para Daniel e disse:
- Daniel, aquele grupo que nós encontramos tanto em Giuto como em Hiluba está aqui na floresta. Talvez eles tenham vindo nos procurar. Tome cuidado, não revele nosso esconderijo.
- Entendido Larissa. Talvez possamos aproveitar para roubar o que queremos deles. Eu vou com o Stunky até lá e ver o que posso fazer. Falamos-nos depois.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

- Vai Sableye!
- Vai Cacnea!
Os dois então começaram a treinar a evasiva dos pokemons. Sableye aproveitava a escuridão para se esconder mais facilmente.
- Sableye use o Scratch várias vezes. Falou Drake.
- Drake isso é um Fury Swipes, um novo golpe. Falou Erik.
Drake confirmou na pokedex. Além disso, Sableye sabia usar o Astonish também que junto do Night Shade e do Foresight completavam os seus golpes.
- Cacnea, Poison Sting!
- Desvie Sableye.
O Pokémon noturno saiu do caminho das agulhas que foram atingir um arbusto que não estava muito longe. Um Pokémon saiu bravo por ter sido atingido pelas agulhas com veneno. Era um Houndoor.
- Vamos tirar na sorte? Disse Erik.
Drake aceitou e perdeu. Erik sempre tinha sorte. Ele retornou Cacnea e mandou o Horsea.
- Use o Water Gun.
Houndoor lançou um Ember, entretanto, não foi suficiente para deter o jato de água. Houndoor recebeu o golpe, cambaleou para o lado e não teve tempo de reagir.
- Vai DuskBall.
A pokebola balançou várias vezes, mas Houndoor cedeu. Erik então tinha mais um Pokémon.
- Achei que dessa ela ia fugir. Falou Drake.
- Eu também. Deveria ter atacado mais. Seria mais garantido.
- É mesmo.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

- Vai Stunky. Use o Thief para achar algum item valioso daqueles meninos e traga-o aqui. Disse Daniel.
O Stunky então entrou sorrateiramente no acampamento e cheirou cada mochila, encontrando algo interessante na de Karina. Ele pegou o item, mas, quando estava saindo, o Shuppet de Rodrigo percebeu a presença dele e saiu da pokebola, acordando seu treinador. Shuppet devido a sua habilidade Frisk conseguia ver o item que o outro Pokémon tem e por isso viu que Stunky roubou algo de Karina.
- Ei! Pare com isso! Saiu Rodrigo gritando atrás do Stunky. Clara e Karina acordaram com o grito. Imediatamente elas agiram:
- Vai Porygon!
- Venonat preciso da sua ajuda.
As meninas chamaram os seus pokemons para deter o Stunky. Eles perceberam que o Pokémon tinha roubado o fóssil de Karina.
- Já que é assim, vai Masquerain! Larissa me ajude aqui. Disse Daniel se revelando para os garotos.
- Vai Farfecth`d. Falou Larissa.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

- Agora, vamos continuar o treino. Disse Erik, quando a pokebola de Houndoor foi para Falks.
- Vamos sim. Que tal um em dupla agora? Perguntou Drake.
- Tudo bem. É sempre bom inovar. Respondeu Erik.
Squirtle e Sableye contra Horsea e Eevee. Erik iniciou:
- Eevee: Quick Attack no Squirtle e Horsea use o Twister.
- Sableye proteja Squirtle do Quick Attack, Squirtle: Bubble no Eevee!
Sableye então recebeu o Quick Attack, que não faz efeito sobre ele. O Twister acertou os dois oponentes de Horsea, evitando que as bolhas de Squirtle acertassem o Eevee.
- Night Shade Sableye.
- Horsea Water Gun.
O Night Shade acertou e Horsea recebeu bastante dano devido ao seu alto level. O Water Gun errou o Sableye, mas foi em direção ao Squirtle.
- Use o Bubble para parar o jato de água! Falou Drake.
Entretanto, as bolhas não eram fortes o bastante para deter o ataque. Squirtle ficou ferido.
- Dig Eevee!
- Sableye impeça-o com o Astonish!
O Pokémon foi paralisado pelo golpe de Sableye. Drake aproveitou a oportunidade e ordenou:
- Força total Squirtle! Ataque o Eevee!
- Horsea pare o ataque com seu Water Gun.
As bolhas e o jato de água se encontraram. Squirtle fazia esforço para competir com Horsea, mas era difícil. Pelo menos, o Water Gun não o acertou dessa vez.
- Sableye, Fury Swipes no Horsea.
- Bubblebeam! Não o deixe aproximar. Falou Erik.
Sableye recebeu as bolhas diretamente e não resistiu. Para ser justo Erik recolheu seu Eevee e uma batalha entre pokemons aquáticos se formou.
- Squirtle vamos quebrar esse Water Gun pelo menos uma vez! Lance o máximo de bolhas possíveis. Disse Drake com confiança.
- Horsea mostre a eles o quanto você é forte. Water Gun!
Mais uma vez, as bolhas não conseguiram e o jato passou direto, acertando Squirtle. O Pokémon foi jogado para trás. Quando ele se levantou, entretanto, ele começou a usar o Water Gun também.
- Que dia hein? Novos golpes a todo o momento. Continue com o Water Gun, Squirtle! Disse Drake feliz com o esforço de seus pokemons.
- Quando os pokemons são novos eles aprendem golpes mais rápidos. Depois que eles adquirem um nível maior, normalmente, demora mais para aprender novos golpes. Explicou Erik.
Dessa vez foi um confronto de Water Guns. O de Horsea era maior e mais forte, mas não conseguia mais acertar Squirtle. O Pokémon de Drake ficou feliz em conseguir deter o oponente. Os dois, cansados de batalhar, começaram a treinar velocidade e mira dos pokemons então.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Eram 3 contra 3. Shuppet estava contra o Stunky. Masquerain e Farfecth`d contra Venonat e Porygon.
- Masquerain obedeça às ordens de Larissa. Eu vou cuidar desse fantasminha que está incomodando. Cuide dessas meninas Larissa. Daniel falou.
- Ok.
Shuppet usou o Shadow Sneak para derrubar o Stunky e retirar o item.
- Use o Thief nele Stunky! Falou Daniel.
- Revide com o Thunderbolt. Respondeu Rodrigo.
O Pokémon fantasma recebeu um grande dano do golpe noturno, mas o Thunderbolt paralisou o oponente.
- Termine com o Faint Attack. Disse Rodrigo.
Stunky perdeu o combate, enquanto Shuppet recuperou o item e o entregou para Rodrigo.
Nesse momento as garotas ainda batalhavam com Larissa:
- Vou derrotá-las e ainda vou levar esse seu Venonat de olhos brilhantes comigo! Masquerain, Silver Wind. Disse Larissa.
- Venonat se proteja e use o Supersonic.
- Porygon, Psybeam.
O Supersonic não acertou, mas o Psybeam sim. Masquerain não recebeu muito dano, mas ficou confuso. Parando de obedecer a ordens.
- Farfecth`d Peck! Masquerain recupere-se e use o Gust!
- Porygon proteja o Venonat do Peck e depois use o Recover. Clara seus golpes serão melhores do que o meu Psybeam. Eu te denfendo. Disse Karina.
- Ok. Atacar com o Tackle no Masquerain. Ordenou Clara.
Nessa hora Daniel mandou Larissa recuar para eles fugirem. A mulher então disse:
- Farfecth`d Whirlwind!
Os ladrões então desapareceram. Os garotos ligaram para a policial Jenny do celular. Minutos depois ela chegou ao local e disse:
- Nós vamos fechar a floresta para ver o que podemos encontrar. Vou levá-los de carro até Faitu, agora mesmo. Lá vocês poderão dormir no centro Pokémon.
Clara chamou Drake e Erik, explicou aos garotos o que havia acontecido:
- Se eu estivesse aqui, eles iam provar dos meus novos golpes! Com eles ganharei do GYM de Faitu facilmente! Falou Drake.
- Tome cuidado com o que fala! A líder pode surpreender. Avisou Rodrigo.
O grupo seguiu viagem para Faitu no carro da policia. No caminho Karina disse:
- Rodrigo, muito obrigado por salvar o meu fóssil. Ele vale bastante para mim! Obrigada mesmo.
- Não se preocupe. Respondeu ele.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Eles chegaram noite adentro em Faitu e foram direto dormir.
No outro dia, quando Drake acordou, ele já queria ir direto ao GYM. Entretanto esperou todos acordarem e percebeu que Clara não estava mais lá. A enfermeira Joy informou que ela pegou os pokemons e saiu bem cedo. Mesmo assim os quatro foram ao GYM. Quando chegaram descobriram que havia um desafiante que ia batalhar primeiro que Drake, o desafiante era Clara.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
014 - Entre Uma Árvore Enorme!

- O nome da garota que irá desafiar a líder antes de você é Clara. Disse o ajudante da líder Gilda.
- Será que é... Perguntou Drake aos outros.
Todos achavam que devia ser mesmo Clara. Eles estavam certos. A garota queria que seus pokemons ficassem mais fortes e melhorassem nas batalhas. Nada melhor do que batalhar com um líder de GYM.
Quando eles chegaram à sala de espera, Clara sorriu para eles e disse para o ajudante:
- Agora podemos começar meus amigos já chegaram.
- Você estava esperando agente chegar? Perguntou Karina.
- Claro que sim! Quero que vocês torçam por mim. Não queria contar para vocês antes para fazer isso do meu jeito. E será bom para Drake estudar seu oponente antes de batalhar com ele. Respondeu a menina.
- Ela está certa Drake. Observe as táticas de Gilda. Isso poderá ajudar. Comentou Rodrigo, enquanto o grupo se dirigia para a arena de batalha.
O grupo então entrou em um enorme bosque e continuou seguindo a trilha que o ajudante indicou. Eles então chegaram a um campo aberto com uma árvore enorme no meio. A árvore parecia ser bem velha e mostrava sinais de ter recebido pancadas e golpes. A mais ou menos 1 metro do chão havia um buraco pelo qual podia passar um Pokémon de pequena estatura. A líder estava regando às plantas, ao seu lado estava um Psyduck, usando seu Water Gun para ajudar Gilda.
- Olá! Bom Dia! Um de vocês deve ser o desafiante de hoje, certo? Falou a líder com um sorriso no rosto.
- Na verdade, somos dois. Disse Clara apontando para si mesma e Drake.
- Ops! Eu não gosto de fazer mais de uma batalha por dia não. Um de vocês terá que esperar até amanhã, tudo bem?
O Psyduck parou de regar as plantas e começou a examinar o grupo. Drake deixou Clara batalhar primeiro para conseguir analisar as táticas de Gilda. O sol estava bem forte aquela manhã e, exceto na parte embaixo da árvore, tudo estava muito bem iluminado. Gilda tomou sua posição e as regras foram estabelecidas em batalhas simples com direito a três pokemons cada. A líder inicou com um Shuckle.
- Igglybuff esse é com você. Prepare-se.
O Pokémon então entrou com a confiança de sempre, enquanto o Shuckle parecia calmo e despreocupado. Nesse momento o Psyduck sentou ao lado dos outros que estavam assistindo a partida. Clara iniciou:
- Charm!
- Shuckle Withdraw! Disse a líder. Entretanto foi tarde demais. O Pokémon estava fascinado com a tática de Igglybuff e não obedeceu a sua treinadora.
- Aproveite e inicie o Rollout!
- Bide Shuckle!
O Pokémon saiu rolando para cima do oponente. Na hora que os dois se chocaram Shuckle nem se moveu. Devido ao peso do seu casco, Igglybuff não conseguiu tira-lo do lugar, retornando e tentando usar o Rollout mais uma vez.
- Força total! Ordenou Clara.
O rollout estava ficando mais forte, da segunda vez ele conseguiu fazer com que o casco do Pokémon inseto rodasse ao bater de lado. Entretanto Shuckle revidou com o golpe Bide, liberando a energia que recebeu nos últimos dois turnos. Igglybuff perdeu a seqüência do rollout e foi jogada longe com o grande impacto que recebeu.
- Shuckle hora de descanso! Use o Rest! Disse a líder, que sentou no chão depois de ordenar.
Clara achou que ela tinha perdido o interesse na batalha. Entretanto Gilda disse, fechando os olhos:
- O treinador tem que dar o tempo necessário ao seu Pokémon para ele se recuperar. Não tenho o que fazer enquanto ele não acordar. Então procuro descansar e não me agoniar com os seus movimentos.
- Igglybuff é a nossa hora, concentração. Gritou Clara.
Igglybuff inchou como sempre fazia. Os seus pequenos olhos pareciam mirar em Shuckle.
- Rollout! Mas dessa vez fique contornando a arvore em vez de ir e voltar!
Dessa forma Igglybuff não perdia o impulso e continuava em apenas um caminho, sem ter que reduzir a velocidade e voltar. A sua velocidade só aumentava. Acertou o oponente três vezes, até que Gilda abriu os olhos e seu Pokémon começou a retornar para a batalha. Igglybuff não conseguiu manter o golpe, estava muito ferida. Clara então pensou em algo diferente:
- Já que você gosta de dormir. Igglybuff Sing!
- Shuckle Withdraw! Ordenou a líder. Entretanto, mesmo dentro do casco o Pokémon adormeceu.
O grupo na platéia comemorou. Drake levantou e gritou:
- Muito bem Clara agora é só terminar.
Nessa hora, Psyduck lançou um Water Gun na cara dele fazendo-o sentar novamente e parar de gritar. Drake não gostou do que ele fez.
- Psyduck tenha modos! Desculpe-me Drake, ele não gosta de me ver perdendo e se enfurece. Disse Gilda, enquanto Igglybuff já iniciava outro Rollout.
Finalmente, Shuckle não agüentou e não podia mais lutar. O psyduck na platéia olhou para Drake e os outros com uma cara de bravo. O próximo Pokémon de Gilda foi uma Spinarak. Clara iniciou rapidamente, evitando que Igglybuff recebesse dano:
- Sing mais uma vez!
A canção atingiu Spinarak, que se manteve na mesma posição e não parecia ser afetado. No lugar de Spinarak, Drake viu que o Psyduck tinha dormido e o cutucou. O Pokémon de água acordou assustado e lançou outro Water Gun em Drake. Rodrigo começou a rir do amigo. Drake então agiu:
- Saia Squirtle e fique de olho nesse Psyduck. Não deixe-o aprontar de novo.
Nesse momento, Clara pegou a sua pokeagenda e descobriu que a habilidade Insomnia prevenia o inseto de dormir. Gilda atacou:
- Poison Sting.
Antes de acertar o seu Pokémon, Clara o retornou. Ela sabia que ele não ia sustentar por mais muito tempo.
- Vai Teddiursa! Prepare o Hidden Power.
- Spinarak suba na árvore. Disse a líder.
O Pokémon então desapareceu entre as folhas. Teddiursa estava pronto para lançar o golpe, mas não tinha alvo. As bolas de energia acertaram alguns galhos e o tronco da árvore sem muito sucesso. Spinarak apareceu do outro lado da árvore e podia ser vista belo buraco no meio do tronco.
- Vá atrás dela, passando pelo buraco, e use o Lick! Disse Clara.
Karina disse então para Erik:
- Ela caiu na armadilha.
Nesse momento, Gilda disse:
- String Shot para prendê-lo.
Teddiursa não conseguia se mover. Ficou preso na teia bem dentro do buraco na árvore.
- Poison Sting seguido de Giga Drain. Falou Gilda.
- Use o Scratch para sair. Tentou Clara sem sucesso.
Teddiursa não resistiu. Nesse momento o Psyduck levantou e começou a bater as palmas, sem nenhum ritmo. Clara lançou o Venonat.
- Venonat vai pra cima dele!
Os olhos azuis do Pokémon brilharam enquanto ele começou a correr. Gilda ficou impressionada com a beleza do inseto. Retornando para seu Pokémon ela disse:
- Use o String Shot e prenda-o também.
- Venonat pare-o com o Disable.
Spinarak ficou sem poder usar o golpe. Nesse tempo Venonat se aproximou e aplicou um Tackle com toda força. Spinarak caiu da árvore, mas rapidamente se recompôs. Gilda disse e Clara retrucou:
- Night Shade!
- Confusion!
Ambos os golpes acertaram. Era um golpe psíquico contra um fantasma. Devido ao seu tipo venenoso Spinarak recebeu mais dano e não conseguiu se manter em pé. A líder o recolheu ao mesmo tempo em que Psyduck fechou a cara novamente. Squirtle deu uma risada provocando o Pokémon. Gilda piscou para Psyduck e disse:
- Vai Parasect. Use o Sleep Powder.
- Venonat Disable!
O Pokémon de Clara não conseguiu realizar o golpe perfeitamente e falhou caindo no sono.
- O Parasect é do tipo planta, perigoso contra os seus pokemons Drake. Falou Rodrigo.
- E a Spinarak também possui um golpe planta, o Giga Drain. Acho que o Cubone não vai lutar não. Ele não conseguirá atacar nenhum Pokémon que se esconda na copa da árvore. Seu osso não será suficiente. Disse Drake.
Parasect então usou o Giga Drain também, reduzindo a energia de Venonat.
- Acorde Venonat vamos! Mas foi ineficaz, o Pokémon continuava dormindo.
- Termine com o Body Slam! Falou a líder.
Clara perdeu mais um Pokémon e só lhe faltava o Igglybuff. O pequeno retornou ao campo. Ainda estava cansado das duas batalhas anteriores. Enquanto isso Psyduck levantou e começou a gritar: PSY – DUCK! PSY – DUCK! Drake e Squirtle começaram a se irritar.
- Mais uma vez o Rollout.
- Resista Parasect.
Parasect ao receber o golpe moveu-se menos do que Shuckle. O seu peso e as suas patas presas na terra evitavam que o impacto fosse grande. Clara então percebeu que por mais que tentasse o Rollout não seria uma boa opção.
- Agora que ele está perto use o Sleep Powder.
Dessa vez o ataque falhou. Clara aproveitou que Igglybuff estava perto e disse:
- Use sua força contra ele da maneira que der.
Um grande tapa acertou o casco do inseto. Igglybuff tinha usado o Pound. Um golpe que Clara não tinha conhecimento. Parasect sentiu o poder mais resistiu.
- Revide com o Body Slam. Gilda disse.
O ataque derrubou Igglybuff longe. Ela não conseguia mais lutar. O Psyduck parou de torcer, olhou para Drake e Squirtle e caiu na gargalhada. O sangue de Drake foi à cabeça. Squirtle repentinamente lançou um Water Gun no Psyduck. Os dois se encararam e o clima ficou tenso. Depois de recolher o Parasect, Gilda segurou o seu outro Pokémon para evitar uma luta contra Drake.
- Desculpe-me por isso. Ele é muito atrevido. Disse a líder, cumprimentado Clara pela batalha e saindo.
- Foi uma ótima batalha. Pena que não foi o suficiente. Falou Erik.
- Eu não tinha muitas esperanças de ganhar. Queria testar as minhas habilidades de batalha. Agora eu percebi o quanto preciso treinar. Fui muito boba ao cair na armadilha do Spinarak. Essa batalha me deu fôlego para melhorar. Em alguns dois dias será o contest. Ainda tenho tempo de treinar mais um pouco. Disse a garota rindo.
Momentos depois, o ajudante da líder informou Drake que a batalha dele seria no outro dia durante a manhã. Todos então voltaram para o centro Pokémon.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

No centro Pokémon Erik informou aos outros que tinha conversado com seu pai e que ele tinha mandado um abraço para todos. Além disso, ele depositou o Oddish e o Seedot, trazendo para a sua companhia o recém-capturado Houndoor.
- Karina você vai participar desse contest também? Perguntou Clara.
- Não. O último do qual participamos foi há pouco tempo atrás. Não tive tempo de bolar nada tão rápido. Por falar em contest, o campeão do último, aquele garoto com seu Mudkip, está aqui também. Respondeu a garota.
Clara foi então falar com ele, enquanto os outros foram comer alguma coisa.
- Ei! Eu sou Clara! Eu te vi no Contest de Hiluba. Você esteve ótimo. Queria ter o tanto de diferentes golpes que você tem a disposição. Seu Loudred, pelo o que me lembro, fez uma luta e tanto.
- Ah! Eu me lembro de você. A garota do Teddiursa. Meu nome é Cássio. Obrigado pelos elogios, mas eu procuro sempre fazer meus pokemons aprenderem novos golpes com os treinadores que eu fico conhecendo. Disse o garoto.
- É uma boa tática. Pena que eu não conheço muitos treinadores fortes que possam me ensinar novos golpes. Falou Clara.
- Não se preocupe. Com o tempo eles vão aparecendo no seu caminho. Agora me de licença, tenho que resolver uns assuntos. Disse o garoto saindo com seu Mudkip ao seu lado.
- Claro. Nos vemos depois.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
015 - Batalha Aquática no Ginásio Inseto?

- Karina, você pode treinar comigo esta tarde? Perguntou Clara.
- Claro que posso. Grimer precisa de um pouco de treinamento. Respondeu a garota.
- Drake, enquanto isso, acho que você deveria ir ao centro Pokémon e ter certeza de que todos os seus pokemons estão bem. Se quiser eu te acompanho e te ajudo na montagem da estratégia pelo caminho. Disse Rodrigo.
- Eu vou com vocês. Quero assistir o noticiário Pokémon. Meu pai disse que vai aparecer nele hoje. Falou Erik.
Os garotos saíram do restaurante em que almoçaram e foram para o centro Pokémon. As meninas seguiram em direção ao campo aberto para pequenas batalhas, perto da praça principal da cidade.
- Karina, você não poderia me ajudar com novos golpes? Perguntou Clara.
- Infelizmente, nenhum dos meus pokemons sabe golpes de tutores. Mas posso te ajudar na apresentação do contest. Quem você está pensando em usar? Karina respondeu.
- Queria usar o Venonat. A sua cor diferente vai impressionar, mas não sei como combinar seus golpes.
- Vejamos, talvez eu tenha uma solução, quem sabe se você usar o ...
As duas foram discutindo enquanto caminhavam até o campo.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Ao chegarem no centro Pokémon, Drake cuidou dos seus e Erik foi ver o noticiário. Depois de um tempo eles se reuniram novamente:
- Como foi a entrevista de seu pai? Perguntou Rodrigo para Erik.
- Foi ótima. Ele e alguns líderes de GYM irão iniciar um projeto por toda Menaco. Como por aqui não existem pesquisadores que incentivam novos treinadores a iniciarem a jornada, eles farão isso. Cada um na sua cidade irá presentear os garotos de 10 anos com um Pokémon. Meu pai fornecerá Ralts, Happiny e Shellos. Cada cidade terá diferentes pokemons, mas eles serão dados única e exclusivamente para novos treinadores. Phillipe ajudará no processo após o seu retorno ao ginásio e Gilda também participará.
- Que legal! Pena que não tenho mais 10 anos. Mas tive a sorte de receber um Pokémon diretamente do professor Carvalho. Mudando de assunto, para onde iremos depois daqui? Falou Drake.
- No documentário apareceram dois irmãos que são líderes de GYM, das cidades Upper e Downer. Tipos gelo e água. Talvez fosse interessante já ter duas batalhas em mente. Erik respondeu.
- É mas antes disso preocupe-se com a batalha de amanhã! Rodrigo interrompeu a conversa.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Cássio estava passeando para passar o tempo quando ouviu um barulho curioso. Seu Mudkip ficou inquieto. Ele decidiu procurar. Ele então encontrou Clara e uma amiga, com um Igglybuff e um Venonat.
- Perfeito Clara. Assim você conseguirá passar da primeira fase se tudo der certo. Falou Karina.
- Então eram vocês que estavam produzindo esse barulho? Perguntou Cássio às garotas.
- Oi Cássio! Sim, estou treinando para o contest. O barulho incomodou? Disse Clara.
- Eh... não incomodou não. Fiquei só curioso. Disse ele.
Nesse momento o Loudred saiu da pokebola.
- Ahhhhh! Loudred eu já te falei que você não pode ficar saindo repentinamente não. Retorne.
O Pokémon não retornou e ainda lançou um Uproar em seu treinador. Igglybuff se assustou e achou aquele golpe bem curioso. Ela chegou perto do Loudred e tentou imitá-lo. Mas o som que saiu foi algo com uma mistura de gritos e o golpe Sing, não foi muito bom.
- Vai Jolteon. Thunder Wave no Loudred. Ordenou Cássio.
Loudred ficou paralisado e nesse momento Cássio conseguiu fazê-lo retornar e disse:
- Desde que ele evoluiu de Whismur, ele não gosta de ficar na pokebola e faz de tudo para não retornar. Só consigo retorná-lo quando ele está paralisado. Ai, ai... Ele é difícil. Jolteon obrigado pela ajuda e retorne. Quanto ao seu Igglybuff, parece que ele leva jeito para o Uproar.
- O Igglybuff sempre teve facilidade de aprender golpes sozinhos. Quando eu o capturei ele já sabia o Rollout. Você não poderia me ajudar a fazê-lo aprender esse golpe? Clara perguntou.
- Claro. Vamos ver o que faremos...
Eles passaram a tarde inteira tentando ajustar o golpe com o Igglybuff. Mas o golpe ainda não saia certo todas às vezes.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Drake já estava em pé quando o sol nasceu. Ele acordou a todos e foram rapidamente para o ginásio.
- Bom dia jovens treinadores. O sol está tão bonito, vocês não acham? Meu Cherrim está tão feliz hoje.
- Está bonito mesmo. Um dia para a vitória. Disse Drake.
- Vamos começar? Falou a líder.
- Claro. Respondeu confiante o desafiante.
A líder começou com o Parasect, surpreendendo Drake que ia iniciar com o Squirtle. Percebendo a sua desvantagem, ele chamou a Ledian.
- Boa escolha. Parasect, Body Slam.
O Pokémon da líder se movia mais rápido do que era imaginável. O ataque não acertou Ledian por um triz.
- Revide com o Comet Punch. Ordenou Drake.
Os socos foram acertando, um após o outro. Quatro deles atingiram. Entretanto, nesse momento Parasect com sua habilidade fez Ledian dormir.
- Drake você deveria saber que os esporos do Parasect são perigosos. Use o Body Slam novamente. Falou a líder.
Ledian recebeu o golpe uma vez e acordou.
- A habilidade da Ledian já ajudou Drake várias vezes. Constatou Erik.
- Mas ele vai precisar mais do que isso para vencer o Parasect. Disse Rodrigo.
Ledian se afastou do oponente quando recebeu a ordem:
- Supersonic!
O Pokémon da líder entrou em confusão e começou a se debater.
- Ledian, Mach Punch. Disse Drake.
Gilda tentou concentrar seu Pokémon. Mas ainda era inútil. O golpe de Ledian acertou em cheio. Quando parecia que o Pokémon ia retornar ao seu estado normal, Drake disse:
- Comet Punch Ledian. Forca total!
Parasect recebeu um, dois e no terceiro soco desfaleceu. Não podia mais lutar. O Psyduck então apareceu e ficou bravo com a perda de sua treinadora. Shuckle entrou na partida.
- Agora é defensiva, Withdraw!
- Ledian continue com Comet Punch.
O casco do Shuckle era bem forte e resistiu aos golpes. A líder então disse:
- Use o Rock Tomb!
- Desvie Ledian.
Devido a sua fraqueza quanto aos tipos pedra, Ledian perdeu a partida. Psyduck começou a tirar sarro da cara de Drake novamente, mas esse parecia não prestar atenção. Sableye foi chamado.
- Shuckle, Rock Tomb mais uma vez.
- Sableye cuidado.
O Pokémon fantasma recebeu as pedras e não conseguia se mover direito. Gilda, sentada no chão, mandou o seu Pokémon usar o Rest.
- Sableye é a nossa oportunidade. Use o Fury Swipes.
Os golpes pareciam não ter muito efeito. Mas Drake insistia.
- Shuckle, agora use o Rock Tomb de novo. Ordenou Gilda quando seu Pokémon acordou.
- Sableye tente desviar e use o Night Shade. Disse Drake em vão. O golpe acertou de novo, Sableye não era muito ágil.
Após se livrar das pedras, Sableye ainda usou o Night Shade de maneira eficaz. Mas logo depois não conseguiu se manter em pé e entregou a luta. Drake agradeceu o Pokémon e o retornou. O Psyduck explodiu de alegria e estava rindo muito. Quando Squirtle entrou em campo ele usou um Water Gun para calar a boca do outro Pokémon de água. Psyduck ficou bravo.
- Shuckle use o Rest. Falou Gilda.
- Isso não será o bastante. Squirtle aproxime-se do Shuckle e use o Water Gun dentro do casco, o máximo que você conseguir.
No início Shuckle parecia resistir, mas Squirtle estava se esforçando muito e conseguiu derrotar o Pokémon de pedra.
- Muito bem Drake. Agora será um contra um. E não teria melhor Pokémon para usar a não ser o Psyduck. Ele quer esse honra.
Ninguém esperava por aquilo. Karina disse na platéia:
- Essa líder tem cada idéia maluca. Mas não deixa de ser inteligente.
Psyduck mostrava a sua concentração na batalha. Drake e Gilda disseram ao mesmo tempo:
- Water Gun!
Os jatos de água se chocaram, mas a forca do jato do Psyduck era maior.
- São anos regando as plantas todos os dias nesse ginásio. Ele não teria um jato d’água ruim.
Drake percebeu que não seria as técnicas aquáticas que o fariam ganhar. Ele partiu para o físico dizendo:
- Aproxime-se e use o Tackle.
Squirtle conseguiu chegar perto.
- Confusion nele! Disse Gilda.
O ataque psíquico lançou Squirtle longe, impedindo o contato físico. Drake não sabia o que fazer e então disse:
- Tente o Bubble.
- Defenda-se com o Water Gun, Psyduck.
Era inútil. As bolhas não conseguiam nem chegar perto do Psyduck. Gilda então disse:
- Infelizmente, tenho que terminar isso! Use o Confusion.
Antes de iniciar o ataque Psyduck começou a rir e pular, provocando Squirtle. O Pokémon de Drake estava fraco, mas mesmo assim se revigorou de energia com as provocações. Psyduck então se concentrou e atacou com o Confusion. Squirtle ficou envolvido com a energia e começou a ser erguido. Drake tentava incentivar o Pokémon que não conseguia se mexer. No momento final antes de ser lançado, Squirtle conseguiu erguer os braços e se livrar do Confusion. Psyduck se assustou, enquanto o outro Pokémon caia no chão.
- Valeu Squirtle. Agora é a hora da recuperação. Water... o que? Falou Drake.
Squirtle ao se levantar começou a sentir uma energia nova e um brilho surgiu a sua volta. Gilda começou a rir do destino, enquanto um Wartotle aparecia. Drake então disse com a felicidade estampada no rosto:
- Gilda e Psyduck isso é uma prova de como eu e meus pokemons somos unidos. Fazemos tudo um pelo outro e conseguimos o que queremos. Agora Wartotle, Water Gun.
Psyduck ainda estava atordoado com todos aqueles acontecimentos e recebeu o golpe sem revidar. Gilda chamou a atenção do Pokémon e ordenou:
- Vamos mudar de tática então, use o Fury Swipes.
- Wartotle, Bubble!
As bolhas atingiram Psyduck, mas ele continuou a correr para aplicar o golpe.
- Revide Wartotle!
O recém-evoluido então usou o novo golpe, Bite. Mordendo e jogando Psyduck para longe.
- Use o Water Gun. Completou Drake.
A velocidade de Wartotle também aumentou, ele foi em direção ao oponente lançando o jato de água. E, ao chegar perto, usou o Tackle.
- Você está muito rápido Wartotle! Boa emendada de golpes! Agora o Bite para finalizar.
- Não desista Psyduck! Confusion.
O Pokémon de Gilda não foi rápido o bastante para deter Wartotle. O Bite terminou a luta graças a Wartotle, Drake ganhou sua segunda insígnia. Nos momentos seguintes todos parabenizaram Drake e seu novo Pokémon. Gilda entregou a insígnia da Árvore para Drake e eles voltaram para o centro Pokémon.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

A tarde se passou sem grandes acontecimentos. Drake recuperou seus pokemons e ficou analisando a insígnia que tinha ganhado. Enquanto Clara se concentrava para o Contest e os outros cuidavam de seus pokemons.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

O Contest se iniciou no outro dia bem cedo. Clara parecia segura. Na sala de espera ela se encontrou com Cássio, mas não viu Pat em lugar algum. Ficou feliz em ver que a garota não ia participar, menos um oponente difícil. Cássio foi o primeiro a se apresentar.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
016 - Igglybuff e o Fervor da Batalha!

- Nesse momento para o palco, o coordenador Cássio! Disse a apresentadora do Contest. A platéia estava ansiosa pelo inicio das apresentações.
- Jolteon eletrizar!
Clara estava de olhos na apresentação dele. Ele tinha vencido o último contest em que ela estava.
- Use o Thunder Wave.
Ondas elétricas saíram do Pokémon e começaram a se expandir pela arena.
- Lance o Pin Missile na nuvem de eletricidade. Continuou Cássio.
Os espinhos ao se chocarem com as ondas elétricas pararam no ar e criaram uma corrente elétrica entre eles. Para terminar o coordenador ordenou:
- Iron Tail!
Os espinhos eletrizados voaram em todas as direções, como agulhas elétricas. A platéia aplaudiu e Cassio retornou para a sala de concentração. Muitos se apresentaram, mas dentre eles uma treinadora se destacou:
- Smoochum embeleze o palco!
- A coordenadora Adriana, filha da nossa querida líder de Ginásio, Gilda, entra no palco com sua Smoochum! Ela que já possui 3 fitas e tem a mania de dar nomes às suas apresentações. Diz a apresentadora.
- Vamos lá. Iniciar conjunto “Mente Refrescada”, Powder Snow para cima.
Smoochum começou a lançar neve para cima, como um chafariz.
- Detenha a neve com o Confusion!
A neve parou no ar, formando dois arcos que tinham como inicio o pequeno Pokémon rosa.
- Hora da concentração, Calm Mind.
O pequeno Pokémon fechou os olhos e ficou parado alguns instantes, mantendo a neve com seu golpe psíquico. Quando ele abriu os olhos, uma onda comfortante de enorme força começou a se espalhar, o ataque Confusion foi desfeito e a neve foi levada pelo Calm Mind. O ar que chegou até a platéia era calmo e frio. E o silencio surgiu no estádio, seguido de muitos aplausos.
No meio da platéia era possível escutar Gilda gritando e torcendo muito pela filha. Ao lado dela estava o Psyduck, pulando e gritando: PSY-DUCK, PSY-DUCK!

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Clara era a próxima e então encontrou com Adriana nos corredores.
- Parabéns pela apresentação, você é tão boa com os pokemons quanto a sua mãe.
- Obrigado. Não sei se vou poder dizer o mesmo que você. Disse Adriana esnobando Clara e continuando seu caminho.
Ignorando aquilo tudo Clara entrou na arena e disse:
- Venonat, hora de surpreender!
Quando a platéia viu aquele Pokémon de cor diferente, aplausos e mais aplausos surgiram.
- Use o Confusion!
Os olhos azuis do Pokémon começaram a brilhar. Todos estavam concentrados naquele pequeno Venonat.
- Agora, Supersonic.
A confusão havia afetado todo o palco, o Supersonic então se misturou com a onda psíquica e começou a fazer um barulho diferente.
- Que barulho é esse? Não é como música e também não incomoda como um simples Supersonic. É no mínimo engraçado. Disse a apresentadora.
Os juízes gostaram da inovação da apresentação. Uma combinação exótica. A enfermeira Joy mesmo disse: “Concursos não são apenas beleza, a criatividade conta muito!”

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

- Então esse era aquele barulho que eu escutei ontem, certo? Disse Cássio aproximando-se de Clara.
- Sim! Foi a única combinação que eu consegui com meu Venonat. Ela respondeu.
- Não vou mentir dizendo que foi das melhores que eu já vi. Mas foi criativo. A platéia gostou do fato dele ser Shine, você tem grandes chances de passar. Agora, eu nem tanto...
- Veremos isso agora, os resultados vão sair. Interrompeu Clara.
Dentre os classificados estavam os dois e Adriana também.
- Ei, eu espero te encontrar na final! Falou Clara.
- Digo o mesmo. Mas eu irei ganhar! Brincou Cássio.
- Veremos!
As batalhas iriam então começar. Cássio iria enfrentar Adriana.
- Jolteon, Eletrizar!
- Smoochum, embeleze o palco!
Drake, Rodrigo, Karina e Erik estavam na platéia. Karina, nesse momento, comentou:
- Cássio quer usar o Pin Missile dele na Smoochum.
- Ele tem uma boa vantagem na manga. Afirmou Drake.
- Mas conhecendo a mãe dela, agente pode saber que não será tão fácil.
Smoochum começou a partida com um Confusion.
- Jolteon, Thunder Wave. Contra atacou Cássio.
Os dois ataques acertaram. Cássio perdeu pontos e Smoochum ficou paralisada.
- Jolteon aproveite para usar o Iron Tail.
- Smoochum, Sing!
O ataque de Jolteon acertou em cheio e Smoochum não conseguiu usar o seu golpe. Os pontos de Adriana caíram tremendamente.
- Agora, Pin Missile com força total.
- Smoochum tente desviar, rápido!
O pequeno Pokémon rosa conseguiu pular a tempo de esquivar-se do ataque.
- É a nossa vez, use o Powder Snow para diminuir a velocidade dele.
A nuvem de neve foi diretamente em Jolteon. Enquanto, a poeira do ataque ainda bloqueava a visão, Cássio ordenou:
- Use o Shock Wave!
Drake, na platéia disse:
- Acabou para Adriana, o Shock Wave acerta todas as vezes.
No entanto, enquanto a poeira ia desaparecendo, parecia que Jolteon não se mexia. Cássio ordenou denovo, mas nem ao menos uma faísca foi produzida. A apresentadora nesse momento disse:
- Jolteon está congelado e não pode se mover! A sorte virou essa partida para Adriana. Só faltam 30 segundos e parece que o gelo não irá derreter a tempo.
- Smoochum a vitória é nossa, esse fracote não tem habilidade para sair do seu congelamento. Falou Adriana.
Adriana estava certa, depois dos 30 segundos Jolteon continuava congelado e perdeu a partida.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

- Igglybuff termine com o Rollout! Falou Clara.
- Gastly evaziva!
O Igglybuff então venceu a primeira partida para Clara. Na platéia Erik comentou:
- Que sorte a dela! Nenhum dos ataques fantasmas funciona contra o tipo normal do Igglybuff. Bastava ela continuar usando o Rollout que de qualquer maneira ela ganharia.
- Mas é mérito dela ter um ataque desses para essas situações. Imagine se ela só tivesse ataques normais. Ela também não atingiria o Gastly. Respondeu Rodrigo.
- Seria a batalha mais chata de todos os tempos. Quase tão ruim quanto um confronto de Metapods. Afirmou Drake.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Um treinador com seu Chingling era o segundo oponente de Clara. A garota queria muito vencer para ir até as finais e enfrentar Adriana, que venceu a segunda batalha contra um Raticate.
- Igglybuff, vamos acabar com isso rápido! Hora do Rollout.
- Chingling, Protect! Eu percebi que o Rollout era a sua principal técnica. Você terá que pensar em outra coisa para me vencer. Disse o oponente.
- Então vamos para o físico, use o Pound. Tentou Clara.
- Revide com o Wrap!
O ataque do Pokémon de Clara foi efetivo, mas o Wrap de Chingling prendeu o Igglybuff.
- Prenda com toda a força! Falou o treinador.
- Use o Sing para se soltar.
A canção de Igglybuff se espalhou pelo estádio. Chingling adormeceu.
- Igglybuff, inicie o Rollout.
- Acorde Chingling! Vamos...
Não podendo se defender o oponente recebeu vários ataques de Igglybuff enquanto adormecido e perdeu a batalha.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

- O momento da batalha final chegou! Adriana e seu Smoochum contra Clara e seu Igglybuff. Anunciou a apresentadora.
- Você não acha que pode ganhar de mim, acha? Eu sou veterana, tenho 3 fitas e sou filha de uma líder de GYM. Você vai perder para mim como perdeu para ela. Disse Adriana.
Na platéia era possível ouvir o Psyduck de Gilda torcendo por Adriana.
- Quanta arrogância. Meu Igglybuff vai te mostrar o que é merecer a vitória.
- Então veremos. Smoochum, Sing!
A canção do Pokémon ecoou pelo estádio e fez Igglybuff dormir.
- Agora é só atacar e terminar com ela assim como fizemos com o fracote do Jolteon. Falou Adriana rindo.
- Não se renda Igglybuff! Acorde.
Um Confusion do Smoochum lançou Igglybuff longe e o fez acordar. Clara já tinha perdido muitos pontos, enquanto Adriana ainda tinha total dos pontos.
- Agora é a nossa vez, use o Pound. Ordenou Clara.
- Evaziva Smoochum.
O pequeno Pokémon psíquico desviou do ataque de Clara. Adriana então disse:
- Vou ganhar sem levar nenhum dano. Esses ai não são páreo para nós. Uma pequena bola rosa sem utilidade. Use o Sing novamente.
Clara ficou com muita raiva do que Adriana disse e perdeu a concentração na batalha. Esqueceu de que precisava tentar desviar. Igglybuff também se encheu de raiva. Ele se inchou com muito ar e de repente lançou um grande Uproar, com todo o ar com o qual havia se enchido. O som parou o ataque de Smoochum. Clara também caiu na real de que tinha que se concentrar.
- Muito bem, Igglybuff! Você dominou o Uproar. Agora Rollout.
Erik na platéia falou:
- Ela devia ter usado esse ataque antes para deter o Sing!
- Acho que ela não sabe que o Uproar acaba com os efeitos desse ataque. Falou Rodrigo.
- Agora elas estão de igual para igual. Disse Karina.
O Igglybuff continuava a usar o Uproar enquanto Adriana ordenou:
- Confusion!
O barulho e a for’ca do golpe atrapalharam Smoochum que foi lançada e bateu diretamente na parede.
- Rollout!
O ataque de Igglybuff acertou duas vezes enquanto Smoochum não conseguia revidar, pela primeira vez os pontos de Clara estavam maiores que os de Adriana.
- Prepare-se Smoochum lá vem o Rollout novamente. Use o Powder Snow para diminuir a velodiade dele.
A neve então se chocou com Igglybuff impedindo que ela continuasse seu caminho até Smoochum. Os pontos de Clara começaram a diminuir. 15 segundos ainda restavam quando Igglybuff ultrapassou a neve e acertou o oponente.
- Emende com o Uproar!
- Contra ataque com o Confusion.
Esses foram os dois últimos ataques da partida e ambos acertaram seus oponentes.
- Tempo! E a vitória vai para...
Os dois pokemons ainda se encaravam como se fossem antigos rivais.
- ... Clara e seu Igglybuff por uma mínima diferença!
Adriana recolheu Smoochum e saiu sem demonstrar nenhum sentimento. Enquanto Clara abraçou o seu Pokémon.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Na cerimônia de premiação, Clara recebeu a sua primeira fita graças a Venonat e Igglybuff. O senhor Sukiso do fã clube Pokémon foi conversar com ela e disse:
- Notável! Principalmente o seu Venonat. A cor dos olhos dele é muito interessante. Amanhã haverá uma festa no fã clube aqui da cidade. Vá com seus amigos para que eu possa conhecer um pouco melhor desse diferente Pokémon. Além disso, amanhã será a estréia de um evento pelo qual acho que você se interessará. Nos falamos depois.
- Obrigado Sr. Sukiso será uma honra. Respondeu a garota.
Nesse instante os outros quatro chegaram e abraçaram Clara. Teddiursa também saiu da pokebola e comemorou com todos. Cássio também se aproximou e disse:
- Agora estamos quites. Uma fita cada um. Vamos ver quem passa na frente primeiro! Bela batalha e parabéns ao Igglybuff que dominou o Uproar.
- Graças a ele eu tive uma chance de virar a situação. Obrigado pela ajuda e da próxima tente cumprir sua promessa de chegar até as finais. Respondeu a vencedora.
Assim todos voltaram para o centro Pokémon e foram descansar para a festa do próximo dia. Bem de manhã, Clara recebe uma ligação de seu irmão.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
017 - Paixões de Colecionador

- Clara! Parabéns pela conquista. Eu vi tudo pela TV aqui do laboratório. Minha irmãzinha agora é uma vencedora de concursos. Achei que você ia usar o Teddiursa que eu te dei. Mas o Igglybuff também foi demais.
- Obrigado, Henrique! O Teddiursa está melhorando também, mas achei que o Igglybuff seria uma escolha melhor. Como está o trabalho no laboratório? Respondeu Clara para seu irmão.
- Está tudo ótimo. Já aprendi bastante, hoje mesmo estou observando um Weavile. Ele acabou de chegar aqui e está muito ferido e não está aceitando a nossa ajuda. Alguns minutos atrás, eu fui levar a comida dele e, se não fosse pelo Buizel e Grovyle ele tinha me atacado. Mas com o tempo ele vai melhorar tenho certeza.
- Tome cuidado irmão! Mas sei que o Buizel e o Grovyle sabem te defender. Eles estão bem? Perguntou a garota.
- Sim. Mas eu sinto falta dos meus outros pokemons também. Infelizmente, trabalhando aqui no laboratório não me sobra tempo para cuidar de mais do que 2 pokemons. Clara, agora eu tenho que ir. Chegou um Furret ferido aqui. Passe aqui no laboratório quando der! Até mais.
- Até mais irmão. Mantenha contato.
Drake que estava do lado de Clara enquanto ela falava com Henrique, disse:
- Seu irmão é um pesquisador?
- Sim, mas ele já foi um treinador como você. Ele disputou a liga Sinooh. Ele tem vários pokemons, alguns estão com o meu pai e, a maioria, com o professor Rowan. Respondeu a garota.
- Nossa que legal! Um dia eu queria conhecê-lo e quem sabe desafiá-lo para uma batalha.
- Então se prepare. Ele é um grande treinador.
Nesse momento os outros chegaram perto deles e Erik disse:
- Ei Clara, o Cássio estava atrás de você mais cedo.
- É mesmo? Então vou ver se encontro ele. Disse a garota saindo.
Karina aproveitou a pausa na conversa e então disse:
- Para onde vocês estão pensando em ir depois da festa?
- Eu e o Drake estamos querendo ir para as cidades de Upper e Downer. Elas ficam bem próximas uma da outra e possuem dois ginásios. Seriam dois ginásios a menos. Falou Rodrigo.
- Ah, sim. Acontece que meus pais me ligaram ontem. Eles pediram para mim passar em casa, pois tenho que entregar o Grimer e pegar novos pokemons. Disse Karina.
- Mas você não pode fazer essa transferência daqui do centro Pokémon mesmo não? Perguntou Erik.
- Posso, mas eles pediram para eu ir até lá porque um dos pokemons precisa de cuidados especiais. Não sei ao certo do que se trata. Então não continuarei com vocês. Mas queria saber para onde estão indo e assim eu posso alcançar vocês. Ela respondeu.
- Não se preocupe. Agente te fala para onde iremos! Disse Drake.
----------------------------------------------------------------------------------------------
- Cássio! Ei Cássio. Chamou Clara.
- Oi Clara! Estava atrás de você mais cedo. Queria saber se você sabe aonde será o próximo contest. Na lista oficial não aparece nada, apenas que será daqui a 2 semanas. O garoto falou.
- Não sei não. Estranho eles não divulgarem a data. Talvez seja uma surpresa. Hoje terá uma festa no fã clube Pokémon. O Sukiso estará lá, podemos perguntar para ele. Clara disse.
- Mas eu não fui convidado.
- Você vai comigo e meus amigos, ele falou que agente podia ir.
- Tudo bem. Encontro com vocês mais tarde. Disse o garoto saindo com seu Mudkip ao lado.
-----------------------------------------------------------------------------------------------
Todos estavam prontos para a festa quando Cássio se juntou a eles. No caminho eles foram conversando sobre pokemons. Erik então perguntou:
- Cássio, o que te fez decidir por evoluir seu Eevee para Jolteon?
- Olha, foi uma decisão difícil. Quando ele era apenas um Eevee os seus golpes não eram muito bons para concursos. Assim decidi evoluí-lo. Para Espeon e Umbreon eu teria que esperar, para Glaceon ou Leafeon eu teria que viajar até Sinooh. Então sobrou Vaporeon, Flareon e Jolteon. Como eu já tenho o Mudkip como Pokémon de água, descartei o Vaporeon. E entre Flareon e Jolteon decidi ficar com o Jolteon. Contou o garoto.
- Entendi. Eu fico pensando se devo evoluir ou não meu Eevee. Mas não tenho certeza ainda. Vou esperar mais acho. Disse Erik.
- Não faça nada precipitado ou poderá se arrepender. Disse Rodrigo.
Eles então chegaram na porta da festa e foram recepcionados por Sukiso:
- Bem vindos treinadores e seus notáveis pokemons. Nessa festa vocês deverão deixar o seu Pokémon mais raro fora da pokebola.
Cada um pensou em qual libertar e disseram:
- Ok, Larvitar. Disse Rodrigo.
- Eevee vamos lá. Falou Erik.
- Porygon, ele é meu único Pokémon, mas é raro da mesma forma. Disse Karina.
- Venonat, definitivamente. Falou Clara.
Os outros dois ainda estavam pensando e Sukiso disse:
- Se vocês estiverem em dúvida me digam quais são seus pokemons e eu lhe direi qual é mais raro.
- Eu tenho um Wartotle, um Cubone, um Ledian e um Sableye. Disse Drake.
- E você ainda tem dúvida? Os olhos do Sableye são magníficos, ele é raríssimo. E quanto a você? Perguntou Sukiso para Cássio.
- Eu estou em dúvida entre...
Nesse momento seu Loudred saiu da pokebola.
- Ah não! Você eu tinha certeza que não iria escolher, retorne agora! Ordenou Cássio.
Mas o Pokémon não obedeceu e começou a usar o Uproar. Os treinadores e os pokemons tiveram que suportar aquele barulho até que Cássio disse:
- Jolteon, Thunder Wave!
Assim, o Loudred retornou e todos puderam relaxar. Era possível ver o tanto que o Larvitar ficou nervoso com aquele barulho. Sukiso disse então:
- Entre com o Jolteon, pois caso o Loudred saia denovo você já estará preparado.
- Tudo bem. Disse Cássio com vergonha.
Eles entraram e virão diversos treinadores com diversos pokemons raros. Lá estavam Gilda e seu Parasect, Adriana e seu Smoochum e vários outros.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
Continuação:

-------------------------------------------------------------------------------------------------
- Já localizei o Pokémon. E você Daniel conseguiu entrar com o Stunky? Perguntou Larissa.
- Já entrei sim. Agora é só esperar a hora certa. Com aquele Pokémon conseguiremos muito dinheiro de resgate. A querida Rapidash do fã clube Pokémon. Depois nos falamos. Desligou Daniel.
------------------------------------------------------------------------------------------------
O grupo se separou e cada um foi conhecer os pokemons de outros treinadores que mais lhes interessavam. Clara foi ver um Froslass, Rodrigo ficou observando um Seviper, Karina e Cássio um Metang, enquanto Drake e Erik foram falar com Gilda.
- Ei Gilda! Recuperada da batalha? Falou Drake.
- Sim. E como vai seu Wartotle? Ele realmente te salvou. A líder respondeu rindo.
- É mesmo, mas ele mereceu - retrucou Erik - Gilda, meu pai, Falks, disse que você também está participando da idéia de entregar pokemons para novos treinadores certo?
- Sim. Eu estou entregando Shinx, Wingull e Skorupi. Eu vou entregá-los para três novos treinadores aqui na festa. Eles estão juntos dos pokemons de Sukiso, ali no canto, perto da Rapidash e do Vulpix. Então você também deve saber da competição também? Perguntou Gilda.
- Não, ele não me falou nada de competição. Disse Erik.
- Então você ficará sabendo em pouco tempo quando Sukiso começar a falar.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Enquanto isso, Rodrigo e o Larvitar estavam perto da treinadora com o seu Seviper quando outro treinador chegou e disse:
- Nossa! Um Larvitar.
- Ele é meu, prazer Rodrigo. Disse o garoto olhando para o seu Pokémon e percebendo que ele já estava mal humorado, o Loudred tinha realmente irritado ele.
- Eu sou Luiz e esse é o meu Gible, eu sou de Kanto e vim para cá convidado pelo Senhor Sukiso. Falou o outro treinador.
- Ele também nos convidou. Respondeu Rodrigo.
Nesse momento, o Gible começou a chegar perto de Larvitar e observá-lo. Depois ele foi tocá-lo por curiosidade, mas Larvitar não deixou, fazendo uma cara brava. Gible não gostou da atitude de Larvitar e também começou a ficar bravo. Nesse instante o Larvitar lançou um Screech, assustando a todos que estavam perto. Rodrigo então segurou o seu Pokémon e disse:
- Não faça isso Larvitar. Me desculpe Luiz.
- Tudo bem. Depois nos vemos. Falou o outro, saindo com o seu Gible.
Drake chegou perto de Rodrigo e perguntou se estava tudo bem. Respondendo que sim, ele largou o Larvitar no chão com a sua cara de bravo.
- Ei, vamos ver os pokemons que serão dados a seus treinadores? Perguntou Drake.
- Claro. Respondeu Rodrigo.
Os garotos se dirigiram até onde os pokemons estavam. Era um local cercado e lá estavam o Shinx, o Wingull, o Skorupi, a Rapidash de Sukiso e um Vulpix, que estava dormindo. Eles ficaram por ali observando os pokemons até que Sukiso pediu a atenção de todos.
- Obrigado a todos pela notável presença – começou Sukiso – estamos aqui para divulgar, em primeira mão, uma grande iniciativa. Contanto com a colaboração de todos os lideres de GYM de Menaco, com todos os Cérebros de Fronteira e com vários pesquisadores, nós iniciaremos na próxima semana uma grande competição para qualquer tipo de treinador Pokémon, sejam aqueles que batalham em concursos, em GYM, pesquisadores, amantes e qualquer um que se interesse pela vida com pokemons. A competição foi batizada de Explore Pokemons....
-------------------------------------------------------------------------------------------------
- Larissa, agora é a hora, vou me posicionar. Disse Daniel andando em direção ao Rapidash com o seu Stunky.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Sukiso continuou falando:
- A competição envolverá corridas e natação com pokemons, competição de captura, lutas e diversos tipos de batalhas, desafios como caça á tesouros e, inclusive, um Contest. Tudo ocorrerá na Ilha do Pico dos Passaros, onde também tem um GYM. Todos que estão aqui já são convidados a se inscreverem hoje mesmo para a competição. Um barco sairá da cidade de Hiluba com todos os participantes em uma semana.
Os presentes então ficaram surpresos com tudo aquilo. Muitos ficaram animados e já foram se inscrever. Sukiso continuou dizendo também que Gilda iria naquele momento entregar os pokemons para os novos treinadores. Entretanto, Larvitar começou a sentir um cheiro estranho e percebeu que um Stunky estava soltando um Smokescreen. Irritado ele lançou outro Screech, chamando a atenção de todos.
Daniel que estava entrando no local onde estavam os pokemons do fã clube, percebeu que tinha sido descoberto e chamou Larissa. A garota então derrubou a parede do local e entrou com um caminhão, enquanto Daniel amarrava os pokemons e a nuvem de fumaça se espalhava pelo local.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
- Sableye use o Foresight e identifique onde eles estão. Ordenou Drake.
Uma confusão estavam acontecendo, muita gente correndo e ninguém conseguia enxergar muita coisa. O Rapidash ao perceber que estava sendo preso, começou a lançar o ataque Fire Spin. As chamas se juntaram com a fumaça e começaram a atingir vários pokemons, inclusive, Shinx, Wingull, Skorupi, Vulpix, Larvitar e Sableye que estavam mais perto. O Vulpix agora estava acordado.
- Cuidado Larvitar. Falou Rodrigo.
O Pokémon dele então lançou outro Screech e iniciou um Sandstorm. Agora era fumaça, fogo e areia misturado. Sukiso então chegou perto de Drake e Rodrigo e pediu a ajuda deles.
- Larvitar use a tempestade para lançar a fumaça e fogo para longe.
O Sableye conseguiu identificar onde estava a Rapidash e foi ao seu resgate. Enquanto a mistura de fogo, areia e fumaça começava a diminuir era possível enxergar um pequeno brilho no meio da confusão. Sukiso percebendo que era Vulpix que estava brilhando, disse preocupado:
- Vulpix?! O que está acontecendo? Você não pode evoluir, apenas com uma pedra do fogo.
- Não é uma evolução, é a habilidade especial Flash Fire. Quando Vulpix é acertado por um golpe de fogo, no caso o Fire Spin da Rapidash, os seus próprios golpes de fogo aumentam de potência e ele fica imune a ataques do tipo fogo. Falou Drake.
- Como você sabe tudo isso? Perguntou Rodrigo.
- Não se esqueça que eu ganhei o concurso de saber Pokémon e por isso tenho o meu Squirtle. Respondeu Drake.
Depois que a fumaça abaixou foi possível ver que a Equipe Force havia prendido os três pokemons que seriam entregues a novos treinadores e estavam tentando prender a Rapidash, mas esse se debatia muito. Stunky bloqueou o caminho de Sableye e impediu que ele passasse.
- Vai Farfetch’d! Use o Aerial Ace no Sableye! Disse Larissa.
- Stunky use o Toxic na Rapidash para enfraquecê-la! Falou Daniel.
Drake, percebendo a situação em que apenas Sableye e Vulpix estavam perto o bastante para ajudar, disse:
- Sableye desvie do Farfetch’d e use o Fury Swipes nele! E Vulpix, use algum golpe de fogo para deter o Toxic.
O Aerial Ace do Farfetch’d acertou Sableye, mas esse conseguiu aplicar o Fury Swipes também. Já Vulpix usou o Ember e devido a sua habilidade que estava ativada, o ataque de fogo foi muito poderoso, bloqueando o Toxic e atingindo o Stunky diretamente. Stunky levou muito dano e também ficou queimado, por isso não conseguiu ficar em pé.
- Boa Vulpix, agora use o Quick Attack para ajudar o Sableye. E você Sableye use o Fury Swipes denovo. Ordenou Drake.
Rodrigo e Larvitar se aproximaram.
- Larvitar, Rock Slide no caminhão para detê-los.
O Vulpix atingiu um belo Quick Attack em Farfetch’d e depois Sableye terminou o serviço com o Fury Swipes. O caminhão também foi destruído com o ataque de Larvitar e os outros pokemons foram libertados.
- Daniel faça alguma coisa, não podemos ser pegos aqui! Falou Larissa.
- Então vamos fugir. Masquerain use o Flash.
A claridade deixou todos atordoados, principalmente o Sableye que não gosta de luz. Os membros da Equipe Force então fugiram. A policial Jenny foi atrás deles, enquanto todos se acalmavam.
- Notável! Notável! Notável! Muito obrigado pela ajuda de vocês! Graças a vocês minha Rapidash, querida Rapidash está salva. O seu Sableye foi ótimo, esses olhos brilhantes foram maravilhosos! E o seu Larvitar também. Falou Sukiso para Drake e Rodrigo.
Os garotos agradeceram e os outros presentes bateram palmas. Larvitar ficou feliz, até que seu olhar encontrou com o de Gible. O outro Pokémon fez uma careta para Larvitar e começou a rir, a raiva de Larvitar retornou, mas ele não fez nada.
-------------------------------------------------------------------------------------------------
Quase 1 hora depois. Quando tudo estava resolvido, mas a Equipe Force tinha realmente fugido. Gilda entregou os pokemons aos seus novos treinadores e a festa chegou ao seu fim, com Sukiso reforçando a convite para a competição. Na hora que Drake e os demais estavam indo embora, Sukiso apareceu e disse:
- Esse seu Sableye é um ótimo Pokémon! Ele seria de grande utilidade para prever acidentes como esse. Você não poderia deixá-lo comigo?
A pergunta pegou Drake de surpresa:
- Ahhhh.... não sei. Ele é um dos meus únicos pokemons e está ficando cada vez mais forte...
- Então para te recompensar agente faz uma troca: Sableye pelo Vulpix. O que acha? Você se deu muito bem com Vulpix, sabendo a sua habilidade e alguns de seus golpes. Interrompeu Sukiso.
Drake olhou para Sableye e para Vulpix e decidiu. Foi uma das decisões mais difíceis que ele fez. Mas ele decidiu deixar Sableye para proteger a Rapidash e iniciar um novo treinamento com o Vulpix. Sukiso ficou muito feliz.
- Sableye, obrigado por tudo! Você foi demais. Disse Drake se despedindo de seu Pokémon.
Agora com uma grande mudança no time, Drake e os outros seguiram para o centro Pokémon e foram pensar no que fariam até chegar o dia da competição.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
018 - Riolu! Orgulho da Liberdade!
- Gente está na minha hora! Tenho que voltar para casa para encontrar com meus pais. Espero que vocês façam uma boa viagem e tenham um bom inicio de competição! Acho que consigo chegar à Ilha do Pico dos Pássaros enquanto a competição ainda estiver acontecendo. Boa sorte para todos. Falou Karina se despedindo dos outros.
- Tchau, até mais. Despediram-se todos.
Era bem cedo aquele dia e Erik, Clara, Rodrigo e Drake não sabiam o que fazer até chegar o dia da competição.
- Temos uma semana para estarmos em Hiluba. Mas até lá agente gasta apenas dois dias. Temos outros cinco para fazermos o que quiser. Disse Rodrigo.
- Então vamos ficar aqui mesmo em Faitu por hoje e treinar um pouco. Quero estar preparado para o torneio da competição. Disse Drake.
Clara e Erik concordaram. Como eles eram 4 eles tinham um número bom para treinar 2 a 2. Eles foram até a enfermeira Joy perguntar onde havia um local aberto para batalhas.
- Existe um campo de batalha no parque aqui perto. Espere um instante.
A enfermeira Joy percebeu que um treinador entrou correndo pela porta, ele disse:
- Enfermeira Joy, por favor olhe o meu Scyther. Ele está muito ferido. Eu estava andando pelo parque quando encontrei um Riolu e ele me desafiou para batalhar. Mas infelizmente eu perdi a batalha e não consegui capturá-lo.
- Me entregue o seu Scyther. Disse Joy pegando a pokebola e indo curar o Pokémon.
Ouvindo aquilo Erik ficou interessado:
- Um Riolu! Sério? Onde ele está? Eu preciso de uma batalha!
- Tente achá-lo no parque talvez você o encontre. Falou o garoto.
Clara, que também ouviu aquilo disse para Erik:
- Eu também quero capturar esse Riolu! Pare de ser tão egoísta.
- Não é egoísmo, simplesmente, quem chegar primeiro, pega. Disse Erik saindo correndo em direção ao parque.
Clara correu atrás dele. Drake e Rodrigo começaram a rir.
- Eles nunca mudam. Sempre disputando por raridades. Falou Rodrigo.
- Imagino a briga que será se eles encontrarem o Riolu. Disse Drake que também começou a andar em direção ao parque.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Ao chegar ao parque, Clara perdeu Erik de vista. Chamando Teddiursa para fora ela disse:
- Teddiursa! Estamos em uma missão de captura. Fique de olhos abertos.
O Pokémon entendeu o recado e começou a procurar. Vários minutos se passaram e Clara não encontrou o Riolu, mas acabou encontrando Erik, Rodrigo e Drake no campo de batalha.
- Teve sucesso Erik? Perguntou ela.
- Não! Respondeu decepcionado.
Eles então decidiram começar a treinar e esqueceram-se do Riolu. As batalhas foram Erik x Rodrigo e Clara x Drake. A primeira seria Erik x Rodrigo, entretanto eles não sabiam que tinha alguém os observando. Drake, que era o juiz da partida, disse:
- Será uma batalha de 4x4, nos moldes da primeira fase da competição.
- O que? Na competição as batalhas são de 4x4? Eu não tenho 4 pokemons! Falou Clara desesperada.
- É verdade, seria bom você pegar alguns pokemons por esses dias. Disse Rodrigo.
- Vou ter que reiniciar minha campanha de captura. Falou Clara.
Começando a batalha, Erik chamou seu Eevee e Rodrigo o seu Tropius.
- Magical Leaf, Tropius.
- Desvie com o Dig, Eevee.
O Pokémon de Erik escapou dos ataques e conseguiu atingir Tropius, mas sem causar muito dano.
- Toxic no Eevee. Ordenou Rodrigo.
O ataque acertou em cheio o Eevee que foi retornado por Erik.
- Parece que minha tática vai ter que ser diferente, é a sua vez Houndoor! Falou Erik.
Observando, Clara disse para Drake:
- Ele vai usar o Houndoor que é tão inexperiente contra um dos pokemons mais fortes do Rodrigo, será que é uma boa tática?
- Veremos. Respondeu Drake.
Tropius iniciou um ataque Gust, que atingiu o Houndoor em cheio. Erik revidou:
- Smog! – A fumaça começou a se espalhar e chegar perto do Tropius.
- Impeça a fumaça com o Gust de novo. Falou Rodrigo.
A ventania impediu que Tropius ficasse envenenado, mas deu uma abertura para Erik atacar:
- Ember!
O fogo atingiu em cheio Tropius, mas ele ainda resistia.
- Revide com o Magical Leaf.
Mesmo com a sua resistência aos ataques plantas Houndoor caiu. O Pokémon tentou levantar, mas mesmo com seus grandes esforços não conseguiu, ele ainda era muito inexperiente. Erik chamou seu Baltoy:
- Vamos Baltoy! Use o Rock Tomb.
- Use o Magical Leaf para cortar as pedras.
Algumas pedras foram detidas, mas outras atingiram Tropius e o derrubaram. Rodrigo disse:
- Levante Tropius! Vamos lá.
Mas mesmo assim Tropius não podia mais lutar, a sua fraqueza contra os ataques pedra fez ele levar muito dano. Então Rodrigo chamou seu Shuppet. Drake comentou:
- Pela primeira vez estou vendo o Shuppet em ação. Ele costuma usar sempre os mesmos, Tropius, Larvitar, Wailmer e Delibird. Nunca vi também o Electrode, seu primeiro Pokémon, em ação.
A batalha continuou:
- Shuppet, Faint Attack.
- Baltoy, Protect!
O ataque noturno foi bloqueado, mas Rodrigo disse:
- Você achou que eu ia esquecer da sua principal técnica? Agora, Will-o-Wisp.
O Baltoy ficou queimado e perdia vida de tempos em tempos. Erik continuou:
- Psybeam.
- Bloqueie com o Thunderbolt.
Os dois raios de chocaram e não atingiram o oponente. Enquanto isso, Baltoy continuava a tomar dano da queimadura.
- Shadow Sneak para finalizar.
- Não tão rápido. Selfdestruct.
A explosão foi muito grande. Por algum tempo não foi possível ver o qual foi o resultado.
O observador tomou um susto com a explosão e saiu de perto. Depois foi possível ver que o Selfdestruct tirou ambos da partida. Agora faltavam dois pokemons para cada.
- Electrode é com você. Disse Rodrigo ao mandar a pokebola.
- Acho que ele fez isso só porque você disse que nunca viu o Electrode Drake. Falou Clara.
- Vai Cacnea.
- Inicie com o Sonicboom Electrode.
A velocidade dele era muito grande, não deu nem tempo para Erik pensar. O Sonicboom atingiu o Cacnea em cheio, mas ele ainda continuou em pé.
- Leech Seed nele Cacnea.
- Evaziva e inicie o Rollout.
O Leech Seed foi facilmente evitado e com aquela velocidade toda, o Rollout do Electrode era muito forte. Bastou dois ataques para derrubar o oponente.
- Eevee é com você.
- Continue o Rollout. Falou Rodrigo.
- Use o Dig para escapar.
Mais uma vez o Dig salvou o Eevee e dessa vez tirou muito vida de Electrode. Mas Eevee continuava envenenado e sentia toda rodada.
- Charge Beam. Disse Rodrigo.
- Eevee use o Bite.
Eevee partiu para cima de Electrode, mas o ataque elétrico foi mais rápido e acabou com a batalha antes de Rodrigo precisar chamar seu 4 pokemon. Erk então disse:
- Os seus pokemons são muito mais fortes do que eu pensei. E eu preciso treinar os meus muito mais. Obrigado pela batalha.
Agora era Drake contra Clara:
- Vai Cubone.
- Vai Teddiursa, comece com o Hidden Power.
Drake pensou rápido:
- Impeça-o com o Bone Club.
O osso de Cubone atingiu Teddiursa em cheio. Clara disse:
- Use o Lick nele.
- Dig Cubone.
O Pokémon foi para debaixo da terra, evitando o Lick e ao retornar atingiu Teddiursa tirando-o, facilmente, da batalha. Clara pensou consigo mesma que seus pokemons estavam mesmo muito fracos, eles não conseguiam resistir muito em batalhas.
- Vai Venonat.
- Retorne Cubone, Vulpix é a nossa primeira batalha.
- Vuuuuulllll! Disse o Pokémon de fogo ao sair da pokebola.
Rodrigo ficou impressionado e disse:
- Esse Vulpix gosta de batalhar assim como o meu Larvitar.
Clara iniciou com o Confusion que acertou o Vulpix diretamente.
- Vulpix, Quick Attack nele.
- Supersonic Venonat.
Vulpix acertou Venonat antes, mas o Supersonic funcionou da mesma forma.
- Acalme-se Vulpix, use o Ember. Disse Drake para o seu Pokémon que estava confuso.
Mas foi inútil, Vulpix ao invés de usar o Ember usou o Roar.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Ele estava descansando no alto de uma árvore quando ouviu um grande uivado. O seu espírito de batalha o fez ir conferir o que era aquilo. Chegando perto percebeu que era um Vulpix. O seu instinto o mandou desafiá-lo para uma batalha.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
Continuação:

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
- Venonat, use o Tackle!
- Vulpix, Will-o-Wisp.
Continuando confuso o Pokémon de Drake recebeu o golpe de Venonat e ainda usou o Will-o-Wisp em si mesmo. O brilho que eles tinham visto no dia anterior voltou. Era o Flash Fire. Rodrigo percebeu e disse:
- Ao usar o Will-o-Wisp em si mesmo, o Vulpix não fica queimado e ainda ativa a sua habilidade.
- Então vamos aproveitá-la. Ember!
O ataque de fogo atingiu Venonat e o derrotou devido à grande força do ataque. Nesse momento outro Pokémon apareceu e interrompeu a batalha antes que Clara pudesse chamar Igglybuff.
- Olhem é o Riolu! Falou Erik.
O Pokémon estava em frente a Drake e Vulpix. Ele levantou a mão apontou para eles e fez um sinal de “venham me enfrentar”.
- Há! Vamos ver se esse Riolu luta tão bem assim. Então, eu aceito a batalha.
Ao dizer que aceitava, Riolu já começou a atacar com um Quick Attack. O golpe atingiu Vulpix em cheio.
- Vulpix, use o Ember.
O Riolu desviou e tentou usar o Quick Attack denovo.
- Use o seu Quick Attack também Vulpix.
Os golpes se chocaram e ambos levaram danos. Riolu partiu para cima de Vulpix e usou o Force Palm, acertando em cheio.
- Vulpix, resista e use o Will-o-Wisp.
O ataque acertou Riolu que sofria com as queimaduras. Entretano, ele usou o Reversal e derrotou Vulpix.
- Agora é minha vez! Disseram Clara e Erik ao mesmo tempo.
Mas antes que qualquer dissesse mais alguma coisa, Riolu apontou para Drake e fez o sinal de quero lutar mais.
- Já que ele pediu. Vai Wartotle, use o Water Gun.
O jato de água acertou Riolu, Drake então aproveitou a chance:
- Pokebola, vai!
Riolu percebeu o que Drake tinha feito e se levantou rapidamente. Quando a pokebola se aproximou ele usou o Force Palm e quebrou ela em três partes. Todos ficaram impressionados.
- Então você é durão? Nós somos também. Falou Drake.
Riolu lançou um Reversal que deixou Wartotle muito ferido. Entretanto naquele momento Larissa e Daniel da equipe Force apareceram.
- Vocês nos atrapalharam ontem. E hoje nós teremos a nossa vingança. Dois pokemons a menos para vocês. Disse Daniel.
- Lunatone, use o Hipnose nos pokemons.
Com um robô carro eles pegaram Wartotle e Riolu, que ficaram hipnotizados, e fugiram. Rodrigo então lançou seu Delibird e Drake sua Ledian, eles disseram:
- Vão atrás deles!
Os quatro então saíram correndo atrás do carro. Eles chegaram até a floresta de Hiluba e lá perderam o carro de vista. Caminharam um bom tempo, até que a Ledian e o Delibird voltaram e apontaram o caminho. Rodrigo mandou o Delibird ir avisar a policial Jenny do que havia acontecido.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Daniel e Larissa estavam no esconderijo quando perceberam:
- Aqueles treinadores estão na floresta, vindo em nossa direção. Vamos até lá detê-los. Falou Larissa.
- Agente se separa e cada um enfrenta dois deles. Concordou Daniel.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Quando os garotos encontraram com Daniel e Larissa, Drake disse:
- Devolva meu Wartotle e liberte aquele Riolu.
- Não vamos. Eles são nossos e serão vendidos. Falou Daniel.
- Então batalharei com vocês! Vai Ledian.
- Larissa, agora.
Os dois integrantes da Equipe Force se separaram. Drake e Erik foram atrás de Larissa e Clara e Rodrigo atrás de Daniel.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
No meio da perseguição, Clara se perdeu de Rodrigo e do rastro de Larissa. Ela então chamou Igglybuff para ajudá-la a achar o caminho.
- Estou com medo de encontrá-la sozinha. Meus outros pokemons estão machucados, Igglybuff você está sozinha!
Clara andou mais um pouco e não achou nada. Como já estava escuro ela decidiu descansar um pouco. Igglybuff então percebeu que uma Weedle se aproximava e soltou um forte Uproar.
- Ahhhhhh! Gritou Clara assustada.
Diversos pokemons da floresta surgiram correndo para todos os lados. Ratatas, Bidoofs, Budew, Hoothoot e até Noctowls apareceram. Clara então percebeu que era a sua chance e começou a observar os pokemons que passavam. Um deles chamou a atenção.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Drake e Erik perseguiram Daniel e eles acabaram chegando à porta da base da Equipe Force. Daniel disse:
- Daqui vocês não passarão! Vai Stunky.
- Drake eu cuido dele você liberta os pokemons. Vai Horsea!
- Ok. Disse Drake indo em direção à porta.
Daniel percebeu e mandou seu Stunky usar o Smokescreen. Mas Erik revidou:
- Horsea use o Twister para bloquear a fumaça.
Drake passou de Daniel e entrou na base.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Dentro da base havia uma porta trancada. Com a ajuda de Ledian e Cubone ele derrubou a porta e continuou. Mas uma voz o mandou parar. Um Rampardos então apareceu na frente de Drake e começou a atacar Ledian e Cubone. Drake percebendo que ia passar dificuldade decidiu correr e tentar achar outro caminho. O Rampardos começou a persegui-lo.
Ao entrar em uma sala bem ao fundo ele encontrou Riolu e Wartotle. Com o Comet Punch da Ledian, Riolu e Wartotle foram libertados. Mas Rampardos também acabava de entrar na sala e a voz misteriosa vinha bem atrás.
- Cubone use o Bone Club e Ledian use o Mach Punch.
Os ataques funcionaram, mas não conseguiram tirar Rampardos do caminho.
- Zen Headbutt. Disse a voz misteriosa.
Como Ledian estava bem próxima do oponente, ela levou muito dano e não conseguia mais lutar. Cubone também foi jogado longe. Riolu então demonstrou que queria batalhar e Wartotle fez o mesmo.
- Ancient Power, Rampardos!
- Wartotle use o Water Gun.
O jato de água não foi bastante para deter os golpes. No último instante Riolu apareceu e recebeu o golpe em cheio. Drake percebeu que Riolu ainda continuava em pé e concentrado. Ele tinha usado o Endure para sobreviver.
- Cubone, Bone Club e Wartotle, Water Gun!
Os ataques acertaram Rampardos, derrubando-o. Riolu aproveitou a brecha e usou o Force Palm na parede derrubando-a. Drake e os pokemons então fugiram pela abertura e Rampardos ficou para trás. Riolu correu na frente e desapareceu.
Drake chegou até onde Erik estava e percebeu que Rodrigo estava o ajudando a enfrentar Daniel e Larissa, numa batalha em duplas.
- PARADOS! Gritou a policial Jenny, com o Delibird de Rodrigo ao seu lado.
- Bem a tempo. Falou Erik.
Nesse momento, Masquerain e Lunatone usaram Flash, cegando a todos. Quando eles conseguiram enxergar denovo. Daniel e Larissa tinha fugido e Stunky tinha soltado um Smokescreen para dificultar o trabalho da Jenny.
- Como vocês estão? Perguntou Drake.
- Estamos bem. Quando você saiu Rodrigo apareceu perseguindo a Larissa e a batalha em dupla começou, Larvitar e Horsea estavam indo muito bem. Até que eles fugiram. E onde estão os pokemons? Falou Erik.
- Wartotle está a salvo. E o Riolu fugiu. Mas foi por pouco. Tive que enfrentar um Rampardos de outro membro da Equipe Force muito forte. Por sorte agente conseguiu escapar. Respondeu Drake.
- Entâo existem mais membros? Vou procurá-lo lá dentro, vocês voltem para o centro Pokémon. Disse Jenny.
Os três começaram a voltar quando se lembraram de Clara. Eles foram atrás dela.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
- Igglybuff, use o Pound.
O Pokémon que tinha aparecido era um Sunkern. Clara então agiu rápido. O ataque acertou em cheio e Sunkern se enfureceu aceitando o desafio. O Pokémon revidou com um Leech Seed que começou a sugar a energia de Igglybuff.
- Temos que terminar isso rápido ou vai ter a sua energia toda sugada. Use o Sing.
Ao mesmo tempo que o Igglybuff usou o Sing, Sunkern usou o Grasswhistle. Ambos começaram a dormir. Clara ficou confusa e não sabia o que fazer. Até que finalmente ela jogou a pokebola.
A pokebola vibrou uma vez. Depois mais uma e Sunkern saiu ainda dormindo. Os dois pokemons continuaram dormindo, mesmo com Clara tentando acordá-los. A garota decidiu tentar mais uma vez e lançou outra pokebola, dessa vez uma great ball. De primeira o Sunkern foi capturado.
Clara ficou muito alegre e preocupada ao mesmo tempo. Agora ela tinha dois pokemons para se defender, mas ambos estavam dormindo. Ela decidiu esperar até que alguém a encontrasse. Horas depois os outros três chegaram e contaram para ela o que houve.
- Nossa! Quanta coisa aconteceu. É bom ficarmos de olho nessa Equipe Force. Disse a garota.
- É mesmo. Mas agora temos que dormir, já é bem tarde. Disse Rodrigo ao chegarem ao centro Pokémon.
- Mas, antes disso, preciso contar que capturei um Sunkern!
- Parabéns Clara. Agora você já tem os 4 pokemons para a competição. Falou Drake.
Todos então foram dormir enquanto Clara contava como tinha capturado o seu novo Pokémon.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
019 - Incrível Ilha do Pico dos Pássaros

Quando Erik acordou Clara já estava de pé cuidando do seu novo Pokémon, o Sunkern.
- Tão cedo e já cuidando dos pokemons? Perguntou Erik para ela.
- Pois é! Eu fiquei sabendo que ele gosta do sol da manhã então decidi deixá-lo aproveitar um pouco. E também estou preocupada. Respondeu a garota.
- Preocupada com o que?
- Estou me sentindo um pouco fraca em comparação aos meus oponentes. Ontem mesmo eu mal consegui vencer uma batalha contra o Drake e ainda fiquei impossibilitada de ajudar contra a Equipe Force. Se eu estivesse sozinha teria passado maus bocados. Estou preocupada com que tipos de treinadores nós encontraremos na competição.
- Ei, não se preocupe. Você está melhorando, só o tempo e o treinamento te farão melhorar. Disse Erik encorajando Clara.
- Vamos ver né... Ahhh, quase me esqueci, seu pai te ligou a pouco tempo.
- Vou ver o que ele quer. Disse Erik indo até o telefone.
Clara foi conversar com a policial Jenny para descobrir como estavam as investigações. Jenny explicou que ainda não tinham achado a Equipe Force e que a floresta estava bloqueada.
- Como nós vamos fazer para chegar até Hiluba? Perguntou Clara.
- Se vocês quiserem eu posso levá-los hoje. Disse Jenny.
Clara então reuniu todos e, em menos de uma hora, eles saíram em direção à Hiluba. Drake não conseguia parar de pensar no Riolu. Se não fosse a Equipe Force ele poderia ter um novo Pokémon, e dos fortes. A única coisa que o consolava era que o Pokémon tinha conseguido fugir.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

No caminho Erik contou para todos que seu pai, Falks, já estava em Hiluba e iria participar como orientador.
- Pelo que eu entendi, cada orientador vai ficar responsável por vários treinadores e será ele quem pontuará de acordo com as conquistas do treinador. Disse Erik.
- Entendi. Estou curioso para saber quem será meu orientador. Falou Rodrigo.
Eles chegaram a Hiluba quando estava anoitecendo e foram direto para o centro Pokémon. Nos outros dias, enquanto esperavam pelo início do campeonato, eles se prepararam para a competição fazendo estoque de medicamentos e itens necessários. Drake e Erik treinaram um pouco e Clara começou a pensar em uma nova apresentação para o Contest. Até que o dia finalmente chegou. Estavam todos muito ansiosos. Quando eles entraram no barco, já era fim de tarde. Eles viram muitos treinadores e diversos tipos de pokemons. Clara avistou Cássio e Adriana por lá. O grupo foi então falar com Falks:
- Os meus treinadores favoritos. Como estão Drake, Clara e Rodrigo? E você, filho? Falou Falks.
- Estamos bem pai e querendo saber como isso tudo vai começar. Conta pra gente vai? Disse Erik
- Eu não vou precisar falar nada. Sukiso vai iniciar a competição agora.
Sukiso então apareceu na cabine mais alta do barco, onde todos podiam o ver. Ele começou dizendo:
- Notável! Agradeço a presença de todos! E agora sem mais demora, vamos iniciar. Primeiro cada um irá pegar uma pokebola com um número marcado nas sacolas.
Todos os treinadores pegaram uma pokebola, os números variavam de 1 até 10. Rodrigo pegou o 1, Drake o 2, Erik o 7 e Clara o 4. Sukiso continuou:
- Agora, cada treinador já tem um orientador. Cada um identifique o orientador com o número que você pegou no quadro perto de vocês. Aqueles que pegaram o número 1 serão meus orientados.
- Então Sukiso será meu orientador. Disse Rodrigo.
Os outros procuraram por seus orientadores. Clara descobriu que seria orientada por Falks, enquanto Erik seria por Lance e Drake pelo professor Carvalho. Cada um ficou mais feliz que o outro. Erik nem sabia que o grande campeão da elite dos quatro também estaria lá. Drake ficou feliz de reencontrar com o professor Carvalho, depois de ter ganhado dele o Squirtle. Mas eles não tiveram muito tempo de pensar no que estava acontecendo porque Sukiso continuou a falar:
- Cada um de vocês receberá 10 pontos. A regra é o seguinte: quando vocês batalharem, quem perder terá que dar 1 ponto para o adversário. Existem outras formas de ganhar pontos também, como as capturas, as competições e tarefas. Cada orientador irá avaliar o quanto de pontos você mereceu por fazer determinada coisa. O segredo dessa competição é ser um treinador. Vencerá aquele que souber equilibrar todas as funções.
Nessa hora o barco parou.
- Agora, despeçam dos seus amigos, pois a competição vai começar. E quanto aos seus orientadores, vocês os encontrarão na Ilha amanhã. Por enquanto nada de dicas. A competição começa agora. O primeiro evento será a natação Pokémon. O barco só se moverá daqui 2 horas, então os treinadores que quiserem chegar antes na ilha e explorá-la primeiro devem ir nadando com seus pokemons. Se seguirem daqui até a ilha, vocês verão que existe uma linha de chegada e dependendo de quanto tempo você demorar a alcançá-la, ganhará mais ou menos pontos. Já está valendo, podem ir.
Começou um alvoroço no barco. Todos se preparando para a competição, diversos pokemons de água começaram a aparecer. Drake já chamou o seu Wartotle e disse para os outros:
- Boa sorte! Até mais. Drake saiu correndo para a parte inferior do barco onde já entrou no mar e foi em direção à ilha.
O mesmo foi feito por muitos treinadores. Rodrigo e Erik não foram tão apressados.
- Antes de ir é melhor alimentar um pouco os pokemons, pois a viagem pelo mar pode ser cansativa. Falou Rodrigo.
- Você leu meus pensamentos. Disse Erik.
Os dois alimentaram Wailmer e Horsea e depois foram para o mar. Eles nem se lembraram que Clara não tinha nenhum Pokémon aquático. A garota não sabia o que fazer e então foi falar com Falks, seu orientador. Ela percebeu que apenas uns 15 treinadores continuavam no barco, pois, como ela, não tinham pokemons aquáticos.
- Ei Falks! Como eu faço? Não tenho pokemons aquáticos! Perguntou Clara.
- Infelizmente ou você consegue um Pokémon ou vai ter que esperar o barco se mover para chegar à ilha. Existem formas de conseguir pokemons aquáticos, e só pensar. Respondeu o orientador.
Clara então teve uma idéia. O Buizel do seu irmão seria ideal! Ela foi correndo ligar para ele no centro Pokémon que havia no barco. Ligou uma vez e ninguém atendeu. Ligou mais três vezes e nada. Ela ficou desapontada. Achou que ia conseguir, mas pelo visto o seu irmão não estava no laboratório. O tempo foi passando, dois treinadores tiveram a mesma idéia dela e conseguiram pegar pokemons aquáticos emprestados. Clara decidiu passear pelo barco enquanto esperava e torcia pelos outros.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Drake foi um dos primeiros a pular no mar, então ele começou na frente. Mas pouco tempo depois alguns treinadores começaram a ultrapassá-lo. Os mais rápidos eram os treinadores que tinham Lapras, Wailord, Floatzel, Milotic, Blastoise, Feraligatr, Swampert, Empoleon, Kingdra e outros. Mas eles eram poucos treinadores e formavam o pelotão da frente.
Atrás, junto de vários treinadores, estavam Rodrigo e Erik. No caminho um Gyarados começou a nadar bem rápido e ultrapassou a todos, chegando até o pelotão da frente. O Gyarados passava e esbarrava em todos os pokemons, machucando-os inclusive. O treinador que estava na frente de todos avisou para os outros que havia redemoinhos no caminho e que eles precisariam ter cuidado naquela parte. Dentre o pelotão da frente apenas o Lapras e o Empoleon sabiam a técnica Whirpool para parar os redemoinhos. Eles então foram à frente.
- Rodrigo, olha ali! É um Lickilicky usando o Surf. Disse Erik.
Rodrigo olhou para o lado e descobriu que era verdade e junto do Lickilicky ainda estava um Hariyama. Eram os únicos pokemons que não eram aquáticos e podiam usar o Surf.
O Lapras e o Empoleon tinham aberto um caminho pelo qual todos poderiam passar. Entretanto, o Gyarados, que estava muito rápido, bateu em um Lanturn, irritando o Pokémon, que soltou um Thunderbolt. O ataque elétrico se espalhou por toda a ‘água atingindo todos os treinadores e seus pokemons.
- Não faça isso Qwilsfish! Foi o que Drake ouviu.
Nesse momento um ataque Poison Sting atingiu Gyarados.
- GYYAARRRRRRR!
A fúria do Pokémon foi despertada. O treinador que estava com ele, não conseguiu se segurar e caiu na água. Gyarados começou a lançar Hyper Beams para todo o lado, acertando vários pokemons e treinadores. Um dos Hyper Beams atingiu Drake e Wartotle, que caíram em um redemoinho.
- Vamos fazer um desvio. Não vale a pena passar perto desse Gyarados. Disse Rodrigo para Erik, ambos estavam no pelotão de trás e ainda estavam longe da confusão.
- Ok. Tomara que o Drake esteja bem. Respondeu Erik.
Nesse momento, os pokemons de água começaram a atacar o Gyarados para acalmá-lo. Alguns treinadores chamaram os pokemons voadores para ajudar também. Diversos pokemons estavam muito cansados para continuar nadando e seus treinadores não sabiam o que fazer. A confusão só acabou quando um Poliwag e um Noctowl usaram o Hypnosis, mas foi tarde. Um Tentacruel também se enfureceu e começou a atacar.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
Continuação:

Clara, que estava no barco, percebeu que a água ficou mais agitada e ficou pensando se todos estavam bem. Ela conheceu todo o barco e descobriu que ele tinha um centro Pokémon e até uma loja que vendia muitas coisas. Nessa hora, ela teve uma brilhante idéia. Contou o seu dinheiro e percebeu que gastaria ele quase todo.
- Vai valer a pena! Disse ela para si mesma.
Ela comprou uma vara de pescar e algumas iscas Pokémon. Rapidamente ela foi até a parte inferior do barco e lançou a isca. O dia estava quase virando noite. Um tempo se passou e finalmente um Pokémon mordeu a isca, rapidamente ela chamou o Sunkern para ajudá-la.
- Use o Grasswhistle!
Facilmente o Pokémon aquático ficou adormecido. Com uma pokebola, Clara o capturou.
- Mesmo não sendo dos melhores acho que será útil para chegar até a ilha. Saia Magikarp!
- Karp, Karp, Karp...
Clara sabia que ele era um dos pokemons mais fracos que existia, mas pelo menos para nadar ele devia servir. A garota recolheu Sunkern, pegou suas coisas e tentou segurar no Magikarp. No entanto, o Pokémon começou a afundar.
- Ei! Magikarp tente me manter fora d’água, eu tenho que respirar.
- Karp, Karp, Karp...
Mesmo assim, o peso de Clara era muito para Magikarp. Percebendo isso, ela voltou para o barco e recolheu o Magikarp. Depois de se secar, voltou para a pescaria.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Drake recolheu Wartotle, que estava muito machucado e cansado, e se viu perdido em meio a um redemoinho. Sem conseguir sair dele, Drake foi puxado pelo mar e levado com as ondas.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Erik, Rodrigo e o pelotão de trás viram o Tentacruel atacando os treinadores. Mas, com a ajuda de Starmie e Golduck e seus ataques psíquicos, um treinador conseguiu derrotar o Pokémon. O treinador dos pokemons aquáticos, inclusive, capturou o Tentacruel.
Com muito cuidado para não criarem mais confusões, os treinadores que ainda estavam na corrida continuaram o caminho.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Clara percebeu que faltavam apenas 30 minutos para o barco voltar a se mover e apenas 10 treinadores ainda continuavam lá. Ela percebeu que alguns treinadores já tinham desaparecido no horizonte e deviam estar chegando à ilha, que daquele ponto era visível. Quando ela estava quase desistindo, uma luz começou a aparecer por debaixo barco. Observando aquilo, ela jogou a vara de pescar naquela direção.
A luz começou a se multiplicar e ficar mais visível. Como era noite, a luz esverdeada começou a tomar conta de uma parte no mar. Outros treinadores chegaram perto de Clara e também ficaram observando. As luzes começaram a chegar mais perto deles, até que alguns pokemons começaram a pular. Eram Finneons e Lumineons, um cardume deles. A luz que o corpo deles emanava podia ser vista muito facilmente durante a noite. Nesse momento, a vara de pescar de Clara fisgou um Pokémon, um Finneon.
- Sunkern, sua vez! Use o Mega Drain.
O ataque acertou em cheio e o Pokémon aquático começou a revidar, usando o Water Gun.
- Evaziva. Agora Grasswhistle.
Além de fugir do ataque, a canção de Sunkern atingiu o Finneon e outros pokemons do cardume.
- Vai Pokebola!
A pokebola caiu na água e não era possível ver se ela se mexia e nem se a luz vermelha havia se apagado. Clara esperou um tempo para ter certeza de que tinha capturado. Quando já era obvio que Finneon tinha sido capturado, ela pulou na água e pegou a pokebola.
- Agora sim! Conseguirei competir! Disse ela toda feliz.
Retornando o Sunkern, ela chamou:
- Finneon e Magikarp, vamos lá.
Ela, lembrando de Erik e Rodrigo, recuperou os dois pokemons. Segurando-se aos dois ela conseguiu ir nadando e seguindo o rastro dos outros participantes. Falks, que presenciou tudo, marcou pontos para ela.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Erik e Rodrigo chegaram até a ilha sem mais problemas. Lá eles procuraram por Drake, mas não o acharam. Eles decidiram arrumar um lugar para armar a barraca e descansar, pois já era quase madrugada e estavam cansados da natação.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

- Ei! Acorde, acorde, acorde...
- Quem é você? Onde estou? Perguntou Drake.
- Eu sou Marcelo, você está na Ilha do Pico dos Pássaros. Eu encontrei você caído aqui na areia da praia. Falou um garoto que parecia ser da idade de Drake.
- Eu desmaiei na água... Foi por isso que vim parar aqui. Mas onde estão os outros treinadores?
- A chegada é em outro lugar da ilha. Como você veio com as ondas, elas te tiraram do caminho correto.
Drake agradeceu a ajuda do garoto e percebeu que seu corpo estava doendo muito.
- Nossa, estou muito cansado, não sei se consigo ir para lá agora. Falou Drake.
- Você pode dormir na minha casa. Eu moro aqui mesmo na ilha. Ofereceu Marcelo.
- Eu vou aceitar o convite! Muito obrigado.
Os dois então começaram a andar em direção a casa de Marcelo.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Clara chegou à ilha bem depois dos outros treinadores. Finneon e Magikarp se esgotaram ao puxarem a coordenadora. Ela agradeceu os dois e os recuperou. Ela percebeu então que agora tinha 6 pokemons. Depois de pensar muito ela decidiu:
- Magikarp. Muito obrigada pela sua ajuda. Sem você eu não teria conseguido. Se você quiser, está livre para voltar para o mar.
- Karp, Karp...
O Pokémon então deu as costas para Clara e foi embora.
- Você, diferentemente, vai continuar no time. Disse ela para Finneon, recolhendo-o para a pokebola.
Ela viu diversas barracas armadas e demorou um bom tempo para achar Erik e Rodrigo. Ela acordou os dois e contou o que havia acontecido.
- Mais um Pokémon então? Parece que você está saindo na minha frente heim? Falou Erik.
- Hehehe. Agora tenho 5, o mesmo que você. Respondeu Clara.
- Não se esqueça que eu tenho mais lá na minha casa. Mas, já que você me fez perder o sono, vou treinar um pouco. Descanse bem. Disse Erik, levantando e saindo.
Rodrigo e Clara foram dormir.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Enquanto os dois andavam pela ilha, Drake perguntou:
- O que você fazia na praia esse horário?
- Eu estava pensando em algo porque amanhã é o meu décimo aniversário. Respondeu Marcelo.
- Estava sonhando com o Pokémon que irá escolher amanhã? Eu me lembro quando foi o meu dia, fiquei muito ansioso. Nem dormi direito.
- Não, não... Não vou ganhar nenhum Pokémon amanhã. Aqui na ilha não há pesquisadores ou treinadores que fazem isso.
- Nem líder de GYM? Perguntou Drake.
- O antigo líder morreu há pouco tempo. O GYM está fechado. Por isso, nenhuma criança ganha pokemons aqui na ilha. Eu estava pensando em como seria ter um. Mas era só um sonho. Disse Marcelo desanimado.
- Ou não. Falou Drake sorrindo, pois tinha uma idéia.
Eles chegaram à casa de Marcelo, que tinha um pequeno lago ao seu lado, com águas cristalinas. Os dois entraram e foram dormir, pois estavam muito cansados.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Erik era o único que ainda estava acordado, treinando o seu Houndoor.
- Agora Ember!
O ataque de fogo foi bem forte, mas acertou o próprio Houndoor. O Pokémon começou a brilhar e lançou um Howl, espantando vários Hoothoots e Zubats.
- Você também possui o Flash Fire, assim como o Vulpix. Vai ser útil.
Um grupo de Murkrow começou a se aproximar querendo brigar com Houndoor, ela bagunça que ele fez.
- Espante-os com o Ember. Ordenou Erik.
O fogo realmente espantou o grupo, mas um deles ficou e usou o Pursuit. Depois de ser atingido, Erik disse:
- Smog!
Para deter o Smog, Murkrow usou o Haze.
- Vamos com Ember de novo então.
Murkrow começou a sofrer com o ataque e Erik lançou uma great Ball.
A pokebola vibrou 2 vezes. Depois mais duas. E finalmente Murkrow cedeu, sendo capturado. Erik recolheu o novo Pokémon e decidiu voltar para a barraca e também ir descansar.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

No outro dia, Marcelo acordou bem cedo e chamou Drake para ver algo especial. O Pokémon que vivia no lago ao lado da sua casa.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
020 - Uma Nova Chama de Charmander!

Quando era bem cedo Erik, Rodrigo e Clara foram acordados por um grande barulho na praia. Perto de onde estava o barco, treinadores já estavam batalhando. Agora uma batalha simples e uma em dupla aconteciam.
- HAHAHA! Você não pode vencer uma filha de líder de GYM!
Clara reconheceu aquela voz. Era Adriana que estava batalhando, usando um Persian contra um Swellow.
- Vamos até lá ver. Falou Clara.
Os três chegaram então mais perto.
- Swellow, Aerial Ace.
- Fake Out, revide Persian.
Como o Fake Out ataca primeiro e deixa o Pokémon sem conseguir atacar, o Aerial Ace não funcionou.
- Termine com o Ice Beam. Falou Adriana.
A luta acabou e Adriana conseguiu mais um ponto. A batalha em dupla que estava perto deles também tinha terminado. Ela recebeu diversas palmas, mas ao ver que Clara estava por ali, ela decidiu aprontar uma:
- CLARA! Você está aqui também! Gente, olhem, é a vencedora do último contest, a Clara. Ela é ótima...
Erik e Rodrigo acharam aquilo tudo muito estranho, enquanto Clara ficou sem reação. Adriana continuou:
- Clara, mostre-nos a sua força de batalhar. Quem vai querer enfrentá-la?
Um rapaz se apresentou para enfrentar Clara, enquanto ela não sabia o que fazer, e acabou aceitando o duelo. Adriana fez uma cara de satisfação. O rapaz se apresentou como Gabriel e disse:
- Será uma batalha em dupla, tudo bem?
- Ok. Respondeu Clara, vendo que iria passar dificuldades.
- Vai Luxio e Bronzor!
- Teddiursa e Sunkern, conto com vocês!
Erik e Rodrigo já pensaram nas vantagens e desvantagens e disseram:
- Não há nenhuma vantagem direta. O Sunkern pode resistir melhor aos ataques elétricos e o Bronzor aos ataques de planta.
- Luxio, use o Bite no Teddiursa, Bronzor use o Confuse Ray no Sunkern. Ordenou Gabriel confiante.
- Teddiursa desvie, Sunkern use o Ingrain.
O Bite acertou diretamente o Teddiursa, mas o raio de confusão não teve efeito em Sunkern. O Ingrain também funcionou e iria recuperar a vida de Sunkern todo o turno. Rodrigo comentou:
- O Ingrain irá compensar a habilidade do Sunkern, que melhora o seu ataque mais o faz perder vida todo o turno.
- Teddiursa, Lick no Bronzor. Sunkern use Mega Drain no Luxio.
- Luxio revide com o Spark no Sunkern e Bronzor use o Iron Defense. Mandou o rapaz.
Todos os taques acertaram. O Mega Drain e o Spark fizeram Luxio e Sunkern tomarem muito dano, enquanto o Lick quase não tirou vida de Bronzor devido à defesa metálica. Sunkern só estava conseguindo resisitir devido a recuperação que ele tinha com o Ingrain e o Mega Drain. Clara então pensou em uma tática.
- Teddiursa, Dig. Sunkern, Grasswhistle. Ordenou Clara.
A canção conseguiu afetar apenas Luxio que ficou dormindo, Teddiursa não foi afetado por estar debaixo da terra. Bronzor revidou com um forte Extrasensory que deixou Sunkern bem fraco. O Dig de Teddiursa acertou Luxio em cheio, que acordou do seu sono e mal podia levantar.
- Teddiursa vai para cima do Bronzor. Sunkern tire o Luxio da partida com o Mega Drain.
- Luxio, desvie e use o Shock Wave no Sunkern. Bronzor, Flash Cannon.
Os dois golpes dos oponentes foram mais rápidos indo diretamente para os pokemons de Clara. O Shock Wave acertou o Sunkern que não conseguiu usar o Mega Drain. Já Teddiursa conseguiu desviar do Flash Cannon com um golpe diferente.
- Olhe, ele usou o Faint Attack. Alguém disse na platéia.
Teddiursa reapareceu atrás de Bronzor atingindo-o com grande força. Bronzor estava fora da partida.
- Luxio, Iron Tail!
- Teddiursa, Hidden Power. Sunkern, Mega Drain denovo.
O Iron Tail passou o Hidden Power, mas não sustentou contra o Mega Drain, Luxio também perdeu a partida. Todos bateram palmas para ela. Erik então disse:
- Você não está tão fraca quanto acha.
Antes que pudesse iniciar qualquer outra partida, Sukiso, Professor carvalho, Lance, Falks e os outros orientadores começaram a sair do barco.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Drake acordou assustado com Marcelo lhe chamando.
- Venha rápido! Ou você vai peder! Anda...
Os dois saíram da casa de Marcelo e foram para a beira do lago. Bem perto deles estava um Pokémon bem encolhido. Um Dratini.
- DRATINI! Falou Drake.
- Ele apareceu por aqui poucas semanas atrás. Acho que ele é bem pequeno. Olhe ali, do outro lado do lago. Aquilo é a pele antiga dele. O Dratini troca de pele várias vezes. Disse Marcelo.
- Nossa! Ele deve ser demais! – Nesse momento Dratini mergulhou no lago e saiu de vista - Já estava me esquecendo! Parabéns para você! Seu décimo aniversário e eu tenho um presente para você.
- Obrigado Drake! Mas que presente é esse? Perguntou Marcelo.
- Nós temos que achar uma pessoa, primeiro. Vamos lá.
Os dois foram então andando pela praia e conversando sobre o Dratini.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Sukiso então pediu para cada treinador se reunir com o seu orientador. Erik seguiu Lance, enquanto Rodrigo foi até Sukiso e Clara até Falks. Eles começaram a fazer um relatório de como tinha sido a natação e a noite por ali. Nesse momento Rodrigo percebeu que Drake não estava no grupo do professor Carvalho e ficou preocupado.
Depois de anotar o que cada um tinha feito, Falks começou a explicar para o grupo de Clara o que aconteceria naquele dia:
- Pessoal, aqui na ilha quanto mais pokemons vocês capturarem e mais raro eles forem, mais pontos vocês conseguirão. Evoluções também dão muitos pontos, assim como batalhas vencidas. Então o treinamento tem que ser intenso. Além disso, existem alguns itens escondidos na ilha, que podem ser bem valiosos. Essas regras se aplicam para todos os dias, mas especialmente hoje, teremos a corrida Pokémon e amanhã um contest.
- Yes! Um contest... Pensou alto, Clara.
- A corrida sairá desse ponto daqui 5 horas e terá como final a cidade do Pico dos Pássaros. Vocês podem usar os seus pokemons e a participação não é obrigatória. Onde tem um centro Pokémon, lojas e etc. Sugiro que aproveitem essas próximas horas para conseguir pontos. Por hoje é só. Qualquer dúvida é só me perguntar.
Os outros orientadores disseram a mesma coisa para os outros grupos. Quando Clara, Erik e Rodrigo se reunirão denovo, eles avistaram Drake chegando.
- Ei gente! Falou Drake.
Ele explicou tudo o que tinha acontecido, sobre a confusão no mar, o encontro com Marcelo e até sobre o Dratini. Depois Rodrigo falou como seriam os eventos do dia e Drake decidiu ir falar com o Professor Carvalho. Explicou o que tinha acontecido com ele e disse:
- Professor, eu sei que você é uma pessoa generosa e, então, queria te pedir um favor.
- Obrigado de pedir Drake. Falou o professor.
- O Marcelo fez 10 anos hoje e não tem ninguém que possa ajudá-lo a ter um Pokémon. Então eu queria ver se você poderia ajudá-lo.
- Humm... Acho que talvez eu possa, Marcelo venha comigo.
Marcelo seguiu o Professor Carvalho e Drake ficou feliz que tinha conseguido ajudar o seu novo amigo.

Algumas horas se passaram e os quatro reuniram suas coisas e foram decidir o que iam fazer:
- Eu vou ver se batalho um pouco e depois vou para a corrida Pokémon. Falou Rodrigo.
- Eu queria participar da corrida, mas não tenho pokemons. Disse Drake.
- Nem eu. Falou Clara.
- Nem eu. Falou Erik.
- Então apenas você vai participar Rodrigo. Mas enquanto a corrida não começa vamos batalhar! Falou Erik.
Os quatro se dividiram em duas duplas e foram atrás de oponentes na batalha em dupla. Erik e Drake encontraram dois oponentes:
- A batalha será de 2 pokemons para cada treinador, 4 por dupla. Falou um dos oponentes.
- Vai Cubone. Chamou Drake.
- Vamos Cacnea. Disse Erik.
Os oponentes eram Nuzleaf e Ambipom.
- Tome cuidado Drake, eles são fortes. Falou Erik.
- Ok, Cubone use o Headbutt no Ambipom.
- Ambipom use o Double-hit, para deter o Cubone.
Cubone realmente foi detido e levou bastante dano.
- Nuzleaf, Razor Leaf.
- Cacnea, Poison Sting!
Os ataques se chocaram e nenhum deles levou dano.
- Ambipom, Shock Wave no Cacnea.
- Nuzleaf use o Pound no Cubone.
O ataque elétrico em vez de acertar o Cacnea foi para o Cubone.
- É a habilidade dele. Ele puxa os ataques elétricos para ele. Cubone, Bone Club para deter o Nuzleaf.
- Cacnea Leech Seed no Ambipom.
O osso de Cubone atingiu o Nuzleaf na cabeça detendo-o, enquanto o Leech Seed de Cacnea se fixou em Ambipom.
- Ambipom Swift neles! Vamos vencer.
- Cubone, Dig.
- Cacnea, revide com o Poison Sting.
Dessa vez o Poison Sting não funcionou muito bem e Cacnea levou dano. O Dig de Cubone acertou o Nuzleaf, que usou o Synthesis e se recuperou.
- Bone Club no Nuzleaf de novo.
- Revide com o Bullet Seed, Nuzleaf.
Os dois ataques acertaram os oponentes, tirando-os da partida. Enquanto isso, Ambipom foi em direção ao Cacnea com um Double Hit.
- Evaziva e Sand Attack.
Depois que a areia levantou, Drake chamou o seu próximo Pokémon, a Ledian.
- Vai Exeggutor! Erik e Drake escutaram.
A areia então saiu do campo de batalha e permitiu a visão do campo.
- Ledian, Mach Punch no Ambipom.
- Exeggutor, Hyper Beam!
- Evaziva. Disseram Erik e o treinador do Cacnea.
Nenhum dos pokemons conseguiu usar a evaziva e, devido, a fraqueza Ambipom perdeu. Cacnea também não resistiu ao grande poder do Hyper Beam.
- Vamos Mothim!
- Vai Houndoor! Disse Erik.
- Ledian, aproveite que o Exeggutor não pode se mover e use o Comet Punch.
- Mothim impeça-o Ledian com o Gust!
Ledian levou bastante dano do Gust e Exeggutor voltou para a partida.
- Houndoor, Ember!
- Exeggutor, Bullet Seed.
Devido a fraqueza do Exeggutor o seu ataque cedeu ao ataque de fogo.
- Ledian, Supersonic!
Mothim ficou confuso. Exeggutor tentou usar o Hyper Beam denovo mas não conseguiu.
- Agora Houndoor, Ember, forca total!
- Ledian Comet Punch de novo.
O ataque de fogo tirou muito dano de Mothim que ainda estava confuso e acabou causando mais dano em si mesmo e perdendo a partida. Já Exeggutor estava apanhando muito e seu treinador disse:
- Explosion!
A grande explosão fez um barulho enorme, chamando a atenção de todos. Os três Pokémon saíram da partida. Foi empate. Mas, Lance, que estava por perto, disse que quem sacrifica o seu Pokémon para derrotar o do outro, perde a partida. Então Drake e Erik venceram.
- Que bom que vencemos. Mas agora preciso recuperar os meus pokemons. Wartotle ainda não se recuperou totalmente de ontem e, sem a Ledian e o Cubone, só me sobrou o Vulpix. Falou Drake.
- Ei você pode recuperá-los na minha casa! O centro Pokémon é muito longe e meu pai é médico Pokémon então ele pode te ajudar. Falou Marcelo que acabou de chegar perto de Drake.
- Ei você voltou! Vou aceitar o seu convite, mas antes me conte! O que o professor Carvalho te disse? Perguntou Drake.
- Ele me deu isso! Marcelo tirou uma pokebola e chamou o seu Pokémon.
- Charrrr-char.
Era um Charmander bem pequeno. Parecia não ter nem meses de vida.
- Que legal. Falou Erik. Ele pode ser um Pokémon bem forte, cuide bem dele.
- Vamos até minha casa então? Perguntou Marcelo.
- Claro. Responderam Drake e Erik.
No caminho Marcelo contou o que o Professor Carvalho havia lhe dito e o que tinah achado do Charmander.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
Continuação:

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Rodrigo e Clara também batalharam, mas com uma batalha de apenas 1 pokemon por treinador e com a ajuda do Delibird de Rodrigo as coisas foram fáceis.
- Delibird, Brick Break no Vigoroth.
- Venonat, Leech Life no Kadabra.
Os pokemons dos oponentes mal conseguiam atacar, devido, principalmente, à velocidade e a forca do Delibird.
- Termine com Avalanche!!
A batalha acabou, Delibird destruiu os oponentes facilmente. Clara ficou super-feliz com mais aquela vitória. Agora ela tinha 12 pontos. Minutos depois eles ouviram um sinal chamando para a corrida Pokémon. Rodrigo ia usar o seu Tropius, que era pesado, mas pelo menos tinha tamanho para carreg­á-lo.
- Oi Clara! Você também vai participar? Perguntou Cássio chegando perto deles.
- Ei Cássio! Não vou participar não. Onde você estava? Não te vi batalhando.
- Eu estava tentando capturar novos pokemons, mas não consegui nada. Ou melhor, nenhum Pokémon, só achei um item. Esse aqui. Disse o garoto mostrando um cachecol vermelho (Red Scarf).
- Você pode usá-lo nos contests! Vai ganhar mais pontos! Disse Clara, que percebeu que o Jolteon estava ao lado de Cássio. Então você vai correr com o Jolteon?
- Sim! Mas não devo conseguir muitos pontos, ele não é tão rápido. Disse Cássio desacreditado.
Nessa hora, uma garota passou perto e disse:
- HAHA! Não vai mesmo! Eu irei ganhar, como sempre! HAHA...
Era Adriana montada em seu Persian.
- Insuportável. Disse Clara baixinho para Cássio que começou a rir.
Clara desejou boa sorte para todos e foi para a cidade, onde tinha um centro Pokémon e era a linha de chegada. Ela pegou uma carona no carro dos juízes que iam ficar esperando a chegada dos participantes.
Era possível ver diversos tipos de Pokémon, a maioria grande e forte. Ponyta, Arcanine, Ninetales, Tauros, Rhyhorn, Meganium, Quilava, Girafarig, Manectric, Absol, Grotle, Skunktank e, na frente, Sukiso em sua Rapidash.
- Ao sinal! Disse Lance com seu Gyarados Vermelho ao lado.
- Agora.
O Gyarados lançou um Hyper Beam muito forte para o céu. Até Clara que estava bem longe pode enxergar. Os pokemons começaram a correr como uma manada, espantando todos os pokemons selvagens que passavam por perto.
Rodrigo e Cássio estavam lado a lado, bem para trás dos primeiros lugares. Logo a frente deles estava Adriana no seu Persian.
- Olha o que ela está fazendo! Gritou Cássio.
O Persian estava usando o Ice Beam nos pokemons para poder tirá-los da corrida.
- Jolteon, Shock Wave no Persian.
O choque acertou Adriana e seu Persian, mas como era uma onda elétrica, acertou também todos que estavam perto e, inclusive, o próprio Cássio. Uma confusão aconteceu, igual na natação Pokémon.
- Cuidado! Gritou Rodrigo, mostrando umas pedras que tinham sido lançadas por um Rhyhorn.
- Persian, Bite nesse Jolteon estúpido.
- Jolteon, não o deixe aproximar, use o Pin Missile.
Cássio e Adriana começaram a fazer uma batalha enquanto estavam correndo. Rodrigo percebeu que aquilo iria atrapalhar eles e ordenou:
- Use o...
Mas nesse momento, um grande tremor fez com que todos se assustassem. Alguns treinadores caíram dos seus pokemons. Era um Earthquake que foi usado também pelo Rhyhorn.
- Não Jolteon!
- Levante Persian.
Falaram Cássio e Adriana para seus pokemons caídos no chão sem forcas. Rodrigo continuou seu caminho e apenas viu que os dois começaram a discutir e depois iniciaram uma batalha Pokémon.
- Absol, Shadow Ball! Falou um treinador que estava tentando parar o Rhyhorn.
- Magical Leaf. Rodrigo tentou ajudar.
O Rhyhorn ficou também sem forcas, mas nesse momento os pokemons mais rápidos já estavam muito distantes e, perto de Rodrigo, estavam os mais lentos e os que ficaram fracos com a confusão. De qualquer forma Rodrigo conseguiu chegar até a cidade, ganhando alguns pontos. Clara e ele foram para o centro Pokémon onde se preparavam para o contest do próximo dia.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

- Deixem os seus pokemons feridos aqui. Eu cuidarei deles. Falou o pai de Marcelo.
Os três foram então para o lado de fora da casa de Marcelo. Drake então perguntou:
- Quando você está querendo começar a jornada, Marcelo?
- Humm... Acho que vou pegar o barco de amanhã para Hiluba. Falou o garoto contente.
- Você é rápido heim! Mas acho que você deveria aprender algumas coisas antes. Disse Erik.
- O que, por exemplo? Perguntou.
- Como capturar um Pokémon. Respondeu Erik.
- É verdade! Seria bom já saber como fazer! Vamos tentar, aqui por perto, o local que mais fácil de encontrar pokemons é no lago. Falou Marcelo.
- Então vamos pescar! Disse Erik animado, pois o que mais gostava de fazer era capturas.
Marcelo conseguiu três varas de pescar em sua casa e ficaram na beira do lago. Alguns Magikarps apareceram, mas eles preferiram esperar algum Pokémon que valia mesmo a pena. Um tempo depois, a vara de Marcelo começou a mexer e um Mantyke apareceu.
- Vamos Marcelo agente te ajuda! Chame seu Pokémon. Falou Drake.
- Charmander, nossa primeira luta, vamos lá!
- Char-man-der.
O Charmander parecia confiante e olhava fixamente para o oponente.
- Use o Scratch!
Charmander tinha desvantagem por estar perto da água. Mas mesmo assim atingiu o golpe. Mantyke revidou com Bubble, que tirou bastante vida de Charmander.
- Continue no Scratch e desvie das bolhas! Disse Marcelo.
Charmander estava apanhando mais das bolhas do que conseguindo atacar.
- Use outro golpe. Falou Erik.
- Ember.
Nessa hora, Charmander parou e olhou para Marcelo sem saber o que fazer.
- Concentre-se! Use o Ember!
Charmander estava recebeu um Tackle e caiu. Ele levantou e se concentrou. A chama no seu rabo começou a ficar maior e mais quente. Ele então lançou um Ember que atingiu Mantyke, passando as bolhas que ele estava lançando.
- Use isso. Disse Erik entregando uma pokebola para Marcelo.
- Opa! Gente, acho que... Tentou falar Drake.
- Agora! Vai pokebola.
A pokebola vibrou duas vezes.
- Olhem! Mas ninguém prestava atenção em Drake.
O Mantyke cedeu e agora era um Pokémon de Marcelo. Erik deu parabéns a ele e finalmente deu atenção para Drake que estava segurando sua vara.
- Eu também fisguei um! Falou Drake.
Nessa hora, saiu do lago o Dratini que eles tinham visto mais cedo.
- O QUE? Um Dratini! Eu quero! Falou Erik.
- Nada disso. Eu vou tentar primeiro. Falou Drake.
- Ok, mas você só tem o Vulpix, se você perder é a minha vez.
- Ok. Vai Vulpix.
Dratini se sentiu ameaçado e usou o Thunder Wave de primeira em Vulpix, mas não conseguiu acertar.
- Ember.
O fogo acertou o Dratini, que fez uma expressão de dor.
- Continue com o Quick Attack!
Vulpix foi em direção ao Dratini, mas quando ia atacar, ele foi pego pelo Wrap, levando danos.
- Tente se soltar usando o Will-o-Wisp!
Dratini recebeu o fogo e soltou o Vulpix. Agora ele estava queimado.
- Pokebola vai!
Dratini se desviou da pokebola que foi parar dentro do rio.
- Olhem aquilo! Falou Marcelo.
Dratini estava trocando de pele, devido a sua habilidade Shed Skin, e por isso não estava mais queimado.
- Vulpix, Ember mais uma vez.
- DRAAA. Gritou Dratini ao receber o golpe.
Drake lançou outra pokebola. Dessa vez ela conseguiu acertar Dratini, mas não precisou nem vibrar uma vez e o Pokémon se soltou.
- Drake use isso. Um presente meu. Falou Erik entregando uma Ultrabola para seu amigo.
- Ei obrigado! Ultrabola vai!
Sem vibrar nenhuma vez, Dratini foi capturado. Agora Drake e Marcelo tinham novos pokemons. Eles voltaram para casa de Marcelo para recuperar também esses pokemons.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
021 - Entre Coordenadores de Alto Nível!

- Clara! Disse Cássio chegando perto da garota que estava com Rodrigo, concentrando-se para o contest daquele dia.
- Oi Cássio! Fiquei sabendo da confusão com a Adriana ontem. Você pelo menos a venceu? Perguntou Clara.
- AH! Nem me diga, não aturo aquela garota! E eu ainda perdi! Meu Jolteon estava fraco por causa do Earthquake e não conseguiu sustentar muito tempo. Foi por isso que vim falar com você. Nós temos que vencê-la de qualquer forma, promete? Ele respondeu.
- Ok! Prometo que não deixarei ela ganhar! Falou Clara.
Cássio começou a sair quando Drake e Erik chegaram perto dos outros dois. Rodrigo perguntou:
- Ai estão vocês! Ficamos preocupados com a demora.
- Desculpe por não ter avisado mas ontem eu e o Drake ajudamos Marcelo a iniciar a sua jornada e hoje fomos com ele até o porto, ele já foi para Hiluba começar a jornada e desafiar Gilda...
Erik contou tudo que tinha acontecido, sobre o Mantyke e sobre o Dratini de Drake. Clara e Rodrigo ficaram surpresos, mas como eles estavam em cima da hora, decidiram ir para o estádio das apresentações.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Ao chegarem lá perceberam que quase todos os participantes iriam entrar no concurso. Estavam todos se preparando. O primeiro treinador a entrar na arena foi uma garota e seu Weavile e depois foi Cássio com seu Mudkip.
- É com você Mudkip!
O Pokémon apareceu no estádio vestindo o cachecol vermelho que havia achado, mostrando seu estilo.
- Use o Double Team!
Diversos Mudkips apareceram em posições aleatórias no estádio.
- Rock Tomb seguido de Rock Smash...
As pedras que foram lançadas começaram uma a uma a serem quebradas pelos Mudkips.
- Termine com o Water Pulse.
Todos miraram para um ponto e lançaram o Water Pulse, convergendo uma grande porção de água. A água virou uma fonte e no meio dela pulou o verdadeiro Mudkip enquanto os outros desapareceram. A platéia gostou muito e, devido ao grande número de participantes, eles já chamaram o próximo. Depois de alguns foi a vez de Rodrigo:
- Shuppet sua vez! Use o Faint Attack e o Thunderbolt juntos.
O Pokémon fantasma concentrou a eletricidade na ponta da sua cabeça e começou a desaparecer e aparecer em outros lugares formando diversas luzes e pequenos raios que se interligavam. Depois disso ele terminou com um grande raio que se espalhou pelo ar. A platéia aplaudiu, mas não foi tão eufórico quanto precisava para ganhar muitos pontos.

Depois foi Erik e seu Eevee:
- Use o Hidden Power.
As pequenas bolas de energias foram lançadas para frente.
- Agora use o Quick Attack e atinja todas elas.
As bolas foram explodindo uma por uma e deixando um brilho por onde Eevee passava.
- Use o Bite na última.
A mordida fez uma grande explosão com a energia, lançando Eevee que foi dando cambalhotas no ar até cair em pé. A platéia gostou bastante das manobras de Eevee e Clara sabia que ele tinha copiado a sua técnica com Teddiursa em seu segundo concurso.

Adriana usou o seu Duskull:
- Agora vamos com “A Apresentação do Medo”. Mean Look.
Duskull fez uma cara feia e concentrada, atraindo a atenção de todos. Depois Adriana continuou:
- Night Shade.
O fantasma gerou um ambiente escuro e começou a criar ilusões e pesadelos nos outros.
- Termine com o Will-o-wisp.
Ainda com o clima macabro no ar, o fogo se espalhou e começou a flutar assustando a maioria das crianças que estavam por lá. Para finalizar, Adriana soltou uma risada maléfica. Depois de sua apresentação o estádio ficou calado e sem reação. Naquele clima, Clara entrou no estádio, pois era depois de Adriana.
- Finneon, hora de brilhar!
O Pokémon de água então foi direto para a piscina que o estádio tinha. Clara começou:
- Attract!
Finneon então deu um salto da água e usou o seu charme e o brilho do seu corpo para cativar a platéia que já começava a aplaudir.
- Continue com Rain Dance.
O céu podia ser visto, pois o estádio era aberto. Nuvens negras começaram a surgir e tudo começou a escurecer. Entretanto, Finneon começou a brilhar como fazia quando estava escuro. Sua cor verde se tomou conta do estádio.
- Use o Gust e mostre a sua velocidade.
O Pokémon usou os ventos para balançar a água e fazer parecer como uma tempestade, criando ondas. Como chovia, a velocidade de Finneon aumentou e com isso ele fazia rastros de luzes em meio ao que parecia ser uma tempestade. Com um Water Gun para cima ele terminou a apresentação. A animação da torcida voltou depois do clima que Adriana tinha trago. Clara saiu satisfeita.

Drake foi um dos últimos a se apresentar e chamou o Vulpix. Mesmo sem saber o que ia apresentar, ele tentou improvisar:
- Ember e Quick Attack!
O fogo saiu e Vulpix foi seguindo o seu caminho com o Quick Attack. Quando ele encostou no próprio fogo, começou a liberar o Flash Fire e brilhar. O brilho foi legal e chamou a atenção, inclusive dos juízes. Depois disso, Vulpix soltou um alto Roar e terminou a apresentação.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Enquanto todos esperavam, Karina ligou para eles:
- Parabéns para todos. Estavam muito bem! E Erik eu vi que você copiou a idéia da Clara, espertinho.
Erik ficou sem graça e começou a rir. Karina continuou:
- Eu vou pegar o barco para a Ilha hoje! Então amanha estarei ai. E tenho umas surpresas...
Nesse momento apareceu um Plusle na tela, que começou a pular na cabeca da Karina e depois soltou um ataque elétrico nela.
- Pare com isso Plusle! Ei, volte aqui... Gente, eu preciso desligar, até amanhã. Eu te pego seu... Desligou Karina que foi atrás do Plusle.
Todos começaram a rir da situação e por um momento esqueceram-se do resultado. Mas quando foi anunciado, eles viram que apenas Clara e Cássio tinham passado.
- NNNNNÃooooo...
Foi o grito de Adriana quando ela descobriu que não tinha passado. A enfermeira Joy tinha ficado com medo da apresentação e desclassificou a garota, que ficou nervosa e foi embora.
Cássio sorriu para Clara que respondeu da mesma forma. Eles então foram para as batalhas.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Cássio começou enfrentando a garota com o Weavile e seu Mudkip não resistiu aos ataques de gelo do oponente, desmaiando antes de acabar o tempo. Só tinha sobrado Clara. Seu oponente era um velhinho que na apresentação tinha usado um Slowbro.
- Teddiursa conto com você!
- Vamos Shedinja. Falou o velhinho.
Clara se assustou. Nunca tinha visto um, Shedinja. Pegou a pokedex e viu que ele só podia ser acertado por golpes super-efetivos.
- Hidden Power nele Teddiursa!
O ataque passou direto porque era do tipo normal e não afetava tipos fantasmas.
- Shedinja, Hyper Beam.
O raio atingiu Teddiursa com muita forca, os pontos de Clara já tinham caído bastante, estavam quase na metade, enquanto o outro tinha o total dos pontos.
- Shedinja continue com o Leech Life.
O Pokémon foi se aproximando e Clara não sabia o que fazer. Quando estava bem próximo Clara lembrou-se:
- Dig.
Teddiursa escapou por pouco.
- Shedinja prepare o Solarbeam. Retrucou o velhinho.
O Dig não funcionou também e o Solarbeam já estava quase pronto. Se Clara recebesse o Solarbeam diretamente seus pontos acabariam. Faltava 1 minuto apenas.
- Teddiursa, espere o momento certo.
- Agora, Solarbeam! Falou o oponente.
Uma grande energia saiu do Shedinja.
- Faint Attack.
Teddiursa conseguiu se desviar do golpe, com o seu movimento. E, devido a fraqueza contra tipos noturnos, Shedinja levou o golpe e perdeu a partida. Clara sentiu um alívio.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

As outras partidas foram muito duras, com excelentes coordenadores. Tinham passado Clara e seu Teddiursa, um garoto com um Cherrim, uma menina e seu Togekiss e o próximo oponente de Clara que usava um Scizor.
Enquanto acontecia a partida entre Cherrim e Togekiss, Karina entrou no estádio e se encontrou com Drake, Erik e Rodrigo.
- Como vocês estão? Falou a garota.
- Nós estamos bem e você? Respondeu Rodrigo.
- Cansada da viagem e da confusão que eu entrei.
- Que confusão? Perguntou Erik.
- Ah, depois eu explico, parece que a batalha de Clara será agora, certo?
Nesse momento o Togekiss tinha acertado um Aerial Ace em Cherrim e vencido a partida antes do fim do tempo.
- Que entrem os próximos participantes.
- Vai Teddiursa.
- Força Scizor. Disse o garoto.
Clara tinha que ser cuidadosa, Scizor era perigoso.
- X-scissor. Começou o oponente.
- Escape com o Dig, Teddiursa.
Conseguindo fugir do ataque, os pontos do oponente diminuíram.
- Scizor espere ele atacar.
Clara não entendeu a tática do garoto e continuou o ataque. Scizor recebeu o ataque e ficou bem próximo do Teddiursa.
- Brick Break, agora. Ordenou o garoto.
- Lick nele Teddiursa.
Scizor foi mais rápido e lançou Teddiursa muito longe. A pontuação agora estava igual, mas Teddiursa estava muito fraco por receber um ataque lutador.
- Quick Attack. Continuou o oponente.
Scizor era muito rápido e acertou Teddiursa em cheio.
- Aproveite e use o Brick Break.
- Faint Attack.
Os golpes se chocaram, mas como Teddiursa era menor e mais fraco ele foi isolado com o impacto, batendo contra a parede.
- Teddiursa não pode mais lutar. A vitória é de Scizor.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

No final Togekiss conseguiu vencer Scizor e sair campeão. Clara não ficou muito triste, mas percebeu que tinha que melhorar. Ela recebeu o apoio de todos, inclusive Cássio.
- Gente, agora eu tenho que ir buscar o meu “problema”. Falou Karina.
- Problema? Perguntou Drake.
- Sim, o Plusle que eu estou treinando só me coloca em confusões, ele não me obedece e não para quieto. Vocês vão ver...

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
022 - Caça ao Tesouro Fantasma!

Karina e os outros chegaram no centro Pokémon. A garota foi conversar com a enfermeira Joy para ver como estavam Plusle e Poliwirl.
- Poliwirl está bem, já Plusle precisa descansar mais um pouco, acho que amanhã ele estará recuperado.
- Obrigado, Joy! Disse Karina pegando a pokebola de Poliwirl.
Os outros estavam olhando a próxima programação do campeonato.
- Olhem! Hoje a noite haverá uma escalada no Pico dos Pássaros! Está escrito que para participar tem que chegar até a metade da montanha com um Pokémon voador e de lá seguir escalando a montanha. Dizem que no topo existe uma surpresa. Falou Rodrigo.
- Eu e meu Murkrow estamos dentro! Falou Erik.
- Assim como eu e meu Delibird, e você Drake, vai usar Ledian? Perguntou Rodrigo.
- Vou sim! Mas estou querendo saber o que tem no topo da montanha. Vou perguntar para a enfermeira Joy.
Drake foi lá perguntar, enquanto Karina fez uma expressão de alívio:
- Finalmente, um dia tranqüilo! Ela falou.
- Me conte porque o Plusle é tão bagunceiro. Disse Clara.
- Ele simplesmente não para quieto! Não fica dentro da pokebola enquanto não esgota suas energias. Quando está totalmente carregado de energias ele começa a correr, brincar, quebrar coisas, soltar ataques elétricos e outras coisas. Até que eu perca a paciência e use um dos meus pokemons para pará-lo. Desabafou Karina.
- Ele parece bem difícil de lidar mesmo. Concordou Erik.
Drake voltou e reportou o que a Joy disse:
- Gente, a Joy disse que não sabe o que de especial tem no topo da montanha, mas ela sabe que o Pico dos Pássaros é um local para a procriação de pokemons voadores. Em cada época do ano, um tipo de Pokémon voador vem para a ilha deixar seus ovos. Ela disse que há boatos que inclusive pokemons lendários aparecem de vez em quando, ela viu um Dragonair recentemente. Mas, mudando de assunto, ela me falou que hoje começou outra competição também: a Caça Pokémon. Eles soltarão um Pokémon raro pela ilha e quem conseguir capturá-lo vai ganhar vários pontos. Diz ela que é um Pokémon fantasma e é tudo o que ela sabe.
- POKEMON RARO? VAI SER MEU! Falaram Erik e Clara ao mesmo tempo.
- Parem vocês dois com essa disputa de sempre, Erik ta na hora de ir para a escalada.
- Haha! Eu vou capturar esse fantasminha enquanto você está na competição! Clara tentou irritar Erik.
Os três meninos se prepararam para passar a noite escalando, recuperaram os pokemons e pegaram suas mochilas e partiram. Com a ajuda de um mapa eles iam chegar até a base do Pico e com seus pokemons voadores iriam subir até a largada. As meninas ficaram e Clara estava ainda um pouco desanimada por causa da perda no concurso.
- Ei, não fique triste! Da próxima você consegue a sua segunda fita. Falou Karina.
- É, mas eu sempre perco nas batalhas! Tenho que ficar mais forte. E vai ser agora. Vou batalhar.
As duas foram para o campo de batalha ao lado do centro. Não havia quase ninguém, Clara chamou alguns treinadores para batalhar e um deles aceitou, ele tinha um Furret no braço. Karina ia ser a juíza:
- A batalha será de 3 X 3. Podem começar.
- Vai Venonat.
- Vamos Mankey!
O treinador elogiou o Venonat Shine de Clara e começou:
- Low Kick
- Revide com o Disable.
Mankey ficou impossibilitado de usar o Low Kick e não atingiu o Pokémon de Clara.
- Supersonic.
- Focus Energy para melhorar o ataque.
Mankey conseguiu concentrar a sua forca mas ficou confuso com o ataque de Venonat e começou a se debater.
- Confusion no Mankey.
O oponente foi levantado do ar, ainda confuso e sem se controlar, e depois lançado no chão.
- Mankey está fora de combate! Falou Karina.
- Retorne Mankey, vai Furret, conto com você.
O Furret desceu do ombro dele e entrou na partida.
- Supersonic.
- Defense Curl.
O ataque de Venonat não acertou dessa vez, pois Furret enrolou seu corpo em formato de uma bola. O menino aproveitou:
- Rollout.
O ataque acertou Venonat em cheio da primeira vez.
- Prepare-se Venonat, use o Leech Life quando ele se aproximar.
O Rollout estava chegando denovo quando Venonat tentou parar o golpe com o seu corpo e morder o Furret. Venonat conseguiu usar o seu golpe, mas depois cedeu para o Rollout e foi jogado.
- Resista Venonat! Disse Clara.
- Continue o Rollout. disse o garoto.
Agora o Rollout ia vir com mais forca ainda, mas Clara ordenou:
- Disable.
Furret foi obrigado a parar de usar o golpe, mas seu treinador continuou:
- Slam!
- Venonat está fora de combate.
Clara recolheu e agradeceu ao seu Pokémon e chamou o Sunkern.
- Grasswhistle.
- Furret, Dig.
O Pokémon do tipo normal cavou antes da música fazer efeito.
- Sunkern, use o Ingrain para recuperar energia todo turno. Clara mandou.
O oponente acertou o Dig, mas não causou muito dano e Sunkern ainda estava com bastante energia devido ao Ingrain.
- Agora Leech Seed.
- Furret, Slam.
O Furret acertou o Slam e mesmo assim ainda recebeu as sementes enquanto atacava. Ele estava sofrendo com a perda de energia todo turno.
- Dig, mais uma vez.
Ele foi para debaixo da terra.
- Mega Drain quando ele sair.
O oponente acertou o Dig e logo depois recebeu o Mega Drain. Furret não resistiu ao Leech Seed retirando energias dele.
- Vai Shellder.
- Sunkern inicie com o Mega Drain.
- Cuidado Shellder, Icicle Spear.
Enquanto Shellder tacava as laminas de gelo, o Mega Drain ia tirando a energia dele. Shellder levou muito dano devido a sua fraqueza. O ataque de Shellder acertou 3 vezes e derrubou o Sunkern.
- Ok. Para terminar, vamos Igglybuff. Prepare para a batalha.
O Pokémon quando entrou no campo já se encheu como se estivesse cheio de energia para lutar. - Water Pulse, Shellder.
- Igglybuff, use o Rollout e passe por dentro do pulso da água.
A tática de Clara funcionou e o Rollout acertou Shellder em cheio, isolando-o.
- Shellder está fora de combate! Vitória de Clara e Igglybuff.
Os dois treinadores se cumprimentaram e Clara pegou mais um ponto. Ela ficou muito feliz. Entretanto, um grande barulho veio de dentro do centro Pokémon, elas foram ver o que estava acontecendo.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------

No caminho até a base do Pico dos Pássaros, Erik avistou um Oddish e queria capturá-lo. Mas Rodrigo não deixou:
- Você já tem um! Pra que outro? Vamos chegar atrasados se ficar tentando capturar todos os pokemons que avistar.
- AH! Mas eu gosto de fazer capturas você sabe. Disse Erik.
Quando eles chegaram na base, chamaram Delibird, Murkrow e Ledian. Erik e Rodrigo começaram a ser puxado pelos seus pokemons e foram em direção à largada. Murkrow era pequeno e tinha muita dificuldade em levar Erik, mas com muito esforço ele conseguia. Drake entretanto falou:
- Podem ir na frente! Achei um Pokémon interessante.
- Não demore. Falou Rodrigo.
Erik fez uma cara feia como se estivesse dizendo: “Ele você deixa Né?”
- Ledian, ataque aquele Ralts com Mach Punch.
O ataque foi tão rápido que Ralts nem percebeu a aproximação de Ledian. O Pokémon selvagem então começou a usar o Double Team.
- Use o Comet Punch e ache o verdadeiro.
Com alguns socos, Ledian encontrou o verdadeiro e acertou o golpe.
- Supersonic!
- Agora pokebola vai!
O Supersonic não afetou Ralts. Entretanto, ele percebeu a movimentação de Drake e usou o Teleport fugindo.
- AHHHH perdi ele bem na hora! Vamos subir então Ledian.
Quando Drake se virou tinha um Skarmory com cara de bravo olhando para Ledian. O Supersonic tinha irritado ele.
- Cuidado Ledian.
Mas foi tarde para o Pokémon desviar, Skarmory acertou um Air Cutter. Skarmory continuou partindo para usar outro golpe.
- Ledian use o Mach Punch.
O ataque acertou Skarmory em cheio, mas não impediu o Pokémon metálico de revidar com o Fury Attack. Ledian não sustentou e desmaiou.
- Dratini vamos para a sua primeira batalha.
Dratini saiu da pokebola ainda dormindo, mas acordou assim que percebeu a situação. O novo Pokémon ficou com medo do Skarmory e parecia tremer.
- Cuidado Dratini.
Mas outro Air Cutter do Skarmory acertou e jogou Dratini longe, ele ficou muito fraco.
- Thunder Wave.
Dratini hesitou, mas acertou o golpe, paralisando o Pokémon voador.
- Agora Wrap.
Dratini agarrou Skarmory, mas o Pokémon fez forca com as asas e conseguiu escapar. Ele partiu para outro ataque em Dratini, mas Drake chamou o Pokémon de volta, sabendo que ele ainda era fraco.
- Vulpix, Ember.
O Vulpix apareceu na partida e já usou o ataque de fogo, mas Skarmory desviou e o ataque acertou uma árvore que começou a pegar fogo. Skarmory usou o Fury Attack e também errou, pois Vulpix conseguiu desviar.
- Não temos outra escolha, Vulpix use o Roar.
O rugido de Vulpix espantou Skarmory, deixando Drake em paz, finalmente. Entretanto, o fogo começou a se espalhar pelas árvores. Drake então lembrou de algo que tinha visto na Tv, “Esquadrão Squirtle”.
- Wartortle, me ajude a apagar o fogo.
Com o Water Gun, Drake conseguiu impedir que um incêndio começasse. Depois ele voltou rápido para o centro, pois ficou preocupado com os ferimentos do Dratini.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
-------------------------------------------------------------------------------------------------------

Erik e Rodrigo chegaram à largada e não conseguiram encontrar Drake.
- Ele deve ter desistido para capturar aquele Pokémon, seja o que for. Disse Rodrigo.
- Deve mesmo. Mas se for um Pokémon raro vai ser sacanagem! Ele já capturou o Dratini nessa ilha! Muito mais raro que os meus pokemons!! Disse Erik indignado.
A escalada ia começar e então Lance, com seu Dragonite ao lado, disse:
- Daqui até o topo vocês não podem usar pokemons voadores para chegar até lá. Vocês tem que ir a pé e podem usar seus pokemons para criarem atalhos ou se defenderem de pokemons que possam aparecer. Eu estaria voando em meu Dragonite em volta do Pico para ver se ninguém está trapaceando. Não é uma corrida, quem chegar até o topo ganhará os pontos. Vocês podem subir pelo caminho que já existe e possui alguns desafios, ou tentarem escalar pelas paredes, com seus pokemons. Podem começar.
Erik e Rodrigo desejaram boa sorte entre eles e começaram a subir pelo caminho normal, já que nenhum dos pokemons deles sabia Rock Climb. Haviam quatro pontos de parada para descanso ou ajuda entre a largada e o topo. O clima estava bem frio. No caminho eles puderam ver diversos ninhos de Pokémon. Erik avistou um pequeno Togepi, em um dos ninhos mais do alto e disse:
- Ali! O Pokémon raro que eu estava esperando. Vou até lá.
Erik começou a escalar, mas estava com dificuldade.
- Erik, olha para cima. Gritou Rodrigo.
Quando ele olhou, conseguiu enxergar dois Togetics olhando para ele. Erik continuou a subir da mesma forma, mas os Togetics começaram a usar o Metronome.
- Cuidado Erik.
Um dos Togetics usou o Tickle e começou a fazer cócegas em Erik, que começou a escorregar. Já o outro lançou Swift e derrubou Erik. Por sorte, ele não se machucou e, desistindo do Togepi, decidiu continuar a subir. Eles viram um grupo de treinadores tentando se livrar de um Fearow, um treinador que estava tentando capturar um Smeargle e outro treinador que estava escalando a parede com seu Blaziken.
- BUMM, BUM, BUM...
- O que é isso? Perguntou Rodrigo.
Eles perceberam que era um treinador e um Raichu que estavam batendo na parede e fazendo pedras desmoronarem.
- Pare com isso! Você vai bloquear o caminho fazendo essas pedras caírem. Disse Erik.
- Esse é o objetivo. Não me atrapalhem. Raichu continue com o Rock Smash. Falou o treinador.
- Nós não vamos deixar. Falou Rodrigo.
Nesse momento, um grande desmoronamento começou e alguns pedras foram em direção à Erik e Rodrigo.
- Baltoy, Protect, rápido.
A manobra de Erik conseguiu protegê-los. Mas Baltoy ficou ferido devido a forca que a pedra fez ao cair.
- Parem de me atrapalhar, Raichu Hyper Beam.
O ataque dele acertou Baltoy em cheio e ele desmaiou. Entretanto, com a forca do ataque, mais pedras começaram a cair e foram na direção de todos. Raichu recebeu muito dano e também desmaiou.
- Horsea, agora você use o Protect! Falou Erik chamando seu Pokémon.
Horsea também teve que usar muita energia para se proteger das pedras. O treinador do Raichu saiu correndo com medo de ser dedurado pelos garotos.
- Temos que agradecer a seu pai pela técnica! Falou Rodrigo.
- Por isso que ele gosta tanto dela. Disse Erik.
Eles continuaram o caminho e chegaram no primeiro ponto de descanso. Entretanto, Erik avistou um Gliscor e começou a atacá-lo para capturar. Ele estava usando o Houndour.
- Ember.
O Gliscor conseguiu desviar e usou o X-Scissor, derrubando Houndour com apenas um golpe. Erik ficou intimidado com a forca dele e foi embora. Ao se encontrar com Rodrigo ele disse:
- Eu decidi que não vou continuar a subir. Dois pokemons meus já estão sem energias e Horsea também está fraca. Além disso, Eevee participou do contest hoje e também tem que descansar. Pode seguir sozinho.
Rodrigo se despediu de Erik e continuou a subir. No local não tinha quase nenhum treinador. Erik ficou sabendo que ele ia ter que esperar até que Lance aparecesse no ponto para dar uma carona até a base da montanha. Então ele decidiu dormir um pouco até Lance chegar. Ele deitou dentro da casa do ponto de descanso e apagou.
Entretanto, ele começou a se sentir mal e ter pesadelos. Ele acordava e voltava a dormir e continuava a ter pesadelos. Até que uma hora ele desistiu de dormir e se levantou, nessa hora ele avistou o seu Eevee fora da pokebola, atento e rosnando.
- É aquele Pokémon que te atacou há um tempo atrás, num é? Falou ele para o seu Pokémon, enquanto o fazia acalmar.
Erik então se levantou e foi dar uma volta, nesse momento ele avistou Lance e voltou para a base da montanha.

------------------------------------------------------------------------------------------------------

Rodrigo continuou subindo e encontrando pokemons cada vez mais perigosos. Ele encontrou um Dusclops que derrubou o seu Shuppet e deixou o Tropius com ferimentos graves e queimado, devido ao Will-o-wisp. Subindo mais, um Steelix apareceu:
- Wailmer use o Water Spout.
O Steelix recebeu o dano daquele golpe muito forte de Wailmer. Como a vida de Steelix estava completa, o golpe tirou mais ainda. Steelx então usou o Crunch e depois o Iron Tail no Wailmer.
- Water Gun.
O Water Gun derrotou o Steelix, mas Wailmer agora também estava cansado. Rodrigo conseguiu chegar até o terceiro ponto sem mais problemas. Faltava o quarto ponto e depois o pico. Entretanto a partir dali era possível ver neve e o ar começava a ficar rarefeito. Para piorar começou uma chuva e como estava frio, ela caia como chuva de granizo (Hail). Ele conseguia ver apenas mais alguns 10 treinadores que também tinham chegado até o terceiro ponto. Rodrigo continuou.
Um Froslass apareceu e desafiou Rodrigo, incomodada e com medo de que seus pequenos Snorunts fossem capturados. Ele usou o Larvitar.
- Use o Sandstorm e tente afastá-la.
O Sandstorm não funcionou e a Froslass usou o Ice Shard, que junto do dano do Hail, derrotou o Larvitar. Tropius tinha muita fraqueza no gelo, Wailmer estava fraco e Shuppet não podia mais lutar. Então só faltava Electrode e Delibird. O dia já estava quase amanhecendo e o Electrode entrou para ajudar Rodrigo.
- Charge Beam.
Entretanto o ataque foi barrado pelo Ominous Wind que Froslass lançou. Percebendo que era um Pokémon muito forte, Rodrigo teve que usar:
- Selfdestruct.
A explosão enfraqueceu Froslass que fugiu. Rodrigo então conseguiu chegar até o quarto ponto, mesmo sendo perseguido por um Graveler, que seu Delibird derrotou facilmente. No quarto ponto, ele podia avistar o pico, pois estava começando a amanhecer. Havia dois treinadores lá, recolhendo umas flores. Rodrigo viu um treinador que tinha começado a subir até o topo batalhando com um Probopass e, vendo que ainda podia encontra pokemons fortes decidiu não subir até o topo.
Ele ficou sentado no quarto ponto observando o pico, para ver se conseguia enxergar qual era a surpresa. O dia então amanheceu e o frio diminuiu um pouco. De repente um Pokémon saiu da pokebola de um dos treinadores que estava no topo – agora eram três. Era um Blaziken. Rodrigo percebeu que era aquele treinador que tinha escalado a montanha.
Depois ele viu que uma batalha tinha começado e pode ver um Pokémon voador usando um Air Slash e derrotando Blaziken. O Pokémon voador então saiu de perto e começou a voar em volta do pico, passando perto de Rodrigo. Nessa hora ele percebeu que era um Shaymin em sua Sky Forme. A escalada tinha valido a pena só por poder ver um Pokémon tão raro quanto aquele.
- Delibird, pegue uma daquelas flores no topo da montanha, pode ir voando, mas se algum Pokémon aparecer volte.
Delibird conseguiu ir e voltar sem problemas, trazendo para Rodrigo uma Glacidea Flower. Os três treinadores desceram e contaram para Rodrigo sobre a batalha com o Shaymin. Eles então desceram a montanha.

------------------------------------------------------------------------------------------------------

Karina e Clara chegaram ao centro e perceberam que a luz havia acabado. Quando eles entraram a enfermeira Joy falou que o Plusle tinha usado um ataque elétrico e tinha estragado o gerador de energia. Agora Plusle estava fazendo bagunça como sempre e soltando ataques elétricos para todo lado. Dez minutos depois, misteriosamente, a energia voltou.
- Como isso aconteceu? O gerador está estragado. Falou Karina.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
023 - Atração Elétrica!

Karina e Clara chegaram ao centro e perceberam que a luz havia acabado. Quando elas entraram a enfermeira Joy falou que o Plusle tinha usado um ataque elétrico e tinha estragado o gerador de energia. Agora Plusle estava fazendo bagunça como sempre e soltando ataques elétricos para todo lado. Dez minutos depois, misteriosamente, a energia voltou.
- Como isso aconteceu? O gerador está estragado. Falou Karina.
Nesse momento as três conseguiram ver o Plusle ainda correndo pelo Centro Pokemon. A Blissey da enfermeira Joy entrou em ação:
- Use o Body Slam no Plusle! Falou Joy.
Plusle percebeu a movimentação do oponente e então usou o Substitute para não levar o dano e ainda revidou com o Grass Knot. Esse ataque fica mais forte quanto mais pesado o adversário e, como Blissey é bem pesada, tirou muito dano.
- Blissey pare de lutar, você tem que guardar as suas energias para ajudar os pokemons doentes. Disse Joy.
- Eu vou fazer alguma coisa... Disse Karina. Nesse momento a luz acabou de novo. Ninguém sabia o que estava acontecendo. Um brilho então apareceu e Plusle, curioso, foi até ele.
Ao encostar-se ao brilho, ele começou a se mexer. Plusle usou o Thundershock e fez o brilho correr para dentro da geladeira. A energia voltou e nessa hora, a geladeira começou a se mexer. Ela usou o Blizzard e Plusle levou muito dano, mas ainda estava de pé. As garotas perceberam então que era um Rotom.
- Ei aquele Rotom é um Pokémon muito raro! Ele deve ser o Pokémon que deve ser capturado na campanha da caça ao tesouro fantasma! Disse Karina.
- Deve ser mesmo e também é ele que está gerando a energia para manter a eletricidade. Concordou a Joy.
Plusle ficou com raiva e usou o Iron Tail na geladeira, quebrando uma das portas. Rotom tinha desaparecido.
- Plusle acalme-se. Falou Karina.
Mas o Pokémon não se cansava e devido a raiva, começou a soltar vários Thunderbolts destruindo grande parte do centro.
- Vai Poliwhirl! Chamou Karina.
- Vamos Finneon. Falou Clara.
As duas então planejaram enfraquecer Plusle para retorná-lo para a pokebola.
- Use o Water Gun. Ordenou Clara.
- E você use o Bubblebeam. Falou Karina.
Os ataques acertaram Plusle e finalmente o fizeram desmaiar. Karina retornou o Pokémon. Finalmente, tudo estava resolvido. Ou não. Rotom apareceu em sua forma de ventilador e começou a usar Thundershocks e Air Slashs nos pokemons. Devido a fraqueza contra ataques elétricos os dois pokemons aquáticos não resistiram.
- Vamos sair daqui! Falou a Joy.
As três foram para fora do centro e começaram a pensar no que fazer. Nesse momento Drake chegou dizendo:
- JOY! JOY! Preciso da sua ajuda! Meu Pokémon, Dratini, se machucou feio numa batalha. Por favor, olhe ele para mim!
- Desculpe! Mas o centro foi todo danificado, não posso cuidar de nenhum Pokémon. Disse a enfermeira Joy.
- O que houve? Perguntou Drake.
- O Plusle começou a fazer bagunça e irritou um Rotom! Os dois destruíram grande parte do centro Pokémon. Agora, ninguém consegue entrar lá devido ao Rotom. Disse Clara.
- Entendi. Acho que devemos esperar até amanhã. Ai o Rotom já deve ter se acalmado e todos podem entrar no centro novamente. Mas e o meu Dratini, tenho que ajudá-lo. Disse Drake.
- Deixei-o dentro da pokebola e ele ficará bem até amanhã. Ai eu poderei cuidar dele. Falou a Joy.
Eles então foram dormir. No meio da noite Erik chegou e acordou Karina:
- Ei, porque o centro Pokémon está fechado? Preciso recuperar alguns.
- Ele foi destruído por Plusle e um Rotom... Respondeu a garota ainda sonolenta.
- O QUE? UM ROTOM? AONDE? Gritou Erik acordando Drake e Clara também.
Nesse momento, o Plusle saiu da pokebola.
- Tudo de novo não! Falou Clara.
O Pokémon elétrico saiu correndo e entrou no centro. Mostrando que queria desafiar o Rotom. O oponente estava agora em sua forma de forno/fogão. Ao ver que tinha gente por ali, ele usou o Overheat, derrubando o Plusle que ainda estava cansado do dia anterior. O centro começou a pegar fogo e Rotom sumiu. Drake, repetindo o que tinha feito na floresta, chamou Wartortle e apagou o fogo.
- Pelo visto ele ainda está irritado. Disse Clara.
- Eu vou acalmá-lo. Disse Erik.
- Como? Perguntou Karina.
- Com a minha pokebola. Uma vez capturado ele não vai causar mais problemas.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Até o outro dia de manhã Rotom não apareceu mais. Rodrigo voltou e ficou sabendo da confusão. Entretanto, mais problemas surgiram. Como todos os treinadores tinham voltado da escalada, vários foram recuperar os seus pokemons no centro. Mas devido à destruição, não era possível atendê-los.
- Vamos ter que cuidar dos nossos Pokémons nós mesmos. Falou Rodrigo.
- Mas eu não sei como. Disse Clara.
- Agente te ensina. Falou Karina.
Todos então começaram a cuidar de seus pokemons. Eles estavam indo muito bem, Clara aprendeu bastante com as táticas de Rodrigo e Karina que sabiam bastante. Mas, horas depois Drake percebeu que o seu Dratini ainda estava com dores e não melhorava. Preocupado ele foi falar com a enfermeira Joy.
- Joy! Preciso de sua ajuda. Meu Dratini não está melhorando, mesmo depois dos medicamentos. O que eu faço?
- Isso é preocupante. Pokemons dragões tem sua peculiaridade. Venha comigo. Falou a enfermeira indo em direção ao centro da cidade do Pico dos Pássaros.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os outros quatro então começaram a ver as atividades do dia. Faltavam dois dias para o fim da competição e no último dia iria acontecer o momento mais esperado de todos: o torneio de batalhas. Mas enquanto isso eles pretendiam batalhar e intensificar o treinamento.
- Pelo visto não há nenhuma atividade específica hoje. Como opções, temos batalhas, capturas, procurar por itens escondidos pela ilha e a “caça ao tesouro fantasma” que sabemos ser o Rotom. Disse Rodrigo.
- Eu não saio daqui enquanto não capturar o Rotom. Ponto final. Falou Erik.
- Eu tenho que deixar meus pokemons descansando um pouco. Eles batalharam muito esses dias e amanhã já temos outra competição... Falou Clara até ser interrompida pela chegada de Falks.
- Como estão os meus garotos e garotas? Falou o Frontier Brain.
- Fora as confusões de Plusle, estamos bem. Disse Karina desabafando.
- Eu fiquei sabendo, mas veja pelo lado bom: os orientadores decidiram dar pontos a mais para os treinadores que conseguiram recuperar os seus pokemons sozinhos, sem precisar da enfermeira Joy ou de outros. E como vejo aqui, vocês todos estão de parabéns. Respondeu Falks.
- Ah isso pelo menos é algo animador. Mas ainda quero aquele Rotom! Não desistirei. Disse Erik. - Boa sorte então filho. Se você conseguir, vai ganhar muitos pontos. Ele é o Pokémon da caça fantasma. Respondeu o pai do garoto.
- AHA! Como eu disse! Falou Karina.
- Agora eu tenho que ir avaliar os outros! Até mais... Saiu Falks.
Nesse momento, Larvitar e Shuppet estavam brincando no gramado. Eles estavam se dando muito bem, finalmente Larvitar tinha ficado mais amigo dos antigos pokemons de Rodrigo.
- Que barulho é esse? Perguntou Clara.
- OLHA ALI! Disse Karina.
Era o Rotom em sua forma de cortador de grama que estava vindo em direção à eles. O Pokémon preparou um ataque Leaf Storm e lançou contra Shuppet e Larvitar. Os dois pokemons não conseguiram desviar e receberam o golpe, Larvitar ficou muito bravo e desafiou o Rotom para batalhar.
- Vamos Larvitar use o Sandstorm. Falou Rodrigo.
O cortador de grama ficou perdido em meio à areia. E pouco tempo depois parou de fazer barulho.
- Onde ele foi? Perguntou Rodrigo.
Rotom, em sua forma original, passou na frente do Larvitar e fugiu, literalmente, na velocidade da luz.
- Esse Pokémon é medroso! Não termina nenhuma batalha... Disse Clara.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Drake e Joy foram até o local da concentração dos orientadores e lá encontraram com Lance.
- Lance, esse garoto precisa da sua ajuda. Falou Joy.
- Lance, meu Dratini ficou ferido em uma batalha contra um Skarmory e não melhorou até agora. Estou preocupado.
- Deixe-me ver. Falou o ex-campeão da liga.
Dratini estava tremendo e seu corpo estava muito quente.
- Já sei o que temos aqui. Esse seu Dratini é muito novo, correto? Deve ter saído do ovo recentemente. Falou Lance pensativo.
- Eu o capturei a poucos dias atrás, aqui mesmo na ilha. Disse Drake.
- Então ele deve ser bem novinho mesmo, estamos na época dos filhotes nascerem. Deixe-me explicar o que está acontecendo. Os Dratini’s tem uma habilidade especial chamada Shed Skin, que o faz trocar de pele para se curar. Entretanto, a primeira vez que eles trocam de pele na vida é dolorosa e estressante. Por isso, o seu Dratini está se sentindo mal. Vamos passar um pouco desse creme e... pronto! A pele antiga já saiu, agora em minutos ele vai melhorar. Explicou Lance. - Muito Obrigado! Muito mesmo. Como posso lhe agradecer? Perguntou Drake.
- Honre, sempre, os tipos dragão. Assim me sentirei feliz. E acho que o seu Dratini merece isso - O treinador de pokemons dragões disse ao entregar uma presa para Dratini – Isso é um Dragon Fang, que melhora os ataques do tipo dragão. Faça bom uso! Lance se despediu e foi resolver outros assuntos.
Drake agradeceu a ajuda de enfermeira Joy e, depois de ter passado a preocupação, pensou no torneio de batalhas que estava por vir. Será um desafio e tanto.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

- Ah, mas é hoje que eu pelo menos enfrento esse Pokémon. Vamos Murkrow, ele deve estar no centro Pokémon. Disse Erik perdendo a paciência depois que o Rotom sumiu.
Os quatro entraram no centro Pokémon destruído, enquanto o dia escurecia, e não viram nenhum sinal do Pokémon elétrico. Rodrigo teve uma idéia:
- Electrode vamos ajudá-los. Use o Charge Beam para chamar atenção do Rotom.
O ataque elétrico se espalhou pelo centro Pokémon destruído. Segundos depois Rotom apareceu em sua forma normal.
- Murkrow use o Peck.
O Pokémon voador não foi rápido o suficiente para acertar o Rotom, que percebeu o perigo e saiu correndo. Já estava bem escuro e eles mal podiam enxergar. Minutos depois ele voltou como uma máquina de lavar. Ele usou o Thunder Wave.
- Use o Haze! - Falou Erik, impedindo que seu Pokémon ficasse paralisado. - Continue com Mean Look.
- Boa tática, assim ele não foge mais! Falou Rodrigo.
Rotom não podia mais fugir da batalha e então usou o Thundershock acertando Murkrow em cheio. O Pokemon voador caiu no chão.
- Levante-se e use o Pursuit. Ordenou Erik.
O golpe noturno é super efetivo em Rotom, mas o fantasminha respondeu com Hydro Pump acertando Murkrow em cheio.
- Retorne Murkrow. – Chamou Erik – Vamos Houndour, use o Smog.
O golpe de Houndour acertou em cheio e deixou o Rotom envenenado. Antes que o Rotom usasse o Hydro Pump de novo, Erik agiu:
- Dusk Ball vai pegá-lo!
O pokebola vibrou uma vez. Vibrou novamente e dessa vez mais forte. Na terceira vibrada, Rotom cedeu e a pokebola foi diretamente mandada para o Battle Camp, local onde ficam os pokemons dos iniciados por Falks.
- Consegui! Voltei a minha boa forma de capturador. Quem já foi rei nunca perde a majestade. Disse Erik para Clara, provocando-a.
- Parabéns! Mas acho que agora você deve uma máquina de lavar para a enfermeira Joy. Disse Rodrigo soltando risadas.
Depois daquele dia estressante, eles descobriram que foi aberto um centro Pokémon provisório perto do antigo. Drake retornou e antes de dormir ficou sabendo do que tinha acontecido. Acho demais Erik ter capturado um Rotom. Eles foram dormir, pois faltava apenas um dia antes da competição de batalhas e eles precisavam estar preparados.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

No outro dia, Clara acordou bem cedo e quando foi levar o seu Sunkern para ficar um pouco no sol da manhã, ficou sabendo que Adriana tinha desafiado ela para uma batalha e a juíza será Gilda, mãe de Adriana e líder de GYM.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
024 - Irritando o Pokémon Errado

- Clara! Disse a enfermeira Joy indo em direção à garota.
- Ei enfermeira Joy! Respondeu.
- Adriana pediu para lhe entregar esse bilhete. – Disse Joy entregando um pedaço de papel e depois fazendo carinho no Sunkern de Clara que aproveitava o sol da manhã.
Clara agradeceu à enfermeira, que voltou para o centro Pokémon provisório. Curiosa, Clara abriu o bilhete imediatamente: “Te desafio para uma batalha, quem perder entrega todos os pontos que tem. 3 horas da tarde, no campo de areia perto da floresta ao norte. Ass: Adriana, prepare-se.” Vendo aquilo, Clara recolheu o Sunkern e voltou ao dormitório.
Chegando no dormitório, ela percebeu que Erik estava no telefone com a mãe dele:
- Mande pode aceitar a troca agora. Horsea já está indo. Falou o garoto.
A pokebola de Baltoy foi tele-transportada para o Battle Camp, enquanto uma nova veio para Erik. Ele chamou o Pokémon:
- Rotommmm!
Clara se aproximou e disse:
- Orgulhoso da sua captura é?
- Sim. Rotom é um bom Pokémon e nessa forma de máquina de lavar ele pode ser bem útil. Respondeu Erik.
Nesse momento, Karina passou correndo, perseguindo o Plusle que tinha acordado e saído da pokebola. Plusle pulava, usava o Grass Knot para derrubar Karina e usava o Thunderbolt para fugir dela. Entretanto, quando Plusle viu Rotom parado perto de Erik, o sorriso de brincalhão na sua cara passou e ele desafiou a máquina de lavar.
- Plusle, não ataque ele! Disse Karina, tarde demais, quando Plusle estava preparando-se para usar o Iron tail.
- Rotom, Thunder Wave. Ordenou Erik.
A onda de choques paralisou o pequeno rato elétrico, impedindo-o de usar o Iron Tail.
- Agora, Hydro Pump. Continuou Erik.
O ataque foi muito forte e lançou Plusle contra a parede. Mesmo ainda podendo continuar a lutar Plusle desistiu e foi andando até Rotom. Chegou perto do Pokémon elétrico e deu um abraço nele. Plusle tinha achado algum Pokémon para respeitar. Depois disso, Plusle uis voltar para a pokebola por conta própria.
- Pelo visto, Plusle decidiu se acalmar inspirando-se em Rotom. Falou Karina achando aquilo tudo muito estranho.
Depois dessa pequena confusão, Clara contou do desafio e disse que iria aceitar. A garota pensou muito em quais pokemons ia usar e até a hora da batalha ficou concentrada no que iria fazer. Enquanto isso, Erik foi mostrar para Falks e Lance, seu orientador, que havia capturado o Rotom, para que ganhasse os pontos. Drake e Rodrigo decidiram batalhar contra outros treinadores em uma batalha em dupla:
- Dois pokemons para cada treinador. Vamos Bibarel. Falou o oponente, enquanto o seu parceiro lançava um Corpish.
- Ei Rodrigo, são dois pokemons aquáticos, você sabe o que fazer. Ledian conto com você.
- Ok Drake. Electrode vai!
Karina ficou observando e cuidando de seu Porygon.
- Comece com um Charge Beam no Bibarel. Iniciou Rodrigo.
- Mach Punch Ledian, também no Bibarel.
Como o Mach Punch ataca primeiro e o Electrode é muito rápido, Bibarel recebeu dois ataques superefetivos e foi derrotado. Electrode melhoru seu ataque especial devido a habilidade do golpe. Corpish usou um Aerial Ace em Ledian, tirando bastante dano. O oponente chamou um Combusken para a luta.
- Retorne Ledian, vamos Cubone. Falou Drake.
- Electrode Charge Beam no Corpish!
- Bubbluebeam no Cubone – Double Kick no Electrode. Disseram os oponentes.
O Charge Beam, com um ataque mais forte, derrubou Corpish facilmente. Mas Combusken acertou em cheio o Double Kick, deixando Electrode mais fraco.
- Dig Cubone! Disse Drake.
Combee entrou no combate no lugar de Corpish. Rodrigo olhou para Drake e disse:
- Vou acabar com isso logo, Selfdestruct!
A explosão tirou todos de combate. Menos Cubone que estava debaixo da terra. Quando ele retornou, ficou sem entender porque todos tinham sido derrotados tão rapidamente. Drake e Rodrigo receberam os pontos e depois Drake comentou:
- Parecem que eles eram iniciantes. Não tinham muita técnica.
Rodrigo concordou e todos foram se reunir com Clara para o desafio. No caminho todos perceberam que ela estava um pouco nervosa. Chegando no local combinado eles avistaram Gilda e seu Psyduck ao lado da filha, Adriana. Ela tinha vindo para acompanhar o final da competição.
- Olha a turma ai! Como estão vocês? Perguntou a líder de GYM, Gilda.
- Estamos bem. Respondeu Drake.
- Ah! Um amigo de vocês, o Marcelo, me derrotou a dois dias atrás no GYM. O Pidgey e o Charmander dele foram excelentes. Você deu dicas muito boas para ele Drake! Falou a líder.
- A que bom! Então agora ele também tem um Pidgey? Ele não perde tempo. Respondeu Drake.
Nesse momento, Adriana se aproximou e disse:
- Você sempre me atrapalha! Agora teremos a nossa vez! As regras serão: quem perder entrega todos os pontos que tem do campeonato e vai embora sem participar do torneio de batalhas. Tudo bem?
Todos se espantaram com as regras radicais de Adriana. Mas Clara aceitou. Sem mais papo as duas foram se enfrentar. Os outros ficaram de espectadores, enquanto Gilda era a juíza da batalha de 4x4. Adriana chamou seu Persian e Psyduck começou torcer: PSY-DUCK, PSY-DUCK...
- Vamos Venonat.
- Persian, Icy Wind!
- Use o Disable para bloquear o ataque.
Persian não conseguiu usar o Ice Wind porque foi bloqueado e começou a se irritar. Clara ordenou um Leech Life. Venonat foi em direção ao Persian para morde-lo, mas Adriana disse:
- Fake Out! Isso bloqueou a mordida.
Venonat se recuperou do golpe.
- Confusion nele Venonat!
O confusão acertou e deixou Persian confuso.
- Bite, Persian!
Depois de hesitar muito, Persian voltou a si mesmo e conseguiu morder Venonat.
- Jogue-o para cima e continue com Hyper Beam. Ordenou Adriana.
Venonat vôo e recebeu o Hyper Beam em cheio. Venonat ficou fora de combate.
- Obrigado Venonat. Vamos Teddiursa!
Enquanto isso, Psyduck pulava de alegria.
- Retorne Persian, vai Ekans!
“Uma cobra venenosa, não podia ser mais apropriado” Pensou Erik. Dessa vez Clara começou:
- Hidden Power!
- Paralise-o com Glare.
Teddiursa ficou paralisado, mas mesmo assim lançou o golpe acertando Ekans.
- Bite! – Clara para Teddiursa.
- Lick! – Adriana para Ekans.
Os dois pokemons se chocaram e sofreram com os danos.
- Poison Sting com todo seu veneno Ekans.
- Desvie com Faint Attack.
As picadas de veneno vieram muito rápidas, mas Teddiursa foi esperto e desviou a tempo. Já o Faint Attack acertou em cheio como sempre faz. Adriana percebendo que estava perdendo essa disse:
- AHHH! Ekans não podemos perder. Use o Acid por todo o campo.
O ácido começou a se espalhar por todo lado. Teddiursa conseguia desviar, mas o campo estava ficando todo cheio de veneno.
- Use o Dig para fugir disso. Disse Clara.
Na platéia Rodrigo percebeu que Adriana estava preparada para a batalha. Ela não era iniciante.
- Ekans fique esperta com o Teddiursa.
Um tempo se passou e Teddiursa saiu do chão, acertando Ekans em cheio.
- Agora, acerte-o com seu rabo! Gritou Adriana.
Ekans fez Teddiursa cambalear e ele caiu no chão em cima de uma poça de ácido.
- Ekans está fora de combate! Disse Gilda.
Enquanto isso Teddiursa fazia uma cara de dor. Seus pés tinham sido contaminados pelo veneno. - Clara, ele ficou envenenado! Falou Drake de onde estava.
- Eu percebi. Retorne Teddiursa. Vamos Sunkern. Falou ela concentrada e apreensiva por já ter perdido Venonat e Teddiursa está envenenado.
Adriana chamou a sua Smoochum. E já começou ordenando:
- Powder Snow.
O ataque foi com muita forca e atingiu Sunkern em cheio, mas o Pokémon resistiu bem.
- Revide com o Mega Drain.
O dreno de Sunkern prendeu a pequena Smoochum e ela mal podia se mover. Sunkern começou a recuperar um pouco de energia.
- Não o deixe sugar toda a sua energia Smoochum, use o Confusion para escapar.
Smoochum conseguiu escapar e ainda afetar Sunkern, jogando-o no chão.
- Leech Seed para recuperar. Disse Clara.
- Use o Powder Snow para bloquear as sementes. Revidou Adriana.
Além de impedir que as sementes chegassem até Smoochum, o Power Snow foi diretamente em Sunkern.
- Shadow Ball! Disse Adriana.
Na platéia Karina ficou apreensiva com esse novo e forte golpe.
- Sunkern está fora de combate! Smoochum vence!
- Droga, ela perdeu mais um! Agora ela terá que chamar o último, Finneon ou Igglybuff, ou tentar com Teddiursa envenenado. Disse Drake.
- Igglybuff, você é a última esperança! Falou Clara.
Um sorriso apareceu no rosto de Adriana:
- Esperanca? Se eu fosse você já tinha desistido... Ainda mais com esse Pokémon ai...
Ouvindo aquilo, Igglybuff começou e inchar de raiva. Cada hora ela ficava maior e não parava. Sua raiva era muito grande.
- Mostre a sua vontade Igglybuff! Vamos lá! Incentivou Clara.
Quando Igglybuff parecia estar o máximo inchada possível, um brilho começou a aparecer. Era um brilho muito forte. Igglybuff começou a crescer de tamanho e se tornou um Jigglybuff.
Drake ficou impressionado com a forca de vontade da antiga Igglybuff e comentou com os outros:
- Agora vejo porque todos dizem que Jigglybuff são brutos e brigões. Eles são muito orgulhosos.
O sorriso no rosto de Adriana sumiu, mas ela disse:
- Isso não vai nos afetar, Smoochum, use o Sing!
- Não vou cair nessa denovo! Uproar Iggly... Ops... Jigglypuff!
Os gritos de Jigglypuff eram muito mais fortes e impediram que a música de Smoochum fosse escutada, acabando com seu efeito. Clara tinha uma nova esperança de ganhar agora.
- Clara use a pokedex para saber se Jigglypuff aprendeu algum novo golpe com a sua evolução! Gritou Rodrigo.
A garota fez isso rapidamente, enquanto o Uproar ainda atacava a Smoochum e a deixava ocupada. Clara descobriu que evoluindo ela não aprendia nenhum golpe novo.
- Smoochum use Shadow Ball! Disse Adriana quando o Uproar acabou.
Adriana estava nervosa com a reviravolta de Clara e esqueceu que golpes fantasmas não tem efeito em pokemons normais. A bola fantasma passou direto. Clara então disse:
- Agora é a nossa vez. Use...
Clara interrompeu o que ia dizer porque observou que Jigglypuff estava concentrando uma energia entre as suas pequenas mãos. Essa energia era preta e roxa e começou a criar um formato redondo. Era também um Shadow Ball.
- Como? Isso não é possível... Disse Drake.
- Ela não pode ter aprendido o golpe apenas observando o que Smoochum fez... Ela... AH! Já sei! É o Copycat! Ela copia o último golpe do oponente! Falou Karina.
- Mas a Jigglypuff não aprende Copycat. Pontuou Erik.
- Mas a Igglybuff aprende! Então ela já sabia antes de evoluir! Completou Rodrigo.
Todos ficaram impressionados com o tanto de surpresas que Jigglypuff tinha trazido.
- Vai Shadow Ball, ordenou Clara.
- Evasiva, Smoochum e Powder Snow.
Mas a evasiva não foi muito boa e Smoochum recebeu o golpe, ficando fora de combate devido à sua fraqueza ao tipo fantasma.
- Yes! Vamos lá Jigglypuff! Falou alegremente Clara.
- Duskull, vamos mostrar o que é o medo para ela! Chamou Adriana depois de recolher a sua favorita Smoochum.
Jigglypuff parecia cheia de energia para lutar.
- Jigglypuff, hora do Rollout! Vamos inchar!
- Duskull prepare o Will-o-Wisp.
Jigglypuff se encheu de ar e atacou muito mais rápido do que fazia antes como Igglybuff. O Rollout acertou o Duskull antes do Will-o-Wisp ficar pronto.
- AHA! Duskull vamos dar o troco com o Payback!
Adriana já estava nervosa, pois não conseguia acertar facilmente. Mas o Payback foi em cheio e ainda tirou mais dano porque Duskull tinha acabado de receber o Rollout.
- Vamos devolver o troco! Copycat! Disse Clara.
- Ótima idéia! Agora além de tirar o dobro devido ao dano recebido, Duskull tem fraqueza contra tipos noturnos. Disse Erik.
Jigglypuff mostrou sua cara de raiva para Duskull e terminou essa batalha.
- Duskull está fora de combate! Jigglypuff vence mais uma! Gilda disse, enquanto seu Psyduck já estava sentado e desanimado com o decorrer da luta.
Clara sabia que ainda tinha mais um para derrubar, o Persian.
- Retorne Jigglypuff! Vamos Teddiursa! Trocou Clara.
“O que ela está fazendo? Teddiursa mal pode se mover com o pé machucado daquela forma...” Pensou Karina.
- Persian esse ai agente derruba com apenas um golpe, Hyper Beam!
- Evasiva Teddi! Tentou Clara sem sucesso. Os pés de Teddiursa doíam e ele não conseguiu correr a tempo.
- Teddiursa está fora de combate. Persian vence.
Clara retornou Teddiursa e chamou Jigglypuff.
Erik na platéia disse:
- Jigglypuff é forte, mas não sei se ela agüenta um Hyper Beam como esse.
- Mas foi por isso que ela fez a troca. Observe. Disse Rodrigo.
Clara agiu rápido:
- Agora Copycat enquanto Persian não pode atacar.
O raio foi com muita forca e atingiu Persian.
- Levante-se Persian, agora ela não pode atacar! Use o Bite.
O Pokémon gato levantou-se, mas logo depois caiu novamente. Não resistiu aos ferimentos.
- Vitória de Clara! Parabéns! Disse Gilda.
- Jigglypuff você foi demais! Clara abraçou o novo Pokémon.
Os outros deram os parabéns e Drake disse:
- A sua tática do Copycat foi demais. Usar o Hyper Beam de volta foi excelente!
Adriana chegou perto de Clara, entregou os seus pontos e saiu sem dizer uma palavra. Clara falou:
- Você lutou muito bem.
Entretanto ela não teve resposta. Todos voltaram para o dormitório para se preparar para o grande torneio do próximo dia.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------

Durante a noite, Erik estava cuidando de seu Rotom quando Karina e Plusle, dessa vez sem fazer bagunça, chegaram. Plusle ficou perto de Rotom e mostrou como gostava do outro Pokémon.
- Parece que seu Plusle fica bem calmo quando está perto de Rotom. Disse Erik.
- É! Só assim ele fica quieto. Não sei o que ele vê nele... Respondeu Karina.
- Eu decidi uma coisa, fique com Rotom. Pelo menos até você terminar de treinar Plusle. Você precisa mais dele do que eu. Erik decidiu.
- Não...
- Eu imploro. Pode ficar. Disse Erik, sem deixar que Karina rejeitasse.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------

Bem cedo no outro dia, todos foram para o estádio. Lá eles se inscreveram e receberam seus números. As primeiras lutas serão 4x4 e, depois de algumas etapas, mudará para 6x6. Erik, observando a tabela de confrontos disse:
- A minha primeira batalha será contra Cássio.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
025 - Enfrentando Gigantes!

- É com grande prazer que venho, em nome de toda a comissão organizadora da competição “Explore Pokemons!”, declarar que está aberto o último evento, o torneio de batalhas! Vamos Dragonite.
Ao anunciar que as batalhas iam começar, Lance fez a platéia enlouquecer de euforia. Jogou a pokebola para o céu, enquanto a sua capa se mexia com o vento intenso da manhã ensolarada. O seu Dragonite foi para o centro do campo de batalha, fazendo uma expressão de força e determinação. O campo tinha alguns pilares de pedra e dois lagos, um de cada lado. O resto do campo era dividido entre areia e grama. O estádio era em formato oval, com as entradas em cada ponta.
- Dratini observe o poder da sua raça.
Drake queria incentivar o espírito de batalha em seu mais recente Pokémon, que era meio tímido. O pequeno dragão observou o seu correlato se apresentar.
Com apenas um assobio de Lance, Dragonite, com um impulso incrível, começou a voar perpendicularmente ao chão. Suas asas mal faziam movimento, apenas o seu impulso foi suficiente para tirá-lo do chão.
- Drangon Dance!
A beleza da dança era tão grande que a platéia estremeceu. Dratini fez um barulho de saudação à sua raça.
- Agora – Disse Lance que havia descido de onde estava e aparecia no campo de batalha. – Twister.
Um furacão com tons de azul e roxo começou a se formar. O olho desse furacão era de 2 metros de diâmetro e começava a se aproximar do chão quando Dragonite se jogou dentro. Segundos depois, o dragão apareceu na base do Twister e foi em direção a Lance.
- Que rapidez! Um Pokémon ideal para contest! Falou Clara excitada. Rodrigo completou:
- Imagine como ele batalha então...
Lance agarrou o pescoço do dragão e montou nele. Os dois começaram a voar sobre a platéia. A Dragon Dance deu mais velocidade e ainda intensificou os traços de dragão de Dragonite, exibindo sua vitalidade. Depois de completar uma volta, Lance e Dragonite se aproximaram das portas de entrada para os competidores.
- Hora do batismo. Dragon Rush.
Dragonite rugiu e depois aplicou o golpe nas portas, primeiro no lado direito e depois na do lado esquerdo. Com as marcas da pata do Dragão, o estádio foi inaugurado. Eram seis riscos no total, três da mão esquerda e três da esquerda, que se cruzavam bem ao final. Erik arrepiado se preparou para entrar, enquanto a platéia gritava elogios para Lance e Dragonite que foram para seus lugares. Dratini retornou para a pokebola.
- Que entrem os primeiros competidores: Erik e Cássio.
Todos estavam ansiosos por esse momento. As batalhas iriam começar.
- Eevee! Vamos lá!
- Jolteon, eletrizar!
Na sala de espera, Drake, Clara e Rodrigo estavam calados. Eles não queriam perder um segundo sequer da batalha.
- Shadow Ball.
- Shock Wave.
Ordenaram os treinadores ao mesmo tempo. Eevee pressionou suas patas contra o chão, enquanto seu pelo reagia à energia que se formava em frente ao seu nariz. A bola negra crescia de tamanho a cada segundo. Enquanto isso, Jolteon reunia eletricidade em seu corpo para lançar o ataque. Entre seus espinhos faíscas saiam e pequenos estralhos podiam ser ouvidos.
Os golpes foram lançados ao mesmo tempo se encontrando no centro do campo. A bola atraiu a eletricidade e explodiu sem entrar em contato com nenhum dos pokemons.
- Prepare-se Jolteon! Quando a poeira abaixar, vamos para cima dele.
A poeria passou e quando Jolteon começou a correr, percebeu que Eevee tinha sumido.
- Agora, Dig. Gritou Erik.
Surgindo do chão, Eevee atingiu em cheio seu oponente.
- Continue com Shadow Ball mais uma vez Eevee!
- Rebata com Iron Tail.
Jolteon se levantou a tempo e rebateu a bola negra com seu Iron Tail. O ataque retornou para Eevee, mas não teve efeito devido o seu tipo normal.
- Quick Attack, vamos pra cima! Continuou incisivo Erik.
- Jolteon concentre energia.
Ao se chocar contra Jolteon, o oponente liberou uma onda elétrica, que tomou conta de Eevee.
- Aquilo foi um Thunder Wave? Perguntou Clara sabendo que a resposta era sim e que a situação de Erik piorou.
O Pokémon de Erik estava sentindo a descarga elétrica que irritava seu corpo. Seu treinador continuou atacando:
- Bite!
- Não o deixe aproximar, use o Iron Tail, Jolteon.
Eevee foi jogado longe e enquanto estava no chão, Cássio ordenou:
- Pin Missile.
O Pokémon normal tentava se levantar enquanto recebia o ataque. A eletricidade impedia ele de fazer movimentos bruscos. “O Dig seria ideal, mas estando paralisado as chances de não funcionar são grandes.” Pensou Erik.
- Iron Tail para terminar Jolteon.
- Shadow Ball para detê-lo.
Eevee concentrou a energia, mas não foi rápido o suficiente para lançá-la. Jolteon acertou o golpe na cabeça de Eevee e acabou explodindo a energia acumulada pelo adversário. Eevee foi jogado contra o chão devido ao Iron Tail e Jolteon, recebendo a explosão do Shadow Ball, caiu para trás.
- Os dois pokemons estão fora de combate.
- É com você Houndour!
- Vamos Wynaut.
O pequeno Wynaut entrou na luta risonho e parecia despreocupado. Drake percebeu que Erik ia passar dificuldades.
- Wynaut Charm!
Jogando as suas orelhas para trás Wynaut tentou fazer uma pose sexy, mas que era muito mais cômica. Houndour hesitou em atacá-lo por um instante, mas obedeceu à seu treinador:
- Ember.
O ataque de fogo ainda era fraco devido à inexperiência de Houndour.
- Mirror Coat.
Wynaut riu e usou o contra-ataque. As patas dianteiras de Houndour cederam ao receber o contra golpe. Enquanto isso, Wynaut se divertia e pareceu não ter sentido grandes danos do Ember.
- Vamos com o Smog então.
- Repita o Mirror Coat.
Os danos do Smog em Wynaut foram pequenos, mas atingiram com o dobro de força em Houndour.
- Wynaut, use o Encore! Vamos prendê-lo.
Agora Houndour ia ficar usando o Smog consecutivamente.
Clara nessa hora concluiu: “Se souber como usar, os golpes de contests podem ser bem úteis em batalhas comuns.”
Houndour continuou usando o ataque venenoso e recebendo o dano de volta. Na terceira vez, o Pokémon de Erik cedeu.
- Valeu Wynaut! Como sempre um bom lutador.
Quando Wynaut se virou para sorrir para Cássio, ele sentiu a conseqüência de tantos Smogs. Estava envenenado.
- Cacnea, sua vez.
- Charm para iniciar Wynaut.
Cacnea foi afetado pelo golpe, mas ainda continuava concentrado na batalha.
- Leech Seed.
- Evaziva Wynaut.
Mas foi inútil. As sementes pegaram Wynaut, que sofria pelo veneno e pelas sementes.
- Agora retorne Cacnea.
Nessa hora a habilidade de Wynaut foi ativada, impedindo Cacnea de retornar.
- Ele quer guardar o Cacnea para o Mudkip. Comentou Rodrigo.
Cássio estava sem poder fazer nada, Wynaut era baseado em contra-ataques.
- Termine com o Poison Sting.
- Counter, resista Wynaut.
Wynaut rebateu o ataque contra Cacnea, mas não resistiu ao veneno e as sementes sugadoras.
- Bom trabalho, vamos Loudred.
Ao entrar no campo Loudred já soltou um Uproar, mesmo sem ordens do seu treinador.
- Use o Ice Punch. Mas o Pokémon se recusou e continuou usando o Uproar.
- Cacnea, absorb.
Loudred ficava pulando e usando Uproar. Cacnea por sua vez, resistia aos ataques e com o seu Absorb recuperava um pouco de energia. Eles ficaram repetindo os golpes por um bom tempo, até que Cássio retornou Loudred e chamou Mudkip.
- Kip! Disse o Pokémon ao entrar no campo com o cachecol vermelho em seu pescoço.
- Absorb, rápido Cacnea.
- Use o Double Team para se defender.
Entretanto, Cacnea conseguiu acertar o verdadeiro e tirar muito dano dele.
- Water Pulse. Falou Cássio no desespero.
- Receba e revide com Absorb.
O dano do golpe de água era recuperado com o Absorb e Cacnea se mantinha na luta.
- Mudkip está fora da batalha.
Loudred era a última opção de Cássio.
- Loudred, dessa vez obedeça, Ice Punch!
- Retorne Cacnea. Vamos Baltoy.
Loudred continuava sem obedecer, Erik percebendo que tinha a batalha em suas mãos chamou Baltoy e ordenou:
- Selfdestruct.
- O vencedor é Erik.
A platéia gostou do resultado e parabenizou Erik. As batalhas continuaram com muitas batalhas emocionantes. O garoto com o Blaziken deu um show usando seu Dusknoir. Cinco partidas depois foi a vez de Clara.
- Boa sorte Clara, não se intimide pelo fato dele ser o vice-campeão da última liga Menaco, dê seu máximo. Incentivou Rodrigo.
A garota entrou nervosa e chamou o Jigglypuff. Ela era o Pokémon que mais demonstrava o gosto por batalhas. O seu oponente trouxe um Nosepass.
- Sing, Jigglypuff.
Sem receber nenhuma ordem de seu treinador Nosepass adormeceu.
- Inicie o destruidor Rollout.
O ataque de Jigglypuff tinha pouco efeito em Nosepass, devido a sua alta defesa, mas ela insistia. Nosepass acordou e seu treinador ordenou friamente:
- Rock Slide.
As pedras atingiram Jigglypuff e detiveram a continuação do Rollout.
- Retorne Jigglypuff, mergulhe no palco Finneon.
O novo Pokémon surgiu em um dos pequenos lagos que existiam no local. A sua nadadeira em formato de asas, mostrou vivacidade com o contato com a água.
- Water Gun.
- Se defenda com Protect.
“Essa tática de novo... Ela não pode funcionar todas as vezes, vou me preparar para a hora certa.” Pensou Clara antes de mandar:
- Rain Dance.
O céu ficou escuro e uma fina chuva começou a cair sob o comando de Finneon.
- Nosepass é o nosso dia de sorte, use o Thunder.
Clara ficou sem reações. Não sabia que a sua tática ajudaria o oponente. Finneon não suportou um ataque tão forte. Decepcionada, ela chamou o Jigglypuff de volta:
- Copycat nele!
Jigglypuff então concentrou a energia elétrica e com a ajuda da chuva atingiu Nosepass em cheio. Ainda de pé, sob ordens de seu treinador, o oponente revidou com Magnitude. O chão começou a tremer, mas para a sorte de Clara a intensidade foi pequena e não conseguiu derrotar a Jigglypuff.
- Copycat mais uma vez!
Dessa vez, Jigglypuff se encheu de ar como sempre e copiou o golpe terrestre, mas com intensidade muito maior. A dupla fraqueza contra tipos terrestres tirou Nosepass da partida.
- Valeu Jigglypuf!
- Bela reviravolta. Me ajude Monferno.
Mais uma vez Clara se viu encurralada. Todos os seus pokemons tinham fraqueza contra os tipos de Monferno.
- Retorne Jigglypuff, vamos guardá-la para o final. Venonat brilhar!
A platéia achou o máximo ver a coloração diferente dos olhos de Venonat.
- Um belo Pokémon, mas isso não é um contest. Prepare-se. Monferno, Flamethrower.
- Evaziva Venonat. Revide com Disable.
Por muito pouco o inseto não recebeu o golpe de fogo e conseguiu desabilitá-lo por um tempo.
- Você tem boas táticas, te subestimei. Monferno, Mach Punch.
O ataque foi extremamente rápido e eficaz, jogando Venonat contra a parede. Clara mal percebeu o que acontecia quando seu oponente continuou:
- Flame Wheel.
- Detenha-o com Confusion!
O ataque psíquico parou a roda de fogo e forçou Monferno contra o chão. Ao se levantar o Pokémon lutador estava confuso.
- Boa resposta! Gritou Karina da platéia.
- Retorne Monferno, vamos tirar essa sua confusão. Vai Gligar.
Clara iniciou:
- Supersonic!
- Evaziva, Gligar e revide com Wing Attack.
Fugindo do Supersonic, Gligar atingiu em cheio Venonat com o Wing Attack.
- Levante-se Venonat e use o Disable.
- Então vamos com o U-turn.
Não podendo usar o Wing Attack, Gligar atacou Venonat e retornou para a pokebola dando espaço para Moferno retornar.
- Flamethrower, rápido Monferno.
- Confusion.
O Confusion não foi rápido o bastante para deter as chamas de Monferno, entretanto conseguiu jogá-lo no chão mais uma vez. Por outro lado, Venonat recebeu o ataque e não conseguia mais lutar.
- Agora é com você Teddiursa! Chamou Clara.
- Monferno você consegue ainda certo?
O macaco de fogo afirmou que sim com a cabeça.
- Mach Punch.
Sem reação o ursinho de Clara foi jogado contra algumas pedras do campo, mas se levantou.
- Hidden Power.
As bolas de energias se formaram na frente de Teddiursa.
- Flame Wheel para se defender.
O ataque de Teddiursa batia na roda de fogo e se espalhava sem conseguir acertar diretamente. Clara se viu encuralada.
- Vai para cima dele! Falou o último vice-campeão.
A velocidade era maior que das outras vezes.
- Fuja com Dig.
Monferno parou o ataque quando não conseguiu ver mais Teddiursa. Nesse momento pode-se ver que a habilidade Blaze estava ativada.
- Espere Monferno.
O Dig foi no alvo, mas Monferno resistiu bem e se manteve com Teddiursa na mira.
- Aproveite que ele está perto e use o Close Combat.
- Evaziva agora! Vamos Teddiursa.
Mas foi tarde demais, com o golpe lutador Teddiursa ficou fora de combate.
- Jigglypuff retorne para a batalha. Inicie com Sing.
- Monferno impeça o ataque com o Mach Punch.
Antes de Jigglypuff conseguir completar a música, Monferno a atingiu. A pequena rosada estava bem fraca.
- Rollout aproveite a chance!
O ataque consegui acertar Monferno que caiu no chão. Com muito esforço ele se levantou.
- Continue Jigglypuff, força total!
- Vamos Monferno, Flame Wheel.
As duas rodas se chocaram com muita força e os dois caíram.
- Ambos estão fora de combate!
Clara perdeu em sua primeira batalha, uma lágrima quase saiu de seu olho, mas foi impedida por sua mão. Ela foi para a platéia assistir com Karina e não falou nada.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
--------------------------------------------------------------------------------------------------------
- Vamos Cubone, Bone Club!
- Poison Tail, Seviper.
Como o osso de Cubone acertou Seviper em cheio, ela não conseguiu aplicar o Poison Tail e ficou fora de combate. Drake venceu a sua primeira batalha perdendo apenas um Pokémon. Da mesma forma, Rodrigo venceu usando apenas Tropius e Electrode, terminando a batalha com o Explosion assim como Erik fez.
- Parabéns Rodrigo! Foi demais! Falou Drake.
- É muito bom lutar em torneios e vencer novamente, depois de tanto tempo. Por falar nisso, se nós dois vencermos a próxima, teremos que nos enfrentar. Respondeu o garoto ainda feliz pela bela batalha.
- Então pode se preparar porque eu vou passar! Riu Drake.
A primeira rodada foi fechada com uma luta entre Butterfree e Lombre. O primeiro na segunda rodada seria Erik, pois estava na primeira chave. Ele tinha observado o oponente e sabia que ele tinha Hypno, Hitmontop, Snorunt e Staravia, mas, como podiam ser inscritos 6 pokemons, ele podia ter outros dois guardados.
- Vamos Murkrow. Chamou Erik.
- Um voador, então vamos de Snorunt.
Erik sabia que estava em desvantagem, mas decidiu prosseguir e testar o adversário.
- Icy Wind, Snorunt.
- Evaziva e Steel Wing.
Mesmo não conseguindo fugir do vento gelado, Murkrow foi pra cima de Snorunt com as asas de aço e acertou em cheio. Ambos os golpes foram super efetivos devido à fraqueza.
“Um novo golpe para Murkrow, Erik não perde tempo” pensou Drake.
- Hail Snorunt! Vamos dificultar as coisas.
- Murkrow Steel Wing outra vez.
Snorunt ficou muito fraco, mas por causa do gelo que caia recuperava um pouco de energia a cada turno. Ainda por cima Murkrow levava dano todo turno e tinha seu vôo prejudicado pelo gelo.
- Um último Steel Wing para terminar.
- Protect!
O feitiço virou contra o feiticeiro. Erik ia ter que enfrentar a tática que ele tanta usa. Murkrow parou na barreira de energia.
- Aproveite que ele está próximo e use o Ice Fang.
Murkrow não resistiu e perdeu a batalha.
- Houndour, não deixe Snorunt descansar, use o Ember. Chamou Erik o mais rápido que pode.
O ataque de fogo rapidamente acertou o oponente e o tirou de combate, além de derreter um pouco do gelo no campo.
- Hitmontop vamos lá, Triple Kick.
- Smog.
A fumaça tomou conta do campo, mas quando Erik achou que Hitmontop havia desistido do ataque. Houndour foi acertado 3 vezes.
- Hitmontop você está bem? Perguntou o adversário vendo que seu Pokémon tinha ficado envenenado.
- Houndour Ember!
O cão negro se levantou e lançou o ataque.
- Gire para deter o dano direto.
Girando Hitmontop desviou grande parte do ataque.
- Agora outro Triple Kick.
- Evaziva.
Foi tarde demais Houndour também perdeu.
- Como ele perdeu com poucos golpes assim? Perguntou Clara que desviou sua atenção de sua derrota para a batalha de Erik.
- É a habilidade dele, Technician. Faz os ataques que tiram pouco dano ganharem mais força. Respondeu Karina.
Erik parecia indeciso. Quando ele ia jogar a pokebola, o oponente também retornou o seu Pokémon. Agora Erik teria que chamar o seu sem saber o Pokémon adversário.
- Vamos Cacnea.
- Sua hora Vespiquen, comece com Gust.
Erik se viu sem saída, nenhum de seus pokemons era efetivo contra o oponente. Ele decidiu continuar.
- Sand Attack para fugir.
Com o vento a areia se dissipou e facilmente mostrou onde Cacnea estava. O Gust foi em cheio.
- Leech Seed agora.
As sementes foram em direção à Vespiquen quando:
- Defend Order para se proteger.
As abelhas protegeram a rainha e não deixaram o Leech Seed atingi-la.
- Agora Attack Order com força total.
As abelhas mudaram de direção e voaram em Cacnea. Devido à fraqueza o Pokémon também ficou fora de combate. Assim como da outra vez, o oponente retornou Vespiquen.
- Ah! Confio em você Eevee!
- Vamos Staravia.
“Droga, Baltoy teria sido uma opção melhor.” Lamentou Erik para se mesmo.
- Hidden Power nele Eevee.
- Staravia, Aerial Ace.
Ambos os golpes acertaram, mas nenhum foi suficiente para derrotar o oponente.
- Mud Slap.
Erik não tinha opção:
- Fuja usando Dig.
Staravia alçou vôo e ficou esperando o oponente retornar à superfície. Quando Eevee o fez, alicou um Aerial Ace em cheio.
- Retorne Staravia. Vamos Hitmontop, termine o serviço.
- Cuidado Eevee. Dig.
O Pokémon normal foi para debaixo da terra, enquanto o lutador não se moveu.
- Use o Counter. Ordenou o oponente.
Ao receber o Dig, Hitmontop logo revidou e também tirou o Eevee de combate. Erik foi desclassificado. Ele ficou triste, mas saba que tinha lutado bem. Recolheu seu Eevee e foi assistir as outras lutas na plateia, junto de Karina e Clara.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------
- Wailmer, use o Water Spout.
- Camerupt, use o Overheat para se proteger.
Sem sucesso o treinador do Camerupt foi desclassificado por Rodrigo. Assim como ele, Drake venceu logo depois usando Wartortle, Ledian, Vulpix e Cubone. No próximo dia eles iriam se enfrentar.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
026 - Vitórias, Derrotas, Capturas, Encontros e Experiências! Resultado.

Um Skarmory piou do alto do Pico dos Pássaros quando o sol apareceu.
No último dia de competição, a Ilha do Pico dos Pássaros amanheceu ensolarada. Por ali, andaram muitos treinadores nas últimas semanas. Em alguns locais ainda era possível perceber os sinais de batalhas, em outros os pokemons selvagens não apareciam com tanta freqüência mais, devido a grande presença de treinadores. Alguns treinadores já tinham ido embora, seja por terem perdido todos os seus pontos, seja por terem sido desclassificados no primeiro dia do torneio de batalhas.
Erik, Clara e Karina estavam na platéia, observando as portas com a marca do Dragonite de Lance se abrirem. A primeira batalha seria entre o último vice-campeao da Liga Menaco, que derrotou Clara, e um treinador especialista em pokemons aquáticos, que foi visto em ação na natação pokémon.
- O vencedor é John e seu Luxray.
A platéia tinha o seu favorito, além da fama devido a grande campanha na última Liga, John tinha carisma e sabia como mostrar seu poder de luta.
- Parece que ele tem diversos pokemons. Ele não usou nenhum dos pokemons que batalharam contra mim. Pontuou Clara.
- Mas todos eles, Nosepass, Monferno e Gligar, não teriam tanta utilidade contra um treinador de tipos água. Completou Karina.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Drake estava ansioso, pois sabia que Rodrigo era um oponente muito mais forte e experiente que ele. Além disso, a batalha era de 6x6 e ele não sabia como estava o sexto pokémon.
- Agora é a nossa vez. Disse Rodrigo apertando a mão de Drake.
A arena estava lotada. Havia ali todo o tipo de pessoas: treinadores, coordenadores, criadores, pais, cientistas, fãs – inclusive haviam dois fantasiados de Dragonite em homenagem a Lance – e moradores da ilha.
O juiz da batalha tirou na moeda quem iria começar e este seria Drake.
- Vamos Ledian. Conto com você.
O sol daquela manhã agradava o pokémon inseto e lembrava Drake do dia de sua evolução, em que o sol também raiava bem forte.
- Como de costume, o primeiro, Electrode.
O Pokémon metade branco e metade vermelho tinha um grande sorriso estampado na cara e parecia totalmente carregado.
- Cuidado Ledian, a velocidade dele pode surpreender. Light Screen.
Uma parede de cor amarela envolveu Ledian por todos os lados e depois sumiu. Electrode estava imóvel.
- Boa tática para evitar os golpes elétricos, mas não será suficiente. Electrode, Sonicboom.
- Desvie usando o Mach Punch.
Rapidamente o inseto colocou os pés no chão e, com apenas um impulso, girou desviando do Sonicboom e indo em direção a Electrode com seu golpe lutador. Acertado em cheio, Electrode rolou e bateu contra a parede.
- Revide com o Charge Beam.
A parede de luz entrou em ação e ajudou Ledian a resistir ao dano. Drake continuou:
- Comet Punch.
- Rollout.
O Pokémon inseto preparou seus pequenos braços e foi em direção ao Rollout. Ledian tentou aplicar os socos, mas a forca que o corpo de Electrode exercia era muito grande e acabou por atropelar Ledian. Electrode deu meia volta e iria continuar o ataque.
- Retorne Ledian, vamos Cubone, use o Dig.
A troca de Drake foi rápida o bastante para evitar o Rollout. Cubone entrou em campo e rapidamente se escondeu na terra.
- Já que você iniciou as trocas, volte Electrode. Vai Wailmer.
Uma grande bola azul entrou no campo. Por alguns instantes a arena ficou quieta esperando o Pokémon de Drake reaparecer. Ao perceber a pressão do oponente contra a terra, Cubone surgiu e atacou. Wailmer, entretanto, não sofreu grandes danos.
- Agora Water Gun.
A tela de luz apareceu mais uma vez e dissipou parte do dano.
- Headbutt.
- Ice Beam!
O raio de gelo foi em direção à Cubone, mas a tela o protegeu mais uma vez, enquanto ele corria para aplicar o golpe. O corpo de Wailmer recebeu o impacto e lançou Cubone para o alto.
- Vamos aproveitar enquanto temos a tela de luz. Use o Bone Club.
O osso saiu da mão do pokémon terrestre e atingiu em cheio Wailmer. O pokémon de Rodrigo respirava com um pouco de dificuldade, mesmo com o amortecimento de golpes que seu corpo proporcionava.
- Cubone use o Focus Energy para a cartada final.
- Wailmer, Water Spout.
O golpe de Wailmer saiu com uma pequena intensidade porque a energia dele estava baixa. Entretanto, a tela de luz havia acabado e não protegeu Cubone que foi jogado contra a parede e ficou fora de combate.
- Retorne, vamos Ledian mais uma vez.
Drake sabia que iria passar dificuldades. Ele não possuía vantagem de tipos contra aquele pokemon de Rodrigo.
- Use o Supersonic.
Wailmer ficou confuso e errou o golpe, quase atingindo Drake com o raio de gelo.
- Use o Rest!
Assim, Wailmer recuperou suas energias e, no lugar do confusão, ficou dormindo.
- Retorne Ledian, preciso de você mais tarde. Vamos Dratini.
O pequeno dragão entrou em campo bem tímido. Ele estava impressionado com aquele tanto de gente.
De perto era possível enxergar a Presa do Dragão que Lance havia dado para Drake na boca de Dratini. O treinador não perdeu tempo:
- Agarre-o com o Wrap.
Enquanto Wailmer dormia, Dratini o atacava sem muita eficácia. O corpo de Wailmer conseguia amortecer grande parte do dano.
- Continue com o Thunder-Wave, Dratini.
Ainda envolvendo Wailmer com seu corpo Dratini soltou uma descarga elétrica e acabou por acordar Wailmer.
- Aproveite que ele está próximo e use o Water Spout com força total. Ordenou Rodrigo.
O ataque de água lançou Dratini para o alto com a pressão exercida. Enquanto ele estava em queda livre, Rodrigo continuou:
- Agora Ice Beam.
Com um grande impacto Dratini se chocou contra o chão. Seu corpo estava coberto por gelo e ele estava fora de combate.
- Obrigado Dratini, vamos Wartortle, comece com o Bite.
- Revide com o Ice Beam mais uma vez.
Nessa hora Wailmer sentiu os efeitos do ataque elétrico de Dratini e não conseguiu atacar. Com a boca Wartortle lançou Wailmer contra a parede.
- Ele está encuralado. Use o Water Gun. Disse Drake.
- Você também - irrompeu Rodrigo - use o Water Gun.
Os dois jatos de água se chocaram e fizeram com que gotas voassem por toda a arena. O sol forte daquela manhã, em contato com a água, produziu um pequeno arco-íris que logo se dissipou com o próximo ataque.
- Outro Bite.
Wailmer não resistiu e cedeu. Rodrigo retornou o Pokémon e chamou seu Delibird.
- Vamos Delibird, inicie com o Brick Break.
- Proteja-se em seu casco.
Com uma de suas asas, Delibird aplicou o golpe contra o casco de Wartortle. Um grande barulho foi produzido e o casco agora apresentava feridas.
- Use o Present.
Torcendo para que recupera-se as energias de Wartortle, Drake não reagiu. O pequeno ovo de luz branca foi jogado dentro do casco de Wartortle.
- Vamos lá, recupere-o. Torcia Drake.
Entretanto, segundos depois uma explosão aconteceu dentro do casco, que caiu em um dos lagos.
- Wartortle não pode mais lutar. O vencedor é Delibird.
- Vulpix, conto com você.
As seis caudas do vulpix balançaram ao entrar na arena e refletiam uma luz alaranjada quando em contato com o sol.
- Ember.
Sem reação Delibird sofreu com o golpe de fogo superefetivo.
- Agora, Avalanche!
“O dano vai ser em dobro, devido ao primeiro ataque de Vulpix” Pensou certo Rodrigo.
O ataque acertou em cheio e cobriu a grama com gelo, que derretia de pouco em pouco com o sol.
- Quick Attack, Vulpix.
As patas do Pokémon de fogo se firmaram no chão e deram o impulso. Entretanto, devido ao gelo, ele escorregou e não conseguiu continuar.
- Agora Fly.
Delibird subiu bem alto e voltou para atacar Vulpix enquanto ele mal podia se mover.
- Espere aproximação e use o Will-o-Wisp.
Uma chama roxa surgiu na boca de Vulpix e os dois pokemons se chocaram. Ambos ainda ficaram de pé, entretanto, os efeitos da queimadura afetavam Delibird.
- Retorne, sua vez Shuppet. Chamou Rodrigo ao ver que sua situação não era boa.
O fantasminha entrou em campo e fixou seus olhos no adversário.
- Ember.
- Shadow Sneak.
Sorrateiramente, Shuppet desapareceu e aplicou o golpe fantasma antes que Vulpix pudesse se mover.
- Agora Faint Attack.
Mais uma vez, sem reação o Pokémon de Drake recebeu o golpe. Enquanto caído, sua cauda tremia.
- Revide com o Ember mais uma vez.
- Use o Will-o-Wisp para deter o ataque.
A mesma chama roxa agora apareceu em volta de Shuppet e foi de encontro ao Ember. As chamas explodirão e o fogo se espalhou pelo ar, atingindo ambos os pokemons. Vulpix então começou a brilhar.
“Flash Fire”. Lembrou Drake.
- Ember de novo.
O pelo de Vulpix brilhava e sua cauda balançava com excitação. O fogo que saiu de sua boca foi bem mais forte que os anteriores e pressionou o adversário na parede. Drake manteve-se atacando:
- Will-o-Wisp.
Ao se recuperar, o Pokémon de Rodrigo voltou a levitar e esperava a chama roxa ir em sua direção.
- Shadow Sneak. Ordenou Rodrigo momentos antes da chama atingir Shuppet.
Desaparecendo, o fantasma foi para perto de Vulpix e tirou-o de combate.
- Ah! Só me restam dois. Ledian e... Sableye. Vamos então Sableye.
O Pokémon, como sempre, estranhou a claridade protegendo seus olhos de pedras preciosas com o braço.
- Então Sukiso te emprestou o seu antigo Pokémon? Perguntou Rodrigo.
- Sim, mas explicações depois, use o Astonish.
Ao sentir o efeito do golpe Shuppet cedeu e em seu lugar entrou Electrode.
- Charge Beam.
- Night Shade.
Ambos receberam os ataques e mostravam que ainda podiam continuar.
- Vamos acabar com isso rápido já que temos a vantagem, use o Explosion.
Electrode rapidamente se aproximou de Sableye e se explodiu tirando os dois da batalha.
- Ledian, é com você.
- Larvitar, vamos lá.
Ledian ainda estava cansada das duas batalhas que fez, enquanto o oponente demonstrava garra para vencer.
- Sandstorm.
Uma corrente de areia circulou Larvitar tirando-o de vista e depois se espalhou por toda a parte. Até o juiz tinha dificuldade de enxergar.
- Ledian voe para fugir de ataques dele.
O Pokémon começou a bater as asas, mas a tempestade de areia o impedia de voar muito alto.
- Rock Slide.
Pedras se misturaram com a areia e começaram a atingir Ledian. Quando foi possível ver novamente, o Pokémon estava no chão, derrotado.
- O vencedor é Rodrigo!
A platéia aplaudiu muito e Larvitar soltou um Screech de felicidade. Rodrigo parabenizou Larvitar e foi falar com Drake:
- Você foi demais, achei que ia perder. Disse rindo.
- Você também. Eu não tinha grandes esperanças de vencer alguém tão experiente como você. Mas valeu a pena. Respondeu Drake sem ressentimentos.
Na platéia, Erik, Clara e Karina comentavam sobre a luta, quando alguém entregou um bilhete.
- É para mim. – Erik falou – Meu pai quer falar comigo. Volto já.
Enquanto Erik foi falar com Falks as outras batalhas aconteceram. Um Leafeon conseguiu derrotar 3 pokemons adversários seguidamente e virou um dos favoritos da platéia. Era contra o seu treinador que Rodrigo ia batalhar.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
Continuação:
------------------------------------------------------------------------------------------------------

Erik encontrou com Drake enquanto voltava para perto de Karina e Clara:
- Ei você lutou muito bem! Parabéns.
- Obrigado. Eu estava recuperando meus pokemons e fui devolver o Sableye para o Sukiso.. Além disso, fiquei acompanhando a luta de Rodrigo pela TV.
- O que? Já começou? Cheguei tarde, então.
- Ainda está acontecendo. Eu te falo o que já ocorreu: Wailmer derrotou um Haunter, mas recebeu muito dano dos ataques Magical Leaf e Meteor Mash de uma Clefeable e perdeu a seguinte. Electrode e Torkoal foi a próxima partida, mas não vi como ela acabou.
Eles então entraram na arena a tempo de ouvir Rodrigo dizendo:
- Explosion.
Mais uma vez a tática de Rodrigo funcionou e conseguiu retirar o oponente da batalha também.
- Porque ele decidiu sacrificar Electrode tão cedo? Perguntou Erik para as garotas ao assentar em seu lugar.
- Electrode estava com queimaduras e o Rollout não funcionava já que Torkoal sabia o Protect. Torkoal também sabia o Overheat, um golpe muito forte. Rodrigo estava em desvantagem. Olha a batalha vai continuar. Respondeu Clara.
Shuppet e Bronzor foram os seguintes:
- Shadow Sneak.
Rapidamente Shuppet acertou Bronzor, mas era isso que ele queria.
- Agora Hypnosis.
O Pokémon de Rodrigo caiu no sono e começou a receber ataques psíquicos um atrás do outro.
- Acordou! Agora Will-o-Wisp.
Mesmo fraco, Shuppet deixou as queimaduras em Bronzor antes de ceder para um Extrasensory. Ambos os pokemons foram retornados.
- Tropius vamos lá.
- Scizor sua vez.
Rodrigo não epserava por um Scizor. Ele não tinha mais pokemons efetivos contra os tipos do oponente.
- WIng Attack, Scizor.
- Detenha-o com o Gust.
Tropius tentou, mas Scizor superou os ventos e atacou firme com suas asas. Tropius caiu no chão e tentava se levantar.
- X-Scissors.
Ainda no chão Tropius recebeu o ataque.
- Use o Toxic.
O líquido conseguiu atingir Scizor, mas Rodrigo havia se esquecido que golpes venenosos não têm efeito contra pokemons metálicos.
- Termine com outro Wing Attack.
Sem conseguir resistir Tropius retornou para a pokebola. Rodrigo perdia mais uma.
- Estava guardando esse para o Leafeon, mas não tenho alternativa. Delibird, comece com o Fly.
O Pokémon foi até o céu e voltou com toda a força. O treinador do Scizor ordenou:
- Metal Claw.
Os ataques se chocaram e os dois voltaram para perto de seus treinadores.
- Brick Break.
- X-Scissors.
Mais uma vez o choque entre os golpes foi intenso. O punho de Delibird foi contra as garras de Scizor e nenhum dos dois superou o adversário.
- Agora Flash Cannon.
- Detenha-o com Avalanche.
Delibird criou uma onda de neve e fez uma barreira para se proteger. Mas como o golpe metálico de Scizor tinha vantagem sobre o tipo gelo, esse perfurou a defesa de Delibird e o tirou da partida.
Larvitar entrou em campo como a última esperança.
- Use o Flash Cannon.
- Proteja-se com o Sanstorm.
Mais uma vez Larvitar sumiu em meio a areia, fazendo Scizor errar o alvo.
- Use o Bite.
Com a mordida, Larvitar puxou o oponente pela garra e tacou-o no chão tirando-o de combate.
- Leafeon, vamos para vencer. Chamou o treinador adversário.
A platéia gritou muito com a chegada daquele forte Pokémon, enquanto Rodrigo viu que suas chances diminuíam a cada segundo.
- Mais uma vez, Sandstorm.
Outra vez, Larvitar desapareceu no campo. Era muito difícil enxergar qualquer coisa ali.
- Enquanto esperamos use o Swords Dance.
A areia começou a cair e abrir visão quando, Larvitar apareceu ao lado direito de Leafeon.
- Use o Rock Slide.
- Defenda-se com o Magical Leaf.
As folhas mágicas cortaram todas as pedras e impediram o ataque. Além disso, ainda acertaram Larvitar, que se manteve em pé
- Use o Bite no rabo dele e lance-o contra a parede. Gritou Rodrigo.
Mas enquanto Larvitar partia para o ataque, o oponente disse:
- Leaf Blade.
O rabo dele começou a brilhar e ficou bem fino, como uma espada. Quando Larvitar se aproximou, Leafeon o rebateu contra o chão.
- Larvitar está fora de combate, o vencedor é Leafeon e seu treinador...
A platéia pulava de emoção enquanto Rodrigo recolheu Larvitar e saiu da arena. As oitavas-de-final foram o mais longe que ele chegou.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

O resto do dia foi preenchido com as batalhas finais. Os pokemons estavam exaustos de tanto batalhar em um dia só. No final o treinador de Leafeon, após vencer o último vice-campeão da Liga Menaco, perdeu para outro treinador que tinha um Togekiss. Ali acabavam os eventos da competição Explore: Pokemons!
Depois dali cada um foi de encontro a seu orientador para receber os seus resultados, a premiação e o encerramento seriam mais tarde. Os boletins foram:

Enquanto Professor Carvalho entregava o boletim para Drake, ele perguntou sobre como o Squirtle tinha evoluído. Entretanto Drake estava tão concentrado em seu boletim que não respondeu: Pontos de Batalha: 15. Capturou um Dratini. Conseguiu cuidar de seus pokemons enquanto estava sem centro Pokémon. Chegou até os 16 melhores no torneio de batalhas. Colocação: 32.

Clara estava ansiosa por seu resultado, sem mais conversas Falks entregou a ela: Pontos de Batalha: 25. Capturou um Finneon. Passou da primeira fase no contest. Evoluiu o Igglybuff. Perdeu na primeira rodada do torneio de batalhas. Colocação: 34

Todos do grupo de Lance ficaram chocados com o poder do Dragonite do orientador e ficaram fazendo muitas perguntas. Erik por outro lado, não tinha interessas em pokemons dragão. Seu boletim foi: Pontos de Batalha: 17. Capturou o Murkrow e o Rotom (ganhou muitos pontos por ser uma das tarefas). Completou a natação Pokémon. Cuidou de seus pokemons sem precisar do centro. Subiu parte do Pico dos Pássaros. Chegou até os melhores 32 no torneio de batalhas. Colocação: 28.

Sukiso como sempre disse: Notável! O boletim de Rodrigo foi: Pontos de Batalha: 16 Cuidou de seus pokemons sem precisar do centro. Completou a natação Pokémon. Chegou ate o penúltimo ponto do Pico dos Pássaros. Com seu Tropius chegou em quinto lugar na corrida. Chegou até os 8 melhores no torneio de batalhas. Colocação: 17.

Todos ficaram satisfeitos com os boletins e foram para o barco retornarem para Hiluba, lá seria o local do encerramento.. Eles começaram então a planejar o que iam fazer depois:
- Tenho que conseguir minha 3 insígnia! A Liga Menaco está se aproximando. Falou Drake.
- E eu quero mais fitas. Completou Clara.
Nesse instante, os três melhores do torneio de batalhas foram chamados ao palco. Cada um estava com um Pokémon ao seu lado. O terceiro lugar exibia o Monferno, o segundo o Leafeon e o terceiro o Togekiss. Cada um recebeu um troféu e comemorou bastante. Depois foram chamados ao palco os três melhores de toda a competição. Em terceiro lugar ficou o treinador que tinha um Blaziken e que conseguiu subir todo o Pico da Ilha dos Pássaros e batalhar contra um Shaymin. Em segundo lugar ficou o vencedor do Contest que ocorreu na ilha e, em primeiro ficou o vencedor do torneio de batalhas, com seu Togekiss. Ao receber o prêmio, o campeão mostrou uma comemoração com o Togekiss.
- Aura Shepre.
O Pokémon voador fechou os olhos e concentrou a energia lançando-a para o céu.
- Sky Attack
Enquanto seu corpo brilhava, Togekiss começou a subir em direção à esfera de energia. Quando chegou perto dela, ele começou a dar voltas e um círculo brilhante se formou em volta da esfera. Como um planeta e seus anéis.
- Air Slash.
Com uma de suas asas, Togekiss furou o círculo e a esfera espalhando a energia no meio. Pelo meio da separação o Pokémon retornou ao barco aplaudido.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Depois de muitas conversas, Falks se aproximou de todos:
- Vejo que todos gostaram e aprenderam muito! Além disso, fiquei impressionado com Larvitar, Rodrigo. Como nós combinamos, você tem o direito de uma revanche e tem que usar o Larvitar.
- É mesmo, essa era a condição. Por falar em enfrentar a Batalha da Fronteira, decidi recomeçar. Vou me concentrar para ter todos os símbolos. Respondeu Rodrigo.
- Mais um então que quer me enfrentar. Cinco treinadores, dentre eles os 3 melhores do campeonato, já me informaram que vão aparecer no Battle Camp para me desafiar. Então, Rodrigo, se não atrapalhar seus planos, queria pedir para que nossa luta acontecesse depois. Não vou ter tempo suficiente para tantos desafios. Mesmo com Erik me ajudando.
- Tudo bem – respondeu Rodrigo – mas o Erik vai te ajudar?
- Ele não falou ainda para vocês? Estranhou Falks.
- Ainda não – Interrompeu Erik – Galera, vou ter que passar um tempo no Battle Camp para ajudar meu pai. Não vou poder seguir viagem com vocês agora. Mas eu ligo para vocês quando eu retornar para a estrada.
Todos ficaram tristes com o desvio de Erik, mas entenderam o motivo. Rodrigo, pensando em sua jornada, perguntou para Falks:
- Qual seria outro Cérebro da Fronteira que eu posso enfrentar então?
- Hum... Você pode enfrentar o Ricardo. Você poderá encontrá-lo perto da cidade de Upper, bem ao norte. Inclusive, Drake, lá também possui um ginásio. Vocês podem aproveitar e ir juntos. É só pegar um barco de Hiluba mesmo e seguir pela rota da neve que você chega em Upper. Lembre-se de levar roupas de frio. Agora, me dêem licença, Sukiso está me chamando.
- Então está decidido, nós vamos para Upper. Falou Drake.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Quando o barco chegou em Hiluba, todos desceram e se despediram de Erik. Ele e Erik se tele-transportaram com um Abra enviado pela mãe de Erik. Os outros quatro compraram a passagem de barco para a rota da neve.
O sol se escondia atrás do mar, enquanto eles olhavam para o horizonte esperando pelo futuro que estava por vir. Naquele instante, Drake sentiu um calafrio seguido de uma energia conhecida e teve a sensação de que estava sendo observado.
Fim Da Primeira Temporada - Liga Menaco

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
027 - Perdidos no Caminho Gelado! Abominável Snover das Neves.

Bem vindo à Rota da Neve. Tenha certeza de que está bem agasalhado. Tenha uma boa caminhada.

Era isso que estava escrito na placa em frente ao Centro Pokemon localizado ao lado do porto. Por ali não havia mais nada, apenas o caminho que parecia ser aberto por um trator. A neve tomava conta de tudo, inclusive de árvores e do telhado do centro, que tinha desenhos de um Shellder, uma Spheal e um Snorunt.
- Adoro frio! Disse Karina.
- Só você mesmo. Respondeu Clara tremendo de frio.
Drake só pensava em seu próximo ginásio, não sabia se estava preparado ou não. A competição que eles participaram mostrou que existiam treinadores muito mais fortes que eles e, portanto, eles precisavam melhorar. Ele então começou a pensar alto:
- Rodrigo, pense comigo. Se o próximo ginásio seguir os padrões do local, ele será do tipo gelo, certo? Então Vulpix terá um boa vantagem.
- Mais ou menos. A maioria dos pokemons do tipo gelo possuem um segundo tipo, muitas vezes o tipo água, como a Spheal, ou terrestre, como o Swinub, por exemplo. O que retira a vantagem de Vulpix. Bons pokemons seriam os lutadores e os metálicos. Mas claro que o Vulpix pode ser de grande ajuda. O amigo respondeu.
- Digamos que eu tenha que usar 3 pokemons. Por questões de vantagem, Vulpix estaria dentro, enquanto Dratini, Cubone e Ledian estariam fora. Wartortle, por eliminação seria o segundo. E o terceiro eu teria que arriscar mesmo com desvantagem.
- É arriscado, mas pode dar certo - Rodrigo retrucou - tudo depende de estratégia.
- Ou eu consigo algum Pokémon. Quem sabe o seu Delibird? Ele tem Brick Break, um golpe lutador.
- Nem vem. Não vou emprestar Pokémon, você deve conseguir vencer com os seus apenas. E outra, eu preciso treinar para o primeiro cérebro da batalha.
Enquanto eles caminhavam e conversavam sobre o próximo ginásio, o tempo começou a fechar. Ligeiramente neve caia sobre as cabeças deles e indicava que mais estava por vir.
- Olhem é um Meditite! Um Pokémon lutador para o desafio do ginásio. Caiu como uma luva. Falou Drake. Vou atrás dele. Drake saiu correndo.
- Vamos logo para a cidade! To com frio... Resmungou Clara.
O Meditite se assustou e tentou fugir pela floresta coberta de neve, saindo de perto da estrada.
- Nenhum Pokémon foge de mim assim. Vamos lá, Vulpix. Use o Quick Attack nele.
Meditite percebeu que o seu oponente começava a se aproximar. Ele então pulou em uma árvore, mas Vulpix foi também perspicaz e o perseguiu. Quando os dois se aproximaram, Meditite desviou com extrema precisão. O golpe Detect, impediu que o oponente o atingisse, fazendo com que o felino de seis caudas caísse do galo da arvore onde estavam.
- Está tudo bem? Use o Will-o-Wisp.
Entretanto, Meditite já havia escapado. A chama roxa vôo pelos céus sem alvo.
- Não foi dessa vez. Agora vamos voltar. Falou Drake.
Quando eles olharam para trás não havia mais sinal de estrada. Apenas neve por toda a parte.
- Que ótimo! Agora estamos com frio e perdidos! E eu nem tenho um Pokémon de fogo para me esquentar. Disse Clara com vontade de bater em Drake.
A neve estava muito alta naquele ponto, batia nos joelhos das garotas, dificultando a movimentação.
- Vamos ter que recorrer aos nossos pokemons. Delibird procure a estrada para nós.
Assim como ele, Drake chamou seu Vulpix e Karina o Cyndaquil que ela treina.
- Vamos usar os golpes de fogo para derreter a neve e podermos passar.
Dessa forma eles andaram por 1 hora, até que Delibird indicou o caminho. Drake então avistou algo:
- Olha aquilo! Um Snorunt dando sopa! Prepare-se Vulpix.
Karina vendo aquela reação novamente, comentou:
- Ele está quase igual ao Erik procurando por capturas hoje.
- Não vai mesmo! Venonat use o Supersonic agora.
O Pokémon inseto de olhos azulados de Clara produziu um barulho insuportável. Vulpix começou a correr em círculos e Drake teve que proteger seus ouvidos. Já Snorunt ficou espantado com todos aqueles treinadores e fugiu.
- Porque você fez isso? Perguntou Drake enquanto Vulpix ainda confuso rolava na neve.
- Agente ia ficar perdido novamente e estou com frio. Clara começou a andar e ignorou a resposta do amigo.
Drake ficou emburrado por algum tempo. Ao chegarem na rota da neve eles recolheram seus pokemons e retomaram o passo, com destino a cidade de Upper.
- Fiquem quietos! Disse a professora para os alunos que não conseguiam esperar calmamente pela entrada.
Poucos passos dali estavam Drake, Rodrigo, Karina e Clara caminhando pela rota da neve. Ao chegarem mais perto eles perceberam que existia uma casa de exibições. “Shows extraordinários com pokémons.”
- Que tal assistirmos? Perguntou Clara, tentando fugir do frio.
Sem ninguém discordar, todos compraram seus ingressos. A sala estava cheia de crianças com seus professores e pais. Uma delas carregava um Chingling e não parava de fazê-lo balançar produzindo um barulho insistente de sino que estava tirando a paciência de Drake.
Atrasado 10 minutos o show começou.
- Bem vindos, crianças, adultos e pokemons! Aqui e agora começa a magia!
Essa voz veio dos alto-falantes e após terminar as luzes se apagaram. Entretanto, algumas imagens começaram a se formar no palco. Eram diversos Unown, eles formavam um Bem Vindo.
- Já vi que esse show vai ser bem infantil. Comentou Drake mal humorado.
Depois disso um Drowzee entrou no palco com seu treinador e realizou os velhos truques de levitação, desaparecimento e hipnose. O próximo foi um Mr. Mime fazendo mímicas que divertiram apenas as crianças.
-----------------------------------------------------------------------------------------
- Chefe ele está aqui de novo. Entrou pelos fundos e está te procurando.
- Ele não se cansa disso. Vamos prendê-lo hoje.
-----------------------------------------------------------------------------------------
Karina já estava dormindo na cadeira enquanto o show continuava com Exeggcute fazendo manobras consigo mesmo. Depois dele, a voz voltou:
- Para a próxima apresentação queremos um ajudante.
De repente uma luz surgiu na cadeira de Rodrigo. Entretanto, ele não estava mais lá. Havia deixado o show há 10 minutos. Como Drake era o mais próximo ele foi escolhido.
- Que mico! Vai lá divertir as crianças. Falou Clara empurrando o amigo.
Drake então subiu no palco e percebeu que ali estava um Snover, sobre um tapete de grama que cobria todo o palco, olhando para ele.
- Pode se aproximar do Pokémon. Cuidado, ele é conhecido como o Abominável Snover das Neves. Disse a voz dos alto-falantes.
O participante foi na direção do Pokémon, mas quando viu estava com a cara no chão. Ele havia tropeçado e toda a platéia estava rindo. O nervosismo tomou conta dele, mas levantou-se e tentou de novo. Mais uma vez ele caiu no chão e agora bem mais forte que antes. Drake não entendia o que estava acontecendo. Ele não estava fazendo nada além de caminhar normalmente.
A platéia não parava de rir e tudo aquilo estava irritando Drake. Ele se levantou e ficou olhando fixo para o Snover. Quando ele começou a andar mais uma vez os olhos do Pokémon brilharam e Drake percebeu a tempo de desviar de mais um Grass Knot.
- RA! Você não me pegou nessa. Ele se gabou e continuou a andar.
Mas novamente ele se sentiu estranho, seus pés estavam escorregando e ele parecia dançar para se manter em pé. Segundos depois ele caiu no chão outra vez e percebeu que estava caminhando sobre pedaços de gelo, provavelmente criados por Snover. Dessa vez, o Pokémon se juntou a platéia e também começou a rir. Drake ficou muito nervoso e decidiu fazer Snover parar com aquilo.
- Pare com isso ou...
No entanto, Snover gargalhava e fazia as crianças rirem também. Drake foi tentar pegar Snover pelo braço, mas o Pokémon usou o Mist e se escondeu na névoa.
- Volte aqui covarde! Vou te pegar. Gritou Drake descontrolado.
Snover então apareceu de novo e dessa vez deixou o garoto confuso com um Swagger. Agora Drake andava tonto e tentava pegar Snover, mas não conseguia. O Pokémon e o garoto então saíram correndo por trás do palco. Drake queria descontar a vergonha que passou. O show havia acabado.
- Ei! Era apenas um show. Disse uma mulher que protegia o Snover e tinha a mesma voz dos alto-falantes.
- Mas... Mas ele foi muito chato! Disse Drake desistindo.
- E foi engraçado também. Vocês formam uma boa dupla. Meu nome é Ann. Não queria trabalhar conosco não?
- Como comediante? Não, sou um treinador. Estou tentando conseguir insígnias no momento.
- Entendi, de qualquer forma tome isso.
“Curso para recrutar novos membros. Daqui a exatas três semanas na cidade de Pelbafur.”
Drake percebeu que a mulher cochichava para um pequeno microfone em sua gola, enquanto Drake lia o cartão que recebeu. Nesse mesmo instante, ele percebeu que havia um Pokémon escondido bem atrás de Snover e Ann.
- Ei! Você é aquele Riolu!
Drake gritou e assustou a todos. O Riolu saiu de onde estava, olhou para Drake reconhecendo ele e desafiou Ann.
- Você causando encrencas aqui mais uma vez? Chega disso.
- Como assim encrencas? Perguntou Drake.
- Uma vez esse Riolu apareceu por aqui e o nosso Snover começou a fazer essas brincadeiras com ele. Mas o Pokémon não gostou e começou a bater no Snover, desde então o Riolu tem vindo até aqui atacá-lo como vingança.
- Sério? O Riolu não me parecia malvado quando eu o encontrei.
- Na verdade esse Snover também não consegue parar de fazer as brincadeiras, ele gosta de rir dos outros se dando mal, então ele não também não para de irritar o Riolu quando ele vem até aqui. Mas isso não justifica toda a raiva de Riolu, não sei o que fazer. Disse Ann.
Nesse instante Riolu usou um Quick Attack na direção deles e Snover se jogou na frente para proteger todos. Ann então chamou a segurança, mas Snover já estava preparando um Ice Shard para atacar.
- Vamos ver do que você é capaz Snover. Tente vencê-lo, você pode. Disse Drake.
O Ice Shard foi então mandado contra Riolu que se manteve onde estava. Entretanto, Riolu usou o Counter e rebateu o ataque, derrubando Snover.
- Vou ter que ajudar. Ops... Minha mochila ficou com meus amigos na platéia, não tenho pokemons. Drake percebeu.
- Já sei, fique aqui enquanto eu pego as minhas pokebolas. Ajude Snover a resisitir.
Ann então saiu correndo enquanto Snover se levantava. Riolu ficou olhando para Ann e ameaçou correr atrás dela sendo impedido pela árvore de gelo. Drake percebendo, perguntou:
- Você quer batalhar com o Snover ou não?
Riolu então começou um brilho em suas mãos e correu contra Snover.
- Use o Grass Knot.
Com o laço de grama feito, Riolu caiu contra o chão sendo impedido de atacar.
- Swagger agora para confundi-lo.
Os olhos do Snover ficaram verdes mais uma vez e o outro Pokémon ficou zonzo. Ele se levantou e começou a se debater. Nesse instante dois seguranças chegaram com seus pokemons: Farfetch’d e Masquerain.
- É hoje que você para com essa confusão. Disse um deles. Farfetch’d, Aerial Ace nele!
Riolu voltou a si e recebeu o ataque, usando o Endure para resistir. Nesse instante Ann também apareceu com uma pokebola na mão.
- Renda-se, você não vencerá todos nós. Ela disse.
O oponente percebeu a sua desvantagem e usou o Quick Attack, mas ao invés de acertar algum Pokémon ele fugiu pela porta. Logo atrás foram os seguranças com seus pokemons.
- Pelo menos por agora tudo acabou. Ann disse se acalmando.
- Mas que encrenqueiro mesmo! Pobre Snover, tudo bem com você?
O Pokémon respondeu que sim para Drake e mostrou um sorisso.
- Drake quero muito que você participe do nosso curso. Você será bem vindo e muito útil. Além disso, não se trata apenas de comediantes. Existem mais planos do que você imagina.
- Talvez eu possa ir sim. Será bom ver o Snover e você mais uma vez, além de saber se o Riolu não causou mais problemas.
- Que bom! Então vamos fazer diferente. Fique com Snover essas semanas e vai treinando, assim o Riolu não vai mais ameaçá-lo. Além disso, terei certeza que te reencontrarei daqui 3 semanas, ai você decide se fica com agente e Snover ou se volta para as insígnias. O que acha?
- Vai ser ótimo passar um tempo com Snover, desde que ele não faça muitas brincadeiras comigo. Aceitou Drake rindo.
Os dois e Snover foram até a sala de Ann para pegar o endereço correto de onde será o curso e também a pokebola de Snover. Drake ficou feliz com um novo amigo temporário e voltou para a entrada procurando por seus amigos. Lá fora os seguranças disseram que Riolu realmente fugiu e que Rodrigo e os outros estavam esperando ali por perto.
- Finalmente você apareceu. Aqui está sua mochila. Já sabemos qual é o caminho certo agora, podemos ir, antes que fique escuro. Disse Rodrigo.
Todos eles então continuaram em direção à cidade de Upper, para o próximo desafio de ginásio. No caminho Drake contou o que havia acontecido.
----------------------------------------------------------------------------------------
- Será que ele percebeu?
- Provavelmente não. Mas porque você abriu mão do Snover?
- Ele vai ficar amigo de Snover e não vai querer me devolvê-lo. Assim faço a proposta para ele entrar no time. E vocês sabem, depois de entrar ele nunca mais consegue sair.

Continua....

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
028 - Ginásio Duplamente Congelante!

- Alô? Leo?
- Sim. E ai, Rodrigo, como estão as coisas?
- Tudo bem. Estamos em Upper nesse momento. Como está o ginásio?
- Tudo ótimo. Recebi alguns treinadores que vieram direto da competição na Ilha do Pico dos Pássaros. Todos eles estavam muito animados e inspirados com a vida de treinador, além de serem bem fortes. Meus pokemons estão trabalhando bastante, inclusive agora eu tenho um Dugtrio. Além disso, um treinador chamado Marcelo disse que conhece vocês. Disse o líder de ginásio da cidade de Giuto, que deu a primeira insígnia para Drake. Um Sandslash podia ser visto pelo vídeo.
- O Marcelo é nosso amigo sim! Conhecemos ele na Ilha do Pico dos Pássaros. Então você tem mais um temível Pokémon terrestre. – Brincou Rodrigo – Tenho novidades! Vou voltar a competir na Batalha da Fronteira. Meu próximo oponente será Ricardo.
- Que bom! Então se prepare bem, nunca ouvi falar desse cérebro, mas sei que os campos de batalhas da BF de Menaco surpreendem. Agora tenho que ir, desde que a Equipe Force explodiu a caverna, desmoronamentos acontecem todo dia.
Rodrigo desligou o telefone e foi até Drake que estava recuperando seus Pokémons com a enfermeira Joy.
- Preparado para o desafio?
- Estou! Com Snover completando o time acho que posso vencer. Confio em Wartortle e Vulpix. Respondeu Drake enquanto colocava o casaco de frio se preparando para sair. O dia estava ensolarado, sem nenhuma nuvem no céu. Mas aquela claridade toda enganava, o frio era intenso. Sorte deles que a cidade era toda interligada subterraneamente. De acordo com a enfermeira Joy, a cidade contratou especialistas em escavações Pokémon. Mamoswines e Pilowisnes retiravam a neve, enquanto Dugtrios, Steelixs e Hippowdons abriam os túneis. Foram 3 anos de trabalho até completar o serviço, deixando cada prédio interligado por baixo da terra com pelo menos algum outro local. Entretanto, ainda era necessário encarar o vento frio para se chegar às praças, às estradas e ao GYM.
- Estou com o mapa, agora é só esperar por Karina. Drake pensou alto.
Um pequeno borrão amarelo passou pelos garotos. Logo atrás vinha um golpe de água fria que acabou por molhar a todos na entrada do Centro Pokémon.
- Volte aqui Plusle!
Karina passava por essa perseguição quase todo dia, apenas com Rotom em sua forma de máquina de lavar conseguia derrubar o incansável Plusle. Seus ataques elétricos ainda danificavam objetos e irritava ainda mais a treinadora de aluguel.
- Ótimo, vou ter que esperar minha roupa secar para poder sair nesse frio. Balbuciou Rodrigo.
Clara acabava de se levantar e foi tentar ajudar Karina, mas a garota já tinha acalmado o Plusle. Drake perguntou:
- Tem certeza que você não quer ver mais uma das minhas vitórias?
- Quanta confiança. Eu odeio frio. O-D-E-I-O. Não vou ficar ao ar livre esse tempo todo só para ver uma batalha sua. Mas estarei torcendo por você enquanto preparo mais apresentações.
Depois de se secarem, Drake, Karina e Rodrigo começaram a percorrer o caminho até o GYM. De acordo com o mapa, ele ficava perto do rio que nascia na cidade e terminava em sua cidade quase vizinha, Downer. As ruas estavam quase desertas, um inverno rigoroso como aquele amedrontava a maioria das pessoas. Placas indicavam o caminho, mas não havia nenhum sinal de prédios ou casas por lá, muito menos de uma arena tão grande quanto um GYM.
- O barulho da água é tão relaxante. Disse Karina observando o rio, onde estava um Seel nadando de um lado para o outro. Por cima a água estava congelada, formando uma crosta de gelo. Mas por baixo o rio corria normalmente, com seus habitantes.
De repente o barulho se intensificou e eles perceberam que mais a frente havia uma cachoeira. Uma placa indicava: “A queda das Gêmeas – Upper ao norte e Downer ao Sul”. As duas cidades eram divididas pela cachoeira, essa por sua vez, metade congelada e metade água corrente. Um desenho maravilhoso da natureza. Um Pelliper passou voando baixo, furou o gelo com um Peck e coletou um pouco de água para beber. Drake se lembrou das histórias que ele ouvia quando garoto sobre Pokémons: “Era uma vez, uma ilha distante, onde não havia humanos e os Pokémons reinavam sozinhos. Quando algo perigoso acontecia, uma força resgate estava pronta para ajudar com Pokémons fortes e corajosos.” Quem entregava os pedidos de resgate na história era um Pelliper e, desta forma, Drake pensou se aquele Pelliper não estava tentando ajudar algum Pokémon em perigo, entregando as cartas para a equipe correta ou não. Mas aquele dia não seria como em contos de “fadamons”.
- Olhem, parece ser ali.
Bem longe, podia-se enxergar uma estrutura branca fosca que se misturava na neve. No topo havia o escrito: GYM, em um azul bem claro como a água. Na entrada duas tochas de chama roxa pareciam resistir bravamente ao frio. Passando pelas portas abertas, os três puderem enxergar toda a arena. Era tudo feito de gelo. Tudo. As paredes, as portas, o chão, as colunas de sustentação e até as arquibancadas, que eram cobertas com um pano lembrando pele de animal, alusivamente à maneira pré-histórica de viver.
- Bem vindos ao Palácio de Gelo, meu nome é Frella. Em que posso ajudá-los? Disse uma moça de pele bem branca e cabelos negros. Seus olhos azuis destacavam em seu rosto, cuja feição era a mais delicada possível. Suas vestes eram azuis com pequenos detalhes em roxo e deixavam descobertos os braços, o pescoço e parte das pernas. – Ah! Cuidado para não escorregarem. Ela completou.
- É realmente bem escorregadio. Suponho que você seja a líder do ginásio certo? Perguntou Drake enquanto observava um par de Sneasel e Weavile usando as garras para esculpir as paredes de gelo.
- Acertou. Weavile e Sneasel podem descansar. Terminamos o serviço depois, obrigado meus amores. Ao fim de sua fala, ela piscou os olhos mostrando agradecimento aos Pokémons. Naquele instante um Delibird entrou voando pela porta. Ele encostou a barriga no chão e com o impulso do vôo, foi escorregando de barriga para baixo até Frella.
- Que divertido, queria escorregar assim também. Disse Karina rindo da manobra de Delibird. – Deve dar um trabalho deixar esse chão tão liso.
- Brincar no gelo pode ser muito divertido ou perigoso, depende de como você o encara. Quanto ao trabalho, meus Pokémons já estão acostumados. – Ela recebeu uma carta de Delibird, leu e depois guardou, sem mais reações. – Sabia que os dentes de um Ratata e de um Biddof podem alisar isso em minutos? Agora creio que algum de vocês quer uma batalha. Vamos então.
- Sou eu. Disse Drake pegando uma única pokebola, a frieza e a tranqüilidade da oponente o deixaram mais preocupado.
- Pelo visto ninguém lhe disse as regras desse GYM. Aqui as batalhas são em duplas. Você tem direito a usar quatro Pokémons, assim como eu. Acho que vou começar com Cloyster e Glaceon. Prepare-se. Uma energia apareceu na voz da líder de repente.
Karina e Rodrigo desejaram uma boa luta para Drake e foram se sentar na arquibancada coberta pelo pano alusivo ao pêlo de animais. O Delibird de Rodrigo foi chamado para observar tudo.
Drake não esperava ter que usar quatro Pokémons nessa batalha. Algum teria que entrar com desvantagem. Cloyster, um Pokémon aquático, então Vulpix terá que esperar. Wartortle pode ser uma boa contra o Glaceon, agora Snover... Vou esperar um pouco... Contra a resistência de Cloyster, isso.
- Wartortle e Ledian conto com vocês. Ledian se manteve voando, enquanto Wartortle entrou no campo e quase tomou um tombo. Era difícil se equilibrar. Já os oponentes pareciam perfeitamente bem, ainda mais Cloyster, que se apoiava com as pontas de seus cascos.
- Glaceon use o Icy Wind.
- Ledian Light Screen rápido.
A evolução gelada de eevee balançou as orelhas e ao abrir a boca lançou o vento gelado certeiro em ambos. A tela de luz apareceu a tempo de proteger Ledian de um ataque direto e Wartortle possuía resistência pelo seu tipo.
- Wartortle, Water Gun no Glaceon.
- Cloyster use o Protect.
Glaceon se escondeu atrás de Cloyster e se protegeu.
- Ledian, Mach Punch no Cloyster.
O Pokémon se escondeu no casco para diminuir o impacto, entretanto, o ataque lutador causou grande impacto provocando um barulho que se espalhou pela arena. Quando Ledian terminou o ataque Glaceon já se movia e aplicou um certeiro Ice Fang em sua asa esquerda.
- Wartortle use o Bite no Glaceon.
A tartaruga de água não conseguiu se mover tão rápido devido ao gelo e errou o golpe. Agora, Cloyster aproveitou a proximidade e o prendeu com seu golpe Clamp. “Droga, Wartortle tem que enfrentar Glaceon. Os oponentes estão a favor dela.”
- Continue a prensá-lo. Glaceon, Quick Attack. As roupas de Frella representavam as cores de seus Pokémons e a deixava com uma aparência bem mais séria.
O ataque foi realmente bem rápido devido às habilidades do Pokémon no gelo, mas Drake ordenou Ledian a rebater com o Mach Punch. O choque entre os ataques fez ambos recuarem e Glaceon demonstrou porque o tipo gelo não podia sofrer danos diretos do tipo lutador, seu cansaço era evidente. Ledian também não conseguia voar com perfeição. Wartortle continuava preso por Cloyster. Drake tentou sair dessa:
- Entre para o casco e use o Water Gun.
De um dos buracos o jato de água atingiu o rosto de Cloyster que liberou Wartortle. Entretanto, a força do casco de Cloyster jogou Wartortle com muita força, fazendo-o bater contra o chão e deslizar pelo gelo.
- Wartortle continue a deslizar dentro do casco e atinja Glaceon. Ledian use o Supersonic.
- Glaceon continue a resisitir. Use mais um Ice Fang. Aurora Beam, Cloyster.
Cloyster ficou confuso com o ataque de Ledian e começou a lançar o raio cor de arco-íris contra as paredes da arena. Incrivelmente, a estrutura de gelo não pareceu nem sentir o ataque. Dentro de seu casco, Wartortle foi deslizando e impediu Glaceon de atacar Ledian, só tinha um problema. Wartortle não conseguia parar o casco.
- Termine com o Mach Punch. Wartortle tente voltar à batalha, use suas patas para parar.
Foi inútil, Wartortle escorregava de um lado para o outro. Já Cloyster ficou fora de combate após outro ataque lutador.
- Eu disse que o gelo pode ser perigoso quando se brinca com ele. Retorne Cloyster. Sua vez, Jynx.
Um Pokémon de cabelos loiros e feições femininas entrou na arena, enquanto o casco da tartaruga ainda vagava sem direção, parecia um jogo de Mario Bros. A beleza de Frella contrastava com as características de seu Pokémon agora.
- Ledian, Mach Punch.
- Glaceon Ice Fang no pulso dele. Jynx use o Psychic.
Uma das patas de Ledian foi parada pela boca congelante de Glaceon, tirando-o da partida. Vulpix foi o substituto. Enquanto isso, o Psychic parou o casco do Wartortle e o lançou contra o teto. Finalmente, ele pode voltar para a batalha. “Wartortle está fraco, vou usá-lo como isca.”
- Bite na Jynx, rápido. Ele ordenou. Vulpix prepare o Ember.
- Glaceon, Icy Wind para diminuir a velocidade deles. Jynx, Energy Ball.
Dois ataques foram em cheio. O ataque de fogo do Vulpix conseguiu ultrapassar o vento gelado e atropelou Glaceon, deixando um rastro de gelo derretido pelo caminho. Enquanto isso, Wartortle foi atingido também pelo Icy Wind e ficou mais lento, oportunidade perfeita para Jynx atingi-lo com o super efetivo Energy Ball.
- Glaceon e Wartortle estão fora de combate.
- Snover sua vez.
- Walrein vamos mostrar o que é força pesada.
Na platéia Karina e Rodrigo perceberam que Drake teria um grande desafio pela frente, mas estava tão frio que eles não tinham nem vontade de falar. Os Pokémons mais fortes dela ainda estavam na batalha. Além disso, Walrein tem enorme vantagem contra os tipos fogo e gelo, devido à habilidade Thick Fat, que reduz os danos em 50%. A única chance eram os ataques grama de Snover, que estava adorando deslizar no gelo.
- Jynx, Psychic. Walrein, Surf.
- Concentre-se Snover. Use o Ice Shard para congelar o ataque da Wailrein.
O ataque psíquico de Jynx prendeu Vulpix e o deixou impossibilitado de fugir do ataque aquático de Wailrein. A onda vinha com toda força para cima de todos.
- Snover proteja o Vulpix.
Entretanto, o Pokémon usou o Grass Knot em Jynx, a fazendo tropeçar e cair com seus enormes peitos no gelo. Vulpix foi devastado pela água, parando apenas quando foi bateu contra a parede. Snover conseguiu facilmente resistir ao ataque aquático, assim como Jynx.
- Você estava indo bem. Mas vejo que não tem nem controle de seus Pokémons ainda. Você não merece vencer.
- Snover! Preste atenção! Use o Grass Knot em Walrein. Vulpix tente se levantar e use o Will-o-Wisp em si mesmo.
As seis caudas de Vulpix responderam ao chamado de Drake e logo depois foram cobertas pelo fogo roxo, ativando a sua habilidade Flash Fire. Enquanto isso, Walrein tropeçou e, devido ao seu peso, abriu uma enorme rachadura no chão. Snover começou a rir como fez quando Drake caiu em suas armadilhas.
- Vai turbinar seu Vulpix? Walrein e Jynx Body Slam.
- Mais uma vez, use o Grass Knot. Isso não é brincadeira.
Os dois Pokémons da líder partiram para se jogarem em cima dos oponentes. Percebendo, Snover saiu correndo de Jynx, enquanto Vulpix esperava uma ordem com um brilho intenso o envolvendo.
- Quick Attack agora.
A raposa foi de encontro a Walrein, mas o peso do oponente a esmagou contra o chão. Vulpix retornou para a pokebola enquanto Snover corria pela arena fugindo da Jynx. Era como quando uma tia gorda quer abraçar seu sobrinho e ele tenta fugir. Mas foi em vão, o sobrinho foi esmagado contra os grandes peitos.
- Vamos lá Snover levante. Continue com o Swagger na Jynx.
Entretanto, a pequena árvore coberta por neve estava sentindo faíscas em seu corpo. Os peitos da Jynx tiveram mais efeito do que o normal. Sem reação, um Psychic girou Snover e o fez bater contra uma pilastra de sustentação. Drake perdia ali o seu desafio.
- Vocês foram ótimos. Agora quanto a você Drake, no início, pensei que tinha potencial. Mas foi um erro infantil arriscar usando um Pokémon que não atende as suas ordens. Treine mais e volte se quiser. Agora preciso consertar o GYM. - Disse a líder chamando um Bibarel para fora da pokebola. – Essa queda da Walrein desnivelou bastante o chão, um Ratata não será suficiente.
Drake agradeceu pela batalha e saiu pela porta sem esperar por Rodrigo e Karina. Se alguma lágrima tivesse caído de seus olhos, ela teria congelado. A sua história com Snover tinha começado mal.
Os três chegaram ao Centro Pokémon. Drake estava à frente sem dizer uma palavra. Clara viu as expressões negativas no rosto dos amigos e deduziu. Aproximando-se de Karina, ela disse:
- Que pena! Todo esse frio para nada!
- Ele estava indo bem até que Snover entrou na partida e não batalhou corretamente. E por aqui, alguma novidade?
- Tenho duas. Primeiro, a apresentadora dos contests está gravemente doente, então eles suspenderam os eventos por algumas semanas.
- Então você não poderá participar de concursos tão cedo?
- Não. E a outra notícia é que meu irmão ligou e nos fez um convite.

029 - Caminhos divergentes! Batalhas e Pesquisas.

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
029 - Caminhos Divergentes! Batalhas e Pesquisas.

- Seu irmão ligou? Perguntou Karina para Clara enquanto as duas se preparavam para dormir depois da derrota de Drake no ginásio de Upper.
- Na verdade fui eu que liguei. Queria dicas sobre como usar golpes do tipo grama do Sunkern. Ele tem um Grovyle e sabe bastante sobre pokémons de planta. – Clara já havia colocado seu pijama de Togepi e estava pegando as muitas cobertas necessárias para que ela não sentisse frio algum. – Não sei se você se lembra, mas o Henrique, meu irmão, está trabalhando em um laboratório, cuidando de pokémons abandonados e feridos. Então, depois de ficar sabendo que não haverá concursos por algumas semanas devido à doença da apresentadora, ele nos convidou a passar alguns dias no laboratório com ele. Não é muito longe daqui.
- Seria bom para o Drake refrescar a cabeça depois da derrota. O problema é que Rodrigo quer desafiar o cérebro da fronteira que fica aqui por perto. Não sei se ele vai topar isso.
- É... Vamos ver amanhã com eles. Boa noite! Tomara que não faça muito frio hoje.
- Boa noite “friorenta”. Karina respondeu se virando para dormir.

No meio da noite a porta do dormitório dos garotos se abriu e um vulto pôde ser visto saindo. Sorrateiramente ele andou pelos corredores do Centro Pokémon sem querer ser visto pela enfermeira Joy ou sua Chansey, que ficavam de plantão. Ao chegar à porta que queria, levantou os braços e realizou seu trabalho pelo buraco da fechadura. Quando tudo estava certo uma risada ecoou baixinha pelos corredores e não acordou ninguém.

- Ka... ri... na... Você está acordada? Hein? Karina?
- O que foi Clara? A garota respondeu ainda meio dormindo.
- Você não está sentindo esse frio todo? Perguntou Clara encolhida em seus 5 cobertores. Que a princípio eram desnecessários já que havia aquecimento interno no Centro. Com os olhos inchados a outra garota respondeu:
- Está frio mesmo. Estranho isso, ontem não estava frio assim. Já sei. Cyndaquil precisamos de uma ajudinha sua.
Uma pokebola apareceu na mão de Karina e ao ser aberta, produziu um brilho intenso que se transformou no pequeno Pokémon de fogo. Ele também estava sonolento.
- Use um pouco dos seus golpes de fogo par aquecer o quarto.
Minutos depois o quarto já estava mais quente do que elas precisavam. A pedido de Karina, Cyndaquil dormiu fora da pokebola para que o calor do seu corpo pudesse ajudar a aquecer. O resto da noite foi calmo e sem mais problemas. O vento frio batia na janela e não conseguia invadir o quarto, lá fora a neve caia sem interrupção e espantava todos os tipos de pokemons voadores que por ali passavam.
Na manhã seguinte Karina acordou bem cedo para a sua corrida matinal de treinamento com Poliwirl. Além de Poliwirl, o imperativo Plusle também a acompanhava todas as manhãs. A garota se levantou, trocou de roupa e foi conferir se Cyndaquil tinha dormido bem. Entretanto, o Pokémon não se encontrava onde deveria estar: no corredor entre a cama dela e o monte de cobertor no qual Clara se escondia.
- Clara! O Cyndaquil sumiu. Ela falou alto, mas sem chegar a gritar.
- Anh? O que foi? Clara respondeu assustada com o barulho.
Nesse momento, Karina percebeu que Cyndaquil também estava debaixo dos cobertores. Provavelmente, Clara o pegou durante a noite para se aquecer mais ainda. No entanto, outras coisas aconteceram.
- Não! Meu cobertor de Lunatone! Está cheio de buracos! Clara gritou em desespero.
- Mas também não deveria ser diferente, já que o Cyndaquil dormiu com você. As chamas dele devem ter acendido enquanto ele sonhava. Agora esses Lunatones estão mais parecidos com Solrocks. Karina respondeu ao ver o cobertor e as marcas de fogo.
Cyndaquil olhou para as duas com expressão de desculpas. Se ele pudesse falar, talvez tivesse dito que não foi de propósito.
- Pelo menos o meu cobertor de Flareon continua intacto. Ufa. Clara falou se acalmando e perdoando o pequeno pokémon de fogo.
Karina não queria perder mais tempo, então colocou sua blusa de frio e saiu para correr com Plusle e Poliwirl, deixando Porygon, Cyndaquil e Rotom aos cuidados da enfermeira Joy. Mais uma vez o sol raiava solitário no céu, sem nenhuma nuvem para lhe fazer companhia. Mesmo assim, o frio era intenso e a neve parecia longe de derreter. Plusle parecia não se importar com a temperatura, enquanto Poliwirl tinha a expressão de que a água que estava dentro de seu corpo congelava mais e mais a cada instante.
Plusle corria na frente, acenando para sua treinadora e seu companheiro irem mais rápido a todo instante. De vez em quando ele usava o Iron Tail para retirar a neve do caminho. De repente algo chamou a atenção do rato elétrico.
- Plusle volte aqui. Não vá criar confusão com pokémons selvagens. Karina falou enquanto desviava do caminho para resgatar o bagunceiro.
Todavia, ele havia parado de perseguir seu alvo e Karina pode ver o motivo. Era uma Froslass que estava parada encarando-o e preparada para batalhar. A cara dela dava medo em qualquer um, era como se estivesse usando o Scary Face. Atrás dela estava um pequeno Snorunt que parecia feliz por estar sendo protegido.
- Vamos fugir. Disse Clara para seus pokemons, sabendo que eles iriam passar dificuldades contra uma Froslass.
Mas foi tarde demais, Frosslas já havia usado o Double Team para se multiplicar e cercar o Plusle. Todas as cópias então começaram a usar o Powder Snow em direção ao Pokémon elétrico. Em resposta, Plusle colocou a língua para fora e fez careta para o Snorunt.
Karina observou tudo aquilo e viu que o Plusle ia ser acertado em cheio. Mas quando o ataque de gelo estava se aproximando, Plusle apareceu ao lado de sua treinadora. Ele havia usado o Substitute e deixado uma cópia de si mesmo como distração. “Pelo menos ele é esperto.”
A corrida matinal continuou, até que eles chegaram perto do Centro Pokémon. Como sempre, Plusle corria na frente. Ele, então, virou par trás tentando se gabar de que era mais rápido e tropeçou feio, caindo de cara no chão. Karina conteve o riso e foi ver o que tinha acontecido. Ela percebeu que havia um pequeno nó feito de grama em volta do pé do Pokémon e pode escutar uma risada bem baixinha vindo de certa direção. Logo depois, a risada se transformou em gargalhada quando o Plusle se levantou com a cara ainda amassada devido à queda. Entretanto, essa cara durou pouco tempo, já que uma expressão de Kangaskhan enfurecido tomou seu lugar.
Um Thunderbolt carregado com toda a raiva foi em direção à árvore de onde vinha a risada. Recebendo o golpe, um Snover saiu do seu esconderijo eletrocutado. Os dois, Plusle e Snover, então se encararam. Os olhos de ambos estavam bem abertos e esperando a ação do oponente, mas foram interrompidos por uma voz:
- SNOVER! Para variar você não está prestando atenção no treinamento. Volte aqui agora.
Karina se surpreendeu ao ver Drake por ali. Mais atrás estavam seus outros cinco pokémons: Wartortle, Cubone, Ledian, Vulpix e Dratini. Parecia que ele estava treinando. Ao vê-lo ela sorriu e não foi correspondida. Drake fez uma expressão de incomodado, parecia que ele estava com vergonha de ter perdido a batalha de ginásio. A garota resolveu não tocar no assunto:
- Seu Snover usou as técnicas que ele aprendeu enquanto fazia o show para derrubar o Plusle. Assim os dois ficaram encarando um ao outro.
- Eu já disse para você não fazer isso. – Drake disse nervoso para seu Pokémon. – Agora vamos voltar para o treinamento.
Snover fez uma cara de desprezo para Plusle e foi correspondido com uma careta e uma língua para fora, assim como foi feito com o Snorunt. Karina, por sua vez, voltou para o Centro Pokémon, recolheu todos os seus pokémons e foi procurar por Clara e Rodrigo.
- Ai estão vocês! Drake está lá fora treinando. Parece que perder o deixou bem chateado e agora ele vai se esforçar mais.
- É verdade. Ele mal dormiu de noite e saiu bem cedo para treinar. Já está lá há horas. – Disse Rodrigo pensativo. – Mas, aqui o assunto é outro. Clara arranjou uma carona para ir até o laboratório onde Henrique trabalha e vai hoje mesmo para lá. Temos que decidir se vamos com ela ou não.
- Por mim tanto faz. Não tenho nenhum compromisso. Ela respondeu.
- Rodrigo, não precisa ir por minha causa. Eu sei que você quer conseguir o seu primeiro símbolo da fronteira. Pena que eu não poderei assistir à luta. Clara falou para o amigo.
- Você já não iria de qualquer forma. Pelo que me falaram o campo de batalha é a céu aberto e nesse frio você não ia ficar assistindo nada. – Ele retrucou. – Então vou ficar para o desafio e eu prometo vê-la em seu próximo concurso. Mas acho que a Karina devia ir, creio que lá ela poderá ter uma surpresa.
- Surpresa? Eu?
- É! Lembra-se do presente que lhe dei? Talvez lá você consiga revivê-lo.
Karina se lembrou do fóssil que recebeu em troca de ajudar Rodrigo com seu Larvitar. Ele andava a tanto tempo no fundo de sua mochila que mal se lembrava dele.
- É mesmo! Esses laboratórios costumam conseguir reviver os fósseis. Então é isso. Vou com você Clara. Agora só falta saber o que o Drake vai querer.
Os três estavam saindo do Centro Pokémon quando Frella entrou dando passos rápidos. Ela os cumprimentou com o olhar e foi falar com a enfermeira Joy. De onde estavam puderam ouvir tudo.
- Joy, a situação é mais grave do que você descreveu na carta que seu Delibird me entregou. Vou ter que deixar a cidade e voltar para Downer o mais rápido possível. Meus pokémons já estão bem recuperados?
- Estão sim. Aqui. – A Joy entregou 4 pokebolas para a líder do GYM – Me mantenha informada. Informarei Ricardo também, ele precisa saber.
- Tudo bem, mas seja discreta. Sem alarmes. Que os ventos de Articuno protejam-na.
Frella saiu com pressa, montou em um Delcatty que a esperava e foi embora, deixando seu ar gelado por onde passava. Seus cabelos balançavam e deixavam a vista parte de seu pescoço, branco assim como o rosto. A enfermeira Joy olhou para os três e colocou o dedo indicador na frente da boca, pedindo para que não contassem aquilo para ninguém.
Outro conhecido entrou no Centro Pokémon naquele instante. Ao seu lado estava um de seus companheiros usando seu cachecol vermelho.
- Cássio, o que faz por essas bandas? Perguntou Clara.
- Ei pessoal! Bom reencontrá-los. Mas faz pouco tempo desde a competição, então não tive tanta saudade. – Ele disse rindo. – Como não haverá concursos por algum tempo, decidi treinar minha nova aquisição, um Aron.
- Você vai aproveitar a vantagem que ele tem sobre pokémons de gelo por ser um Pokémon metálico, certo? Pena que eu estou indo embora hoje mesmo. A garota respondeu, enquanto Karina e Rodrigo deixaram os dois sozinhos para encontrarem Drake.
- Isso mesmo. Pena que você não estará por aqui. Queria te mostrar como ele é forte.
- Não seja por isso. Podemos fazer uma pequena batalha. Ela propôs.
- Ok, só vou deixar minha mochila com a Joy e nós podemos ir.
-----------------------------------------------------------------------------------
Enquanto isso, Karina e Rodrigo se aproximaram de onde Drake estava e puderam ver Wartortle, Dratini e Snover para fora da pokebola. O último, entretanto, estava deitado com a cabeça apoiada na parede e parecia estar entediado com tudo aquilo.
- Vamos mais uma vez. Dratini use o Wrap... Drake foi interrompido pela chegada dos amigos e ficou constrangido de novo.
- Como vai o treinamento? Rodrigo perguntou.
- Estou inventando técnicas para batalhas em duplas. Ledian e Vulpix se deram muito bem. Enquanto o Snover fica ai sem querer ajudar. Ele respondeu olhando para seu mais novo Pokémon que agora fazia malabarismo com uma bola de neve.
- Com o tempo ele aprende a gostar de batalhas. Sabe, andei pensando e acho que o Wartortle está perto de aprender o Rapid Spin. Ele já desliza dentro do casco facilmente. Um pouco de treinamento e ele domina a técnica. Mas e o Dratini? Está treinando-o também? Karina perguntou.
- Sim. Ele ainda é um Pokémon muito novo, mas precisa crescer e melhorar nas batalhas. Wartortle está dando suporte para ele vejam: Dratini use o Wrap, Wartortle, como Rodrigo disse, Rapid Spin.
O Pokémon aquático não entendeu o comando.
- Entre no casco e deslize como fizemos no ginásio.
Dratini abraçou o casco de Wartortle e os dois começaram a deslizar pelo gelo misturado com neve. Era como se fosse um só Pokémon.
- Agora Thunder Wave.
A pele azulada de Dratini começou a soltar faíscas e uma onda elétrica se espalhou por onde passaram. Entretanto, ao terminarem a combinação, Wartortle sentiu os efeitos do golpe elétrico.
- Bela combinação. Pena que Wartortle também fica paralisado, mas se for utilizado da maneira certa, pode ser uma boa estratégia. - Parabenizou Rodrigo, dando força para o amigo. – Nós viemos até aqui para te perguntar uma coisa.
Rodrigo então explicou tudo o que estava acontecendo. Falou sobre Henrique, o laboratório e a batalha contra o cérebro. Ao final perguntou o que o amigo preferia fazer.
- Eu tenho que treinar urgentemente. Não posso desviar do meu objetivo e quero vencer o ginásio de gelo o mais rápido possível. Não tenho tempo para ir fazer visitas infelizmente. Ele respondeu.
- Mas você não poderá ter a sua batalha de ginásio por agora. Acabamos de ver Frella conversando com a Joy e dizendo que vai deixar a cidade por alguns dias. Karina pontuou.
- Que péssima notícia. Mas de qualquer forma, acho que vai ser mais proveitoso assistir à batalha de Rodrigo e aprender algumas coisas.
Os três ficaram calados por um instante pensando no que o futuro lhes reservava. Karina e seu fóssil, Rodrigo e a batalha que se aproximava e Drake e a sua revanche. Mais uma vez, a neve voltou a cair devagar. Snover ficou feliz e começou a brincar com os flocos que caiam sobre sua pele e o refrescavam. Enquanto isso, Dratini chegou perto de Drake e mostrou que estava com muito frio, além do que a neve que caia o machucava muito. Assim como Wartortle, ele voltou para a pokebola.
- Está quase na hora do carro que vai nos dar carona chegar. Vou voltar para o Centro e arrumar minhas coisas. Vocês vêm? Karina quebrou o silencio e foi acompanhada por Rodrigo.
- Eu vou tentar treinar um pouco com Snover já que agora ele está feliz porque está nevando. Encontro vocês daqui a pouco.
Mais uma vez, Drake ficou sozinho enquanto os dois voltavam. Aquele era um dia incomum, Drake treinou o dia inteiro enquanto Clara ficou no Centro com medo do frio o tempo todo. Eles não se viram.
-----------------------------------------------------------------------------------------

red

avatar
ADM Kamui(Red)
ADM Kamui(Red)
-----------------------------------------------------------------------------------------
Clara e Cássio estavam prontos para a batalha. Teddiursa de um lado e Aron do outro.
- Primeiros as damas. Ele falou.
- Então vamos com o Dig.
Teddiursa abriu um espaço na neve e perfurou o chão. Aron permanecia imóvel com uma expressão de insegurança, normal em pokémons inexperientes.
- Magnet Rise.
Pequenas faíscas começaram a surgir nas patas de Aron, vindas do chão. Ele estava agora levitando. Naquele momento, Clara descobriu como era realizado o truque de levitação no show Pokémon que eles assistiram. Dessa forma, o ataque terrestre de Teddiursa errou o alvo.
- Boa técnica de defesa, já que o Aron é duplamente vulnerável à ataques terrestres. Disse Clara impressionada.
- Obrigado. Vamos aquecer isso aqui. Use o Metal Claw.
- Evasiva.
Mas foi inútil. Teddiursa escorregou na neve e ficou caído, pronto para receber o golpe. Aron então atacou o oponente com suas patas dianteiras.
- Teddiursa levante-se e use o infalível Faint Attack.
- Harden.
Ao comando de Cássio, o corpo de Aron endureceu e certo brilho apareceu em sua superfície. O golpe noturno acertou em cheio, mas tirou menos do que o esperado. A luta entre eles fazia aumentar mais ainda a rivalidade. Desde que Adriana apareceu os dois tem juntado as forças para que ela não os trapaceie e, por isso, haviam se esquecido de que competiam pelo menos triunfo. Teddiursa e Aron se encaravam no campo cercado por neve.
- Mud Slap.
- Cuidado, use as mãos para proteger os olhos.
Teddiursa então usou uma de suas mãos para desviar a lama. Naquele momento uma sombra arroxeada apareceu em seu braço e pontas que pareciam unhas de luz surgiram nas mãos.
- Você também tem novas técnicas então? Shadow Claw é muito poderoso.
Clara percebeu então o que tinha acontecido. Teddiursa aprendeu um novo golpe, o Shadow Claw. Mas ela escondeu isso de Cássio e o deixou pensando que ela já sabia do novo golpe.
- Hidden Power.
- Mud Slap mais uma vez.
As esferas brilhantes fizeram como nos treinamentos. Elas iam em direção ao oponente em um caminho espiral, dificultando a evasiva. Aron ficou surpreso e não usou o seu golpe a tempo, recebendo em cheio o do adversário. Ele caiu no chão, mas logo se levantou.
- Vamos terminar com Shadow Claw.
- Revide com Metal Claw.
Os dois então se lançaram para o choque. O braço do pequeno urso de Clara brilhava com o roxo característico dos golpes fantasmas, enquanto a pata de Aron refletia a luz solar, assim como os metais. As “garras”se chocaram e pareciam ter empatado, até que Teddiursa usou o outro braço, invocando também a força do tipo fantasma e aplicou um golpe diretamente na cabeça de Aron, afundando-o em um monte de neve. O urso conseguiu retornar ao chão sem grandes danos e então se desfez do brilho nos membros superiores.
- Aron você foi excelente. Obrigado. – Disse Cássio retornando o Pokémon que estava fora de combate. – Que bela batalha. Parece que você tem treinando bastante.
- Um pouco apenas. – Disse a garota rindo, seu sorriso misturava vergonha e felicidade. – Olha, Karina está voltando.
- Ei, te procurei por toda parte. Nossa carona já chegou, vamos logo. Disse Karina de longe mesmo.
- Vamos sim. Nos vemos por ai, Cássio. Até mais. Clara recolheu Teddiursa rápido com medo de perder a carona e foi correndo pegar suas coisas no centro Pokémon. Cássio ainda ficou um tempo por ali, pensando na batalha que acabava ali.
------------------------------------------------------------------------------------------
- Rodrigo, boa sorte em sua batalha. Mande-nos notícia. Diga para Drake que não pudemos esperá-lo para nos despedir e não o deixe ficar depressivo de novo. Gritou Clara da janela do carro, enquanto elas iam embora.
Rodrigo abriu um sorriso e acenou com uma das mãos. O vento frio levava a neve até seu rosto, fazendo-a derreter quando se chocava contra a pele. Ele voltou para o Centro Pokémon para se aquecer.
----------------------------------------------------------------------------------------------
Drake e Snover ainda ficaram para fora enquanto a neve caia. Finalmente, o Pokémon de gelo decidiu treinar um pouco seus golpes. Eles ficaram treinando uma combinação de Mist e Ice Shard, escondendo-se na névoa e lançando o ataque. De uma árvore alguém observava e percebeu que era a hora de agir.
- Então você não se cansa de querer se vingar do Snover? Drake falou para o Pokémon que desceu da árvore e agora encarava o treinador.
Riolu estava de pé e usou sua aura para tentar chamar a atenção de Drake. Os cabelos de Drake arrepiaram com o choque entre as auras e ele sentiu que a partir dali algo ia ser diferente.

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum